6 pontos a considerar na hora de eleger um seguro de viagens

1. Limite de cobertura para despesas médicas

Esse é um dos itens mais essenciais. Confira continuamente de quanto será a cobertura em caso de despesas médicas. Um bom projecto deve oferecer uma cobertura de ao menos R$100 mil, com número reduzido de chegando até a US$ 1 milhão (acho meio exagerado esse preço todo). Não adianta contratar uma cobertura baixa e, no caso de acidente, ter que terminar pagando extra porque atingiu o limite do seguro viagem.

seguro-viagem

2. Coberturas extras

Além da cobertura médica, você deve identificar quais outras coberturas são essenciais e fazem sentido pra sua viagem, pra você não ter que contratar um serviço à toa e saldar a mas então. Você deve estabelecer que a cobertura mínima precisa pra você e, a arrebentar daí, confrontar número reduzido de planos usar um website comparador de preços.

Pequeno número de coberturas que você deve levar em consideração no seu seguro viagem são:

  • Cobertura médica (mencionada anteriormente)
  • Cobertura para doenças pré-existentes
  • Traslado dr.
  • Despesas odontológicas
  • Despesas farmacêuticas
  • Cancelamento de viagem
  • Interrupção de viagem por falecimento/ morte/ doença
  • Protegido bagagem (danos, roubo, extravio, delongado na entrega)
  • Resguardado de eletrônicos (câmeras, laptops)
  • Demora e cancelamento de voos
  • Morte casual
  • Invalidez
  • Traslado de corpo
  • Assistência jurídica
  • Esportes

3. Conhecendo todas e cada uma das coberturas.

Gaste um tempinho pra descobrir o que qualquer uma das coberturas significa. Conheço gente que teve desvantagens com bagagem e acabou pagando do próprio bolso porque não se ligou que o projecto cobriria as despesas.

Outro exemplo : diversos planos de seguros de viagens diferenciam categorias de esporte, e é lógico que os esportes de façanha implicam em um preço mas elevado, ou até mesmo são excluídos da cobertura. Se na sua viagem você pretende fazer atividades como submergir, esquiar ou caminhar a cavalos, verifique de antemão o projecto a ser contratado.

Existem várias outras coberturas como aluguer de carros, cancelamento de viagem por terrorismo, por motivos de trabalho, e por aí vai. Analise muito quais são suas necessidades para não gastar mas sem precisar.

seguro-viagem

4. Duração da viagem

Para quem vai fazer uma viagem de longo prazo ou viaja diversas vezes ao ano, deve ser mas vantajoso contratar somente um garantido para todo o ano do que contratar numerosos seguros por trecho de viagem.

O bom de tampar um resguardado com cobertura anual é que o preço deve ser mas atrativo, além de te livrar da função de vedar um novo garantido a qualquer viagem. Esse é o nosso caso, por consequência fechamos um seguro anual com cobertura universal pelo World Nomads.

 

5. Quantidade de pessoas

Se sua viagem é em parelha ou em família, pesquise e compare os preços entre os planos individuais e coletivos. Varias vezes tapar um único protegido para o mundo inteiro sai mas em conta do que contratar separadamente. Embora isso não seja uma regra, vale conferir constantemente os 2 ambientes.

6. Garantido viagem ≠ Protegido saúde

O garantido viagem serve pra deter despesas com acidentes e emergências que podem acontecer durante sua viagem. Este NÃO funciona como um resguardado saúde. Quer dizer, se você sentir um problema -estar durante a viagem, seu entrave será tratado de modo especial. Você deve optar o melhor resguardado viagem desembaraçado, porém este não irá deter um mega checkup e exames de rotina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *