Dieta do filhote de golden retriever

Os golden retrievers saudáveis ​​não precisam de cuidados especiais. Eles só necessitam de carinho, amizade, acompanhamento veterinário regular e muitos exercícios. Também é recomendado que eles treinem com um adestrador, assim, aprenderão a ter bom comportamento em qualquer situação.

Ademais, é necessário ficar atento com a alimentação desse animal, pois é importante que ele se mantenha saudável. Como o golden retriever possui tendência ao sobrepeso, é importante observar a dieta desse cachorro desde a sua infância.

Alimentação

Quando falamos sobre o golden retriever, devemos nos preocupar com sua alimentação. Filhotes de Golden retriever que ainda não foram totalmente desmamados devem seguir a dieta recomendada pelo veterinário.

A quantidade de alimento que um filhote de golden retriever consome depende da qualidade do leite materno da mãe dele. Se você não tiver informações sobre isso, peça orientações para o veterinário.

Os golden retrievers que não amamentam devem seguir uma dieta majoritariamente sólida e equilibrada. Dessa forma, será mais fácil obterem os nutrientes de que precisam.

Há muitas opiniões diferentes sobre a dieta desses cães. Há quem acredite que eles devem ter uma dieta equilibrada e com vários tipos de alimentos. Por sua vez, há quem defenda a ideia de uma alimentação baseada apenas em alimentos cozidos. Por fim, há quem defenda que esses cães devem ser alimentados com alimentos crus.

Se o seu cão é um filhote recém-adotado, converse com a pessoa que cuidava dele e pergunte o que ele come e qual é a frequência. Se isso não for possível, é o veterinário que deve recomendar a dieta e a frequência das refeições.

Alimentação de filhote de Golden Retriever
Alimentação de filhote de Golden Retriever

Refeições diárias

Em geral, os filhotes de golden retriever se alimentam de três a quatro vezes por dia. Por sua vez, os cães adultos comem duas vezes ao dia. É importante que esse cachorro tenha horários fixos para se alimentar. Isso ajudará o golden retriever tanto em sua digestão quanto em sua disciplina. Com relação a água, os cães precisam que ela esteja disponível durante todo o dia, sempre em um local limpo e fresco.

Porção

Ter uma alimentação de qualidade é importante para a saúde de qualquer cachorro, incluindo o golden retriever. Até os doze meses de idade, esse cão pode ser considerado um filhote. Nessa fase, a porção diária de alimento varia entre 90 gramas e 290 gramas.

Depois que fizer um ano de idade, o Golden retriever já pode ser considerado um adulto. A partir desse momento, haverá uma alteração nos alimentos que ele come e também na quantidade, que ficará entre 235 e 295 gramas por dia.

Outras dicas

Ao alterar a comida de um golden retriever (por exemplo, trocar comida de filhote pela comida de cães adultos), é interessante misturar os dois alimentos por um período de tempo. Dessa forma, o animal se adaptará com mais facilidade a sua nova dieta.

A dieta do golden retriever pode ser muito variada. Contudo, jamais permita que ele coma chocolates ou doces, pois não é saudável. No caso específico do chocolate, o consumo pode ser fatal para o cachorro.

Gestação saudável

Quais as dicas para ter uma gestação saudável? Se você ainda não descobriu, confira quais as informações que toda mãe de primeira viagem precisa saber para poder cuidar bem da sua saúde e do seu bebê, aqui neste artigo!

Quando se descobre a gravidez, é comum que as mamães de primeira viagem se sintam felizes e confusas com a nova fase, pois após contar a novidade, os amigos, famílias e outras mulheres, começam a despejar sobre você, milhares de informações complicadas de assimilar. O que causa uma pequena angústia e medo.

Mas, não se preocupe, isso é bom. Demonstra que está preocupada com o bem estar da sua saúde e do seu bebê, além disso, ninguém nasce sabendo, e aqueles registros de momentos lindos e tranquilos, como nas fotos de ensaio gestante, ensaio de parto, entre outros, que podemos acompanhar na internet, nem sempre são assim.

A mulher passa por muitos desafios, e não vamos mentir, alguns deles são sim, assustadores. Mas, se você souber como lidar com eles diante de cada situação, enfrentará tudo como força e dedicação, como toda mãe faz.

Confira a seguir quais as dicas para ter uma gestação saudável e quando você deve se preocupar:

10 Dicas para ter uma gravidez saudável

Dicas para ter uma gestação saudável
Dicas para ter uma gestação saudável

Obter atendimento pré-natal precoce

Se você planeja iniciar uma família, ou acabou de descobrir que está esperando um bebê, deve imediatamente, iniciar o pré-natal, pois ele é essencial para você e seu bebê. Durante sua primeira visita ao médico, você poderá confirmar sua gravidez e rastrear determinadas condições médicas que podem levar a complicações, a fim de iniciar tratamentos e cuidados que possam evitá-las.

Manter uma dieta saudável

Embora seja bom ceder ocasionalmente aos seus desejos durante a gravidez, é importante ter em mente que você normalmente só precisa de 300 calorias adicionais por dia em sua dieta, e que a mesma deve ser rica em vitaminas, minerais, proteínas, etc.

Garanta a quantidade adequada de proteínas, cálcio, ferro, e outros nutrientes suficientes, todos os dias.

Tomar vitaminas pré-natais

Pergunte ao seu médico quais vitaminas pré-natais são melhores para você e seu bebê, particularmente a quantidade de ácido fólico e cálcio necessária. As vitaminas pré-natais garantem que você esteja dando ao bebê as vitaminas e os nutrientes importantes que ele precisa, como ácido fólico, ferro, cálcio e DHA.

Essas vitaminas desempenham um papel importante no desenvolvimento dos ossos, visão e cérebro.

Pratique exercícios regularmente

O exercício diário regular aumenta sua chance de ter um parto normal e ajuda a gerenciar os desconfortos comuns da gravidez. O exercício também pode ajudar na recuperação pós-parto.

No entanto, se você não se exercitou regularmente antes de engravidar, consulte seu médico antes de iniciar um regime de exercícios.

Escute seu corpo

O primeiro e o terceiro trimestre vêm com fadiga, que é a maneira do seu corpo dizer para você relaxar. Portanto, ouça seu corpo e sente-se com um bom livro ou tire uma soneca quando estiver cansada.

Elimine o álcool e limite a cafeína

É importante cuidar bem do seu corpo durante a gravidez, principalmente, para evitar complicações no desenvolvimento do bebê.

Recomendamos que você evite o álcool, limite a ingestão de cafeína e evite qualquer medicamento sem receita durante a gravidez.

Entregar-se ao álcool pode afetar adversamente o cérebro ou o desenvolvimento da coluna vertebral do bebê, excesso de cafeína foi associada a um caso mais elevado de aborto espontâneo, e os medicamentos sem receita médica podem levar a defeitos congênitos ou problemas comportamentais.

Limite sua exposição a substâncias química

Se você trabalha com substâncias químicas ou outras substâncias conhecidas por causar defeitos congênitos, é importante tomar as medidas necessárias para proteger seu bebê.

Também é importante usar soluções de limpeza doméstica não tóxicas durante a gravidez para limitar o risco de exposição.

Visite o seu dentista

As alterações hormonais durante a gravidez podem deixá-la com um risco aumentado de gengivite. Os níveis aumentados de progesterona e estrogênio interagem com as bactérias da placa, levando a gengivas inchadas, sensíveis ou sangrando.

Usar protetor solar

Sua pele é mais suscetível a queimaduras solares e cloasma (manchas escuras e manchadas no rosto) durante a gravidez, por isso é importante aplicar um filtro solar com pelo menos 30 FPS ou mais e evitar bronzeamento artificial.

Saiba quando ligar para o médico

Se você tiver algum dos seguintes sintomas, recomendamos que entre em contato com seu médico:

  • Sangramento vaginal ou vazamento de líquido
  • Contrações com 20 minutos de intervalo ou menos
  • Dor de qualquer tipo
  • Cãibras fortes
  • Palpitações cardíacas
  • Tonturas ou desmaios
  • Diminuição da atividade do bebê
  • Falta de ar

Essas são algumas dicas básicas, as quais, provavelmente, serão ditas a você em seu pré-natal, mas elencamos as mesmas aqui, porque segui-las é de extrema importância para garantir uma gestação saudável.