Existem tantos namorados quanto estilos. Nos últimos anos, os homens se lançaram para ter looks mais lúdicos e mais representativos de sua personalidade. Se você sabe o que é legal, mas não tem ideia do que vestir, siga essas dicas!

Depois de enviar os convites de casamento , será hora de definir o seu look. Assim como os vestidos de noiva, os ternos, coletes, gravatas, laços e acessórios do noivo são peças de um quebra-cabeça. Se você é um namorado clássico ou moderno, com certeza vai optar por uma camisa, jaqueta e calça. Se você tem uma onda boho ou informal, pode dar lugar a outros padrões. Defina e continue procurando ideias para lembrancinhas de casamento.

Veja também as melhores camisas de time para você.

Clássico

O classicismo pode andar de mãos dadas com muitos acessórios que compõem e definem o look da noiva. Por exemplo, use abotoaduras, alfinetes, um colete em combinação com a jaqueta e um lenço colorido ou um pequeno buquê de flores no bolso. Em geral, as flores costumam ser do mesmo buquê de noiva ou muito parecidas. Ideal para noivas que optam por um vestido de noiva tradicional de renda.

Vintage

Para conseguir um look vintage você pode ter alguns detalhes que vão conseguir um look vintage. As alças, sejam pretas ou marrons, ficam ótimas. Outra dica para montar um terno vintage é usar um laço e acrescentar detalhes, como uma flor na lapela, fresca ou seca.

Você também pode usar um colete por cima da camisa e ficar sem a jaqueta. O colete pode ter diferentes desenhos, cores e cortes, dependendo da personalidade e estilo do noivo. De um lado estão o colete clássico de cinco botões, o colete assimétrico de 4 botões, o decote em U de quatro botões, o colete de quatro bolsos de 4 botões, o colete mandarim abotoado até a gola e o trespassado colete com lapelas. Ideal para usar junto com o vestido de noiva civil do seu parceiro .

O toque final será, sem dúvida, os acessórios: complemente seu visual com uma boina em conjunto com mocassins, 100% vintage!

Moderno

O visual moderno do noivo pode ser perfeitamente combinado com qualquer terno com o qual você se sinta confortável. Você pode dar o toque diferencial com uma gravata estampada, colorida e com uma textura diferente. Outra opção é usar smoking com lapelas de material diferente . As camisas de treliça são ótimas e você pode até usar uma estampada, encomendando especialmente para esse dia.

Boho

Este tipo de look não é para todos. Sem dúvida, deve ser consistente com a roupa escolhida pelo seu parceiro e em um contexto de casamento ao ar livre. No caso de passar apenas pelo registro civil, também é muito bom, pois será uma ocasião menos formal.

Os materiais da camisa podem ser mais leves, como o linho , sem a necessidade de serem perfeitamente prensados ​​ou totalmente combinados com a calça. Você pode usar um cinto de couro marrom, cabelo mais bagunçado ou com um pouco de gel para dar volume. A jaqueta pode ser feita de qualquer outro material que você goste de deixar de lado a jaqueta típica , por exemplo, pode ser feita de linho ou veludo cotelê.

Quanto aos acessórios, você pode optar por um colar de coco ou madeira, anéis e um lenço . Eles podem combinar looks entre a noiva e o noivo, por exemplo, se ela usar um vestido de noiva curto, ela pode usar botas texanas ou meia panturrilha para adaptar a roupa ao mais puro estilo boêmio.

Informal

Para este estilo, você pode procurar maneiras sutis de levar um visual elegante para um look de rua, descontraído e, acima de tudo, confortável. Modificar a calça comprida por um short de linho pode ser uma ótima alternativa. Roupas informais não exigem calças; se quiser pode optar pelo jeans de alguma cor clara.

Outra opção é substituir a camisa social por uma camisa de manga curta ou um suéter de botão . Essa opção é muito boa para quem quer reaproveitar uma peça que já tem no armário . Este estilo pode ser escolhido para combinar com um vestido de noiva simples.

Qual estilo mais te identifica? Assim como você olha as fotos dos bolos de casamento para escolher o seu, pode procurar opções de acordo com o seu estilo para terminar de se definir. Olhando os vestidos de noiva das celebridades com certeza você vai encontrar o marido vestido com um conjunto e muito fashion, espreite!

Confira mais conteúdos em nosso site. Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Alguma sugestão no que podemos melhorar? Deixe nos comentários.

agência de branding

A ascensão das mídias sociais deu lugar a um novo ambiente de marketing. Seu site provavelmente já foi o foco principal de seus esforços de marca on-line, seja contratando uma Consultoria SEO ou uma Agencia de Link Building. No entanto, hoje, a primeira introdução que muitos consumidores terão de sua marca é através da mídia social.

A boa notícia é que as mídias sociais podem ser uma ferramenta poderosa para aumentar a visibilidade e o reconhecimento da marca. Ao criar uma forte presença na mídia social, você pode ajudar sua empresa a se destacar dos concorrentes, atrair o público certo e aumentar o envolvimento.

Neste artigo, discutiremos a importância do marketing de mídia social e a criação de uma identidade de marca consistente online. Em seguida, forneceremos três estratégias para criar e implementar uma estratégia de Branding nas plataformas de mídia social. Vamos começar!

A importância do marketing de mídia social para fortalecer sua marca

O marketing de mídia social está transformando completamente o cenário do marketing online. Os usuários estão gastando mais tempo nas redes sociais do que nunca ( mais de duas horas por dia ). Por sua vez, as empresas estão priorizando suas estratégias sociais.

Além disso, essas plataformas estão fazendo com que os usuários estejam no controle. Algumas plataformas sociais, como Twitter, YouTube e Instagram, atuam como mecanismos de pesquisa dentro de si. As pessoas podem pesquisar hashtags e palavras-chave para tipos específicos de conteúdo nos quais estão interessados.

Ao otimizar seus perfis e postagens, você pode direcionar esses usuários efetivamente. Construir uma forte marca de mídia social permite que você se destaque entre os concorrentes. Além disso, pode ajudar a aumentar o reconhecimento da marca e aumentar as conversões.

Para criar uma forte presença social, a identidade da sua marca precisa ser consistente. Um estilo e uma estratégia coesos entre plataformas fazem você parecer mais profissional e apresente mais credibilidade, o que, em última análise, pode ajudá-lo a criar seguidores leais.

Como criar uma marca forte de mídia social (3 estratégias)

O fortalecimento da identidade da sua marca coloca você em uma posição melhor para capturar a atenção do seu público-alvo. Vamos dar uma olhada em três dicas essenciais que você pode usar para criar uma marca de mídia social eficaz.

1. Seja autêntico e apresentável

Desenvolver a comunicação da sua marca é uma das etapas mais importantes na construção de uma marca social forte. Quando feito corretamente, você pode usar sua comunicação nas mídias sociais para demonstrar sua personalidade e atrair consumidores-alvo.

A mídia social também é uma ótima plataforma para se conectar e se envolver com seu público. Isso pode ajudá-lo a melhorar o atendimento ao cliente, respondendo prontamente e interagindo com os seguidores.

Atualmente, muitos usuários de mídia social seguem as marcas porque estão interessados ​​em seus produtos. No entanto, os usuários também entram em contato com as marcas nesses canais para dúvidas, preocupações e reclamações. Ao manter contato frequente através das conversas sociais e, mais especificamente, de suas menções, você pode mostrar um lado útil e gentil da sua marca.

Acima de tudo, é importante ser o mais autêntico possível nessas interações. Isso não apenas promove a confiança, mas também ajuda a manter uma voz consistente em conversas e canais.

2. Mantenha o estilo e o conteúdo da sua marca consistentes

É provável que sua empresa esteja em várias plataformas de mídia social. No entanto, você está usando um estilo consistente em cada um?

Embora o tipo de conteúdo que você postar em cada canal possa variar um pouco, o estilo e o tom geral devem ser uniformes. Isso é verdade tanto para suas postagens quanto para seus perfis sociais.

Por exemplo, os avatares e imagens de cabeçalho usados ​​para cada canal devem ser iguais ou pelo menos semelhantes. Isso ajuda os usuários a reconhecê-lo em várias plataformas e cria o reconhecimento geral da sua marca.

Vamos dar uma olhada nos perfis de mídia social da Target la nos Estados Unidos como um exemplo. É assim que o perfil do Twitter da empresa se parece:

comprar backlinks

Agora, se você for para a página do Facebook, verá que as mesmas imagens e logotipos são usados:

Consultoria seo

Outra maneira de manter sua marca social consistente é usar links abreviados de marca. Os links com marca incluem o nome da sua empresa no URL e são mais memoráveis ​​e compartilháveis ​​do que os links longos e vagos.

Para encurtar e marcar seus links, você pode usar uma ferramenta como o nosso próprio plugin Pretty Links.

O uso desses tipos de links permite criar uma estética semelhante, independentemente da plataforma em que você está compartilhando conteúdo. Além disso, cada link de marca é uma oportunidade para promover seus negócios.

Outra maneira de manter seu conteúdo consistente é estabelecer uma programação de postagem regular. Uma programação de mídia social facilita o rastreamento de postagens em várias redes e o tempo para o máximo envolvimento.

Criar e manter uma estratégia de marca consistente não é fácil, é claro. Para manter tudo organizado, é uma boa ideia desenvolver um guia de estilo de marca para que todos os seus recursos e diretrizes estejam em um só lugar.

3. Experimente com diferentes tipos de conteúdo

Existem muitos tipos diferentes de conteúdo que você pode postar nas mídias sociais, incluindo vídeos, postagens em blogs, links (Você pode comprar backlinks para seu site), imagens e gráficos. No entanto, nem todos os usuários preferem o mesmo formato. Portanto, é recomendável que você mude o tipo de conteúdo social que publica e experimente para ver a quais tipos seus usuários respondem mais favoravelmente.

Para fazer isso, você pode verificar a página de análise de cada canal social em uso. Por exemplo, no Twitter, você pode acessar Configurações> Analytics para filtrar postagens com base em impressões e engajamento.

Ao acompanhar o desempenho do seu conteúdo, você também pode determinar alguns dos melhores horários para postar. Essas informações podem ajudar a aumentar o engajamento e as interações.

Além disso, é importante lembrar que determinado conteúdo pode ser mais adequado para plataformas de mídia social específicas. Por exemplo, o conteúdo visual funciona bem no Instagram, enquanto o Twitter pode ser útil para postagens de blogs, perguntas e respostas e outros conteúdos baseados em texto.

Conclusão

Com os consumidores de hoje gastando tanto tempo em plataformas de mídia social, tornou-se mais importante do que nunca para as empresas se concentrarem na marca social. No entanto, desenvolver uma presença forte requer mais do que simplesmente criar contas e lançar ocasionalmente.

Conforme discutimos neste artigo, há três dicas que você pode usar para criar uma forte marca de mídia social:

  • Seja autêntico e gentil.
  • Mantenha o estilo e o conteúdo da sua marca consistentes em todas as plataformas.
  • Experimente com diferentes tipos de conteúdo.

Você tem alguma dúvida sobre a marca nas mídias sociais? Conheça: webtrends.net.br/especialista-em-seo

O estoque envolve os bens e produtos que uma empresa comercializa. Compreender o estoque é fundamental para administrar um negócio.

Muitos ou todos os produtos apresentados aqui são de nossos parceiros que nos remuneram. Isso pode influenciar sobre quais produtos escrevemos e onde e como o produto aparece em uma página. No entanto, isso não influencia nossas avaliações.

Estoque refere-se aos bens e produtos que uma empresa vende, bem como quaisquer matérias-primas que a empresa usa para fabricar esses produtos.

É claro que o estoque de duas empresas não é igual. Algumas empresas – como restaurantes, por exemplo – têm estoques que incluem matérias-primas como leite e pão que não podem ficar nas prateleiras para sempre. Outras empresas, como empresas que vendem camisetas ou velas, têm estoques que incluem seus produtos acabados e todos os bens necessários para fabricar esses produtos.

Antes de nos aprofundarmos, porém, vamos começar dividindo os diferentes tipos de inventário.

Veja também – O que é um inventário extrajudicial e quando ele é necessário

Que tipos de inventário existem?

Existem vários tipos diferentes de inventário e alguns setores podem usar tipos não definidos aqui. Além disso, alguns itens ou materiais podem se encaixar em mais de uma categoria.

Dito isso, a maioria dos tipos de inventário pode ser classificada nos seguintes grupos:

Matérias-primas: são os materiais usados ​​para construir o produto que uma empresa vende. Por exemplo, se uma empresa vende camisetas, seu estoque de matéria-prima incluiria o fio, o algodão e as máquinas de costura necessárias para fazer as camisas. Se uma empresa vende velas, seu estoque bruto inclui cera, pavios, óleos perfumados e vasos de vidro.

Trabalho em andamento:  Para empresas que produzem ou fabricam seus próprios produtos, o estoque de trabalho em andamento refere-se a produtos que ainda estão em processo de fabricação. O estoque de trabalho em andamento, também conhecido como estoque de material em processo, inclui produtos em vários estágios do ciclo de produção. Para a empresa que vende velas, tanto as velas que estão sendo fabricadas quanto as que foram feitas – mas ainda precisam ser verificadas quanto à qualidade antes de serem vendidas – são estoque em andamento.

Produtos acabados:  Estes são praticamente o que parecem. Produtos acabados são produtos que estão prontos para serem vendidos. Para a empresa de velas, um produto acabado é uma vela pronta para ser estocada nas prateleiras das lojas. Para a empresa de camisetas, um produto acabado é uma camiseta pronta para ser vendida.

Estoque de MRO:  MRO significa “manutenção, reparo e operações”, portanto, esse inventário se refere a tudo o que é necessário para produzir as mercadorias que se tornam um produto acabado. Para a empresa de camisetas, as prensas de camisetas, as máquinas de costura e as fábricas de corantes da empresa seriam consideradas estoque MRO.

Inventário de pipeline: refere-se ao inventário que está entre dois locais na cadeia de suprimentos. Um exemplo de inventário de pipeline é uma camiseta que está em trânsito entre uma fábrica e um centro de distribuição, ou uma vela que está entre um centro de distribuição e um varejista.

Uma empresa de serviços pode ter estoque?

Sim. As empresas de serviços vendem principalmente bens intangíveis em vez de produtos físicos, de modo que seu estoque parece um pouco diferente.

Por exemplo, um designer gráfico pode considerar seu computador como parte de seu inventário, pois é essencial para o serviço que vende. Empresas de serviços de alimentação, como restaurantes, bares e empresas de catering, incluiriam itens como mesas, cadeiras e guardanapos como parte de seu inventário, mesmo que esses itens não estejam sendo comercializados para os consumidores.

Muitas empresas de serviços também mantêm estoques perecíveis, como carne, pão, laticínios e outros itens que perdem seu valor ao longo do tempo até se tornarem inúteis. Existem muitos tipos diferentes de empresas de serviços, portanto, seus estoques variam.

Como você acompanha o estoque?

Dependendo do tamanho da sua empresa e do seu orçamento, você pode usar um dos vários métodos de rastreamento de estoque. Claro, existe o antigo método de papel e caneta, no qual os empresários rastreiam manualmente a venda e a produção de itens, bem como as mercadorias necessárias para produzir esses itens.

Mas uma maneira comum de as empresas rastrearem o estoque é usando SKUs – ou unidades de manutenção de estoque – que geralmente aparecem como um código alfanumérico acima do código de barras de um produto e são rastreados por um sistema de ponto de venda. Os sistemas POS facilitam as transações entre empresas e clientes e permitem que uma empresa venda seus produtos. A maioria dos sistemas de PDV atuais também inclui uma ferramenta de gerenciamento de estoque que pode gerar um SKU para cada item e ajustar o estoque de um produto rastreando as vendas.

Quais são algumas estratégias de gerenciamento de estoque?

Primeiro, rastrear o estoque é uma das partes mais importantes da administração de um negócio de sucesso. Sem um gerenciamento de estoque adequado, as empresas correm o risco de escassez imprevista de produtos, superprodução de produtos e, de outra forma, corroendo seus lucros.

Além de potencialmente gastar mais em estoque do que o necessário, também há implicações fiscais para o mau gerenciamento de estoque. Ao declarar impostos, os proprietários de pequenas empresas geralmente devem usar a contabilidade de competência, que rastreia as receitas com base nas transações registradas, a fim de determinar o valor de seu estoque. Se o proprietário de uma empresa registrar acidentalmente mais transações do que executou, poderá acabar pagando mais impostos para pequenas empresas do que o necessário.

Se você puder pagar, usar um sistema POS, software como serviço ou opção baseada em nuvem é uma estratégia de gerenciamento de estoque mais inteligente. Eventualmente, a maioria das pessoas cometerá um erro ou dois ao rastrear o inventário manualmente.

Outra estratégia de estoque popular é sempre manter o estoque just-in-time , no qual o estoque (incluindo matérias-primas, componentes ou produtos acabados) é reabastecido à medida que é vendido.

Há também o estoque de reserva, ou estoque de segurança, que é essencialmente o estoque excedente que uma empresa mantém à mão para que – em teoria – nunca fique completamente sem um determinado item.

Por fim, é útil prever quanto estoque você acha que sua empresa precisará ao longo do ano. Essa etapa garantirá que você tenha a quantidade certa de estoque nas prateleiras, manterá seus custos de envio e entrega dentro do orçamento e permitirá que você tome decisões de compra e merchandising educadas.

Tomar a decisão de romper a convivência com a pessoa com quem compartilhou anos de experiências é sempre doloroso. Às vezes, o transe é até traumático.

Se a isso somarmos as dúvidas e complexidades desses processos judiciais, principalmente quando não são produzidos de comum acordo, a questão se complica.

Estamos falando, especificamente, de divórcio contencioso. Veja como funciona e quais detalhes importantes você deve ter em mente.

O que é um divórcio contencioso?

Em qualquer caso, o divórcio implica o fim do casamento, mas, se falamos de divórcio contencioso, referimo-nos ao que ocorre sem que os cônjuges tenham concordado.

Em outras palavras, é o oposto de um divórcio por mútuo acordo ou amigável, em que o casal concorda em conjunto com todas as condições.

Para obter o divórcio amigável ou contencioso, a lei exige que tenham decorrido mais de três meses desde a celebração do casamento. A menos que haja risco real para a vida, integridade física, liberdade, integridade moral ou liberdade sexual da pessoa que requer o divórcio ou dos filhos. Nestes casos, não é necessário cumprir nenhum prazo.

Um divórcio contencioso envolve o início de um processo mais longo e complexo do que se você optar pelo acordo. E é que, nestes casos, é o juiz quem decide as condições da dissolução desse casamento, que pode ser processada por iniciativa de ambos os cônjuges ou de apenas um.

Como um divórcio contencioso se desenrola?

O processo de homologação de divórcio contencioso é regulamentado pela Lei de Processo Civil.

Começa com a apresentação do pedido ao Tribunal de Primeira Instância do lugar onde se situa o domicílio conjugal ou onde reside o cônjuge demandado. Quando houver filhos menores, a reclamação também deve ser encaminhada ao Ministério Público.

Esta demanda deve ser acompanhada dos seguintes documentos:

  • Certificado de matrimonio.
  • Certidão de nascimento das crianças.
  • Documentos que reflitam a situação econômica da autora, se for o caso. Por exemplo, para solicitar uma pensão compensatória.

O cônjuge requerido tem o prazo de 20 dias úteis, contados da notificação da reclamação, para responder.

Posteriormente, realiza-se a audiência perante o juiz, onde as partes apresentam as suas pretensões e são realizadas as provas que o juiz julgue convenientes. Após a audiência, é proferida uma sentença, estabelecendo detalhadamente as medidas que serão aplicadas após o divórcio.

Deve-se ter em mente que, em qualquer momento do processo contencioso, os cônjuges podem concordar. Nesse caso, irão requerer a continuação do procedimento, mas já nas condições de um divórcio mutuamente acordado.

O custo aproximado de um divórcio contencioso

O custo destes divórcios depende sobretudo da existência de filhos comuns no casamento e da necessidade de liquidação do regime de bens matrimoniais ou da existência de joint ventures.

Uma vez que um divórcio contencioso exige que se vá a julgamento, os honorários de um advogado e de um solicitador também devem ser adicionados para cada cônjuge.

A isso se soma, se houver filhos, o custo do psicólogo infantil ou do perito.

O custo do processo de divórcio contencioso será maior se for decidido apelar da sentença de divórcio emitida pelo juiz.

Quando você é acusado de um crime, é importante encontrar a representação adequada; Evite por todos os meios os serviços de um parente que certa vez ganhou uma multa de trânsito para seu querido tio. Quando você é acusado de um processo criminal, é necessário contratar um especialista que compreenda a natureza do caso. 

Portanto, entrar em contato com advogados especializados em direito penal é o caminho a percorrer. Antes de iniciar sua pesquisa, é importante saber exatamente que tipo de advogado é necessário.

Passos importantes na escolha de um advogado criminal

Verifique as referências e recomendações

As recomendações de um amigo, membro da família ou colegas oferecem uma maneira fácil de encontrar um advogado criminalista. Como alternativa, você pode usar seu diretório local ou a Internet para encontrar representação legal. No entanto, certifique-se de executar uma verificação de antecedentes para confirmar a qualidade dos serviços que você receberá. Ler os comentários dos clientes e colegas fornecerá informações sobre a confiabilidade do advogado.

Considere contatos confiáveis ​​que tenham referências confiáveis ​​sobre esses advogados para entrar em contato com alguns deles e aprender sobre suas experiências com o advogado. Se você tiver tempo, uma observação de sala oferece uma maneira eficaz de encontrar um advogado. Em uma sessão pública, você terá a experiência de ver em primeira mão como o advogado representa seus clientes.

Verifique o advogado

Qualquer pessoa pode criar um anúncio ou slogan atraente sobre o desempenho de seu trabalho. No entanto, é aconselhável entrar em contato com o advogado para avaliar o nível de suas habilidades e a confiança que proporcionam. Confirme a especialização do advogado solicitando uma certificação da ordem dos advogados local e conheça a experiência dele em casos semelhantes ao seu. Além disso, é importante saber como você abordará o caso.

Informe-se também sobre serviços auxiliares de assessoria jurídica (por exemplo, investigação privada, psicoterapia, etc.). Se você sentir que algo está errado ou se sentir que está sendo enganado, pode recorrer a eles. Cuidado com um advogado que lhe garanta a vitória.

Certifique-se de suas taxas

O custo da representação legal geralmente é baseado na complexidade de um caso. Os advogados usam diferentes formas de cobrança, incluindo taxas para áreas específicas em um caso, taxas horárias e taxas fixas. Isso é o que chamamos de “minuto”. As taxas horárias costumam ser uma boa opção, embora sejam as mais imprevisíveis, porque um caso pode demorar mais do que o previsto.

Por outro lado, as taxas fixas, apesar de previsíveis, podem ser altas em casos complexos. Fornecer informações precisas ao seu advogado na primeira consulta é a melhor maneira de obter uma taxa realista.

A construção industrializada considera processos eficientes com fluxo contínuo, execução de obras de forma serial e repetitiva, realizando uma atividade padronizada em ambiente controlado, com ritmo definido, com planejamento e análise de processos.

O processo considera o design que favoreça a integração precoce dos fornecedores, para fabricação ou pré-fabricação de partes e peças, logística e montagem.

Implica cumprir condições de satisfação, sem trabalho refeito, valendo-se da utilização de tecnologia, automação e sistemas de planeamento e controlo da produção, envolvendo mão de obra especializada e competente, para o exercício da actividade em condições seguras.

Confira a seguir: descubra mais sobre trabalhar em construção civíl.

Quais são as diferenças entre a construção industrializada e a tradicional?

Passar de um sistema construtivo “tradicional” para um industrializado significa mudar grande parte dos processos e da forma de produzir diferentes casas, edifícios, escolas, talvez outros locais, como hospitais ou residências, por isso existem variáveis ​​que mudam, como a seguindo:

Tempo de execução

O tempo de obtenção do resultado final na confecção de peças estruturais diminui, pois o projeto utilizado é padrão e a produção é automatizada. Portanto, o trabalho pode ser feito em menos tempo. Além disso, a montagem das peças é rápida e fácil, o que permite habitar os edifícios ou construções com maior rapidez.

A climatologia

Fatores climáticos ao trabalhar ao ar livre não afetam mais a construção 100%. No trabalho industrializado, os elementos não são construídos ao ar livre, mas sim fabricados em oficina ou noutros espaços e horários convenientes, como já referimos, portanto, o trabalho não depende de estar ensolarado, chuvoso ou ventoso. , pois é possível que seja fabricado em espaços fechados.

Reclamações trabalhistas

Como o ambiente de trabalho é mais controlado e as condições físicas e ambientais mais favoráveis, há mais segurança nos espaços e, portanto, menos acidentes ou acidentes.

Sustentabilidade em projetos

A maior parte das obras na construção industrializada é realizada em oficinas ou plantas de construção e a tarefa de montagem é realizada no local final, o que permite menos geração de resíduos e reaproveitamento do que houver. Além disso, economiza água e eletricidade durante a fabricação.

A importância da construção industrializada hoje

Diante deste modelo como uma alternativa cada vez mais presente, é imprescindível que um maior número de processos industrializados sejam aplicados na construção, a fim de que muitos dos componentes sejam pré-construídos, para que finalmente sua implantação in loco se consuma basicamente. para tarefas de montagem.

Desta forma, há garantia de maior eficiência nos processos, redução na geração de resíduos, maior controle no canteiro de obras, bem como aumento da segurança ocupacional e cumprimento mais rigoroso de prazos e custos.

Se você está comprando uma casa, não é absurdo gastar uma pequena quantia para ter certeza de que é a casa dos seus sonhos antes de investir nela para uma vida inteira de economia. Desde que começamos, há quase dois anos, ajudamos muitos clientes a tomar a melhor decisão possível, preparando para eles relatórios de imóveis que tinham interesse em comprar.

Se você estiver em uma situação semelhante, pode contar conosco para tomar a melhor decisão. Mas como uma prévia, no post de hoje vamos dar algumas orientações para ter certeza de que a casa que você vai comprar é tão linda quanto parece. Vamos começar com algumas condições gerais.

Uma dica antes de tudo é contratar um advogado especialista em direito imobiliário, ele vai te auxiliar e te ajudar na compra no imóvel.

Dicas úteis ao comprar uma casa

Conheça os prós e os contras da situação e do meio ambiente. 

Antes de comprar uma casa, é preciso conhecer bem o ambiente em que ela está localizada. É conveniente saber se nas proximidades teremos parques, centros esportivos, centros de saúde, escolas, supermercados, etc. É também aconselhável averiguar se o transporte público está a funcionar bem e se é ou não fácil de estacionar, especialmente no caso de a casa que pretendemos adquirir não possuir garagem. Além das instalações que deveriam estar próximas, é necessário saber se existem outras indesejáveis, como fontes de alto ruído ou atividades potencialmente insalubres ou incômodas (áreas de tráfego noturno, discotecas, oficinas, trilhos de trem, tráfego intenso, etc.).

Encontre uma boa orientação.

Discute-se muito sobre isso, mas como especialistas em bioclimática (com dois mestrados) estamos em condições de afirmar que as melhores orientações na Espanha são o sul e o sudeste: as aberturas das fachadas recebem máxima radiação solar no inverno (ganhamos calor ) e são fáceis de proteger no verão (para evitar o sobreaquecimento). Temos consciência de como pode ser difícil encontrar um apartamento no centro de uma cidade com uma boa orientação. 

Além do mais, às vezes, mesmo tendo a orientação ideal, é inútil porque o prédio oposto bloqueia o sol. Outro ponto complicado é que as melhores vistas e a melhor orientação coincidem, caso em que será necessário estabelecer prioridades. Em áreas com verões quentes, tome muito cuidado com a orientação oeste. É o mais difícil de proteger do sol e o que mais encandea e ilumina (atenção nas áreas de estar e de estudo). 

Não há razão para desistir de um apartamento virado a poente se este cumprir os restantes requisitos, mas terá de ser considerado um investimento extra em isolamento, vidros, toldos e refrigeração se quisermos estar confortáveis ​​em casa.

Verifique se o plano disponibilizado pela imobiliária ou incorporadora corresponde à realidade.

Infelizmente, na execução dos nossos projetos, constatamos que muitas vezes os planos oferecidos pelas imobiliárias não correspondem à realidade: desde superfícies e dimensões falsificadas, a móveis mudados de escala que não cabem realmente nas divisões em que se encontram. retirou. 

É fundamental ter um plano limitado e verificar as medidas para saber exatamente o que estamos comprando. Com esses planos, podemos avaliar fielmente as possibilidades de reforma e decoração. Assim, evitamos surpresas como quartos em que cabem aparentemente duas camas quando na realidade só há lugar para uma, quartos impossíveis de mobiliar pelo seu formato ou porque estão repletos de portas, cozinhas que mal cabem nos móveis básicos etc.

Superfície e número de quartos. 

Se você não deseja reformar (pelo menos no início) é importante levar em consideração a proporção e o número de quartos. Se você cozinha com frequência ou mora na cozinha, procure casas com cozinhas espaçosas. Se passa a maior parte do tempo na sala, certifique-se de que está bem orientada e permite mobiliá-la com todas as peças que pensou ou necessita. 

Certifique-se de que os cômodos sejam grandes o suficiente se for instalar duas camas e não se esqueça de encontrar um canto para uma mesa de estudo se trabalhar em casa. Se você tem filhos, pense que eles crescem e com eles sua demanda por espaço.

Você pode se interessar também: Como lidar com a ansiedade na negociação de imóveis

Despesa de energia.

Durante algumas semanas, aquando da compra ou aluguer de uma casa, deve ser entregue o Certificado Energético da casa. O que é isso? É um documento equivalente ao que vemos nos eletrodomésticos com as letras A, B, C, D, E, F e G. Se vai alugar ou comprar, não se deixe enganar: é muito difícil encontrar segundo – residências manuais (mesmo novas) com certificado A ou B, letras reservadas quase exclusivamente para residências que utilizam energia renovável para aquecimento e com isolamento térmico de alta eficiência. C e D são comuns, e mesmo E pode ser considerado aceitável. Se o resultado for F ou G você deve contar com isso porque o condicionamento da sua casa será caro tanto no inverno quanto no verão, a menos que você tome medidas e invista em uma reforma energética.

Janelas e aquecimento. 

Em linha com o que discutimos no ponto anterior, é importante que reveja o sistema de aquecimento utilizado. Se bem utilizado, o aquecimento central é uma boa opção para poupar custos, embora, infelizmente, seja raro o seu funcionamento ser devidamente regulado. Muitas vezes encontramos pisos excessivamente quentes onde temos que abrir as janelas no meio do inverno, desperdiçando energia e dinheiro. O aquecimento individual permite controlar melhor os gastos e o nível de conforto da casa. Cuidado com os radiadores elétricos, pois seu consumo é bastante alto.

Umidade. 

Certifique-se de que a casa não os tenha ou você encontrará um inimigo sério difícil de lutar. Se for de segunda mão, dê uma olhada nas paredes, ao lado das janelas, no chão e no teto. Qualquer mancha ou sinal de protuberância pode ser indicativo de umidade.

Estado geral da edificação.

Às vezes, mesmo com a casa em bom estado, o prédio pode apresentar patologias que nos obrigam em um curto espaço de tempo a assumir derramamentos ou despesas extras da comunidade. Verificar quando o último ITE aconteceu e quais deficiências tiveram que ser corrigidas, se houver, é um bom começo. Verifique se há rachaduras ou umidade nas áreas comuns, pois podem ser um sinal de que também há rachaduras na casa e uma camada de tinta as escondeu.

Caso a casa precise de reforma, calcule o valor da mesma e some ao custo de venda. 

É difícil dar uma cifra sem ter projeto, pois o custo da reforma dependerá muito do estado do mesmo e do nível de qualidade que se pretende atingir. Pode ser entre € 500 / m2 e € 1000 / m2. Em caso de dúvida, é melhor consultar um especialista antes de embarcar na aventura.

O relatório de um técnico pode ajudá-lo a negociar o preço.

Nem sempre é fácil detectar tudo o que recomendamos que você analise. Existem muitos aspectos técnicos dos quais você pode escapar. Mandar um técnico preparar um relatório de viabilidade para nós pode ser uma opção rápida que, a longo prazo, pode nos salvar de decepções, surpresas e, acima de tudo, despesas inesperadas. Além disso, pode ajudá-lo na negociação do preço, se estiver muito interessado na casa. Se quiser que ajudemos você, entre em contato conosco e explicaremos como podemos ajudá-lo.

Todos os dias ouvimos falar de termos como mudanças climáticas , escassez de água ou cuidado com o meio ambiente, e todas essas palavras muitas vezes nos dão o que pensar, porque todos cuidamos do meio ambiente e qualquer pequeno gesto é importante. Que tal começar hoje a usar produtos ecológicos? Damos-lhe algumas ideias!

Mas, primeiro, para se colocar em uma situação, vamos lhe dizer em que consiste um produto ecologicamente correto. São produtos que protegem o meio ambiente porque ajudam a conservar os recursos naturais da Terra, como a água, e reduzem o consumo de energia, reduzindo a poluição.

Tudo começa com uma mudança de hábitos, o que produz efeitos positivos tanto em sua vida quanto em seu ambiente. Afinal, tudo está relacionado, não acha?

Veja também – O que são produtos controlados?

5 produtos ecológicos para cuidar do meio ambiente

Spray de chuveiro para economizar água

Um gesto simples, como um banho refrescante pela manhã, pode ser transformado em um gesto ecológico se você usar um chuveiro com jato de água.

Esses tipos de chuveiros reduzem a vazão e expelem a água atomizada, que se espalha por uma área superior da pele. Dessa forma, estima-se que a economia de água pode chegar a 70%. Vale a pena!

Escova de dentes de madeira de bambu

A higiene dentária é fundamental para a nossa saúde e a escovagem dos dentes após cada refeição é necessária para eliminar as bactérias e cuidar da boca. A grande maioria de nós possui escovas de plástico e , se seguirmos as recomendações da comunidade odontológica, teremos que trocá-las a cada três meses.

Mas você já se perguntou o que pode contaminar uma escova de plástico? A alternativa é uma escova para madeira de bambu, que é mais resistente, tem mais tempo de uso e é reciclável. É importante que a madeira venha de florestas sustentáveis!

Vasos e potes compostáveis

Os pratos compostáveis ​​são uma boa alternativa aos copos plásticos ou pratos que são usados ​​em bares ou em algumas casas, ou seja, aqueles que são biodegradáveis ​​e podem ser usados ​​para fertilizar o solo e fertilizá-lo. Suas plantas vão gostar!

Garrafa de aço inoxidável

O plástico em garrafas e sacolas é um dos elementos que mais polui o meio ambiente. Se gosta de levar sempre uma garrafa de água, pode usar garrafas de aço inoxidável, pois podem ser usadas várias vezes e protegem a água da luz e do calor. Dar-lhes uma tentativa !

Talheres de madeira

Você provavelmente gosta de organizar jantares e almoços com os amigos, mas que tal usar uma talheres de madeira? Sim, enquanto você lê! É mais difícil de quebrar e dura muito mais tempo. Claro, é importante que a madeira venha de florestas sustentáveis ​​e que seja tratada para uso com alimentos.

Carregador solar móvel

Reduzir o consumo de energia elétrica é importante para o planeta e para a natureza , por isso aproveitar o sol como fonte de energia pode ser essencial. Algo tão cotidiano como carregar seu celular pode respeitar o meio ambiente se você usar um carregador solar. 

O que você acha? Felizmente, há cada vez mais objetos do cotidiano que nos ajudam a reduzir o impacto de nossas ações diárias no planeta. Neste post, trouxemos apenas alguns, mas há muitos mais! E você, quais produtos ecológicos você usa? Existe algum que devemos incorporar sem hesitação em nossos hábitos? Nos informe!

Confira mais conteúdos em nosso site. Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Alguma sugestão no que podemos melhorar? Deixe nos comentários.

Escolher o melhor advogado para a defesa dos nossos interesses não é tarefa fácil. tendo em vista que se vai enfrentar um processo cuja pena pode acarretar em pena de prisão, é necessário seguir uma série de dicas.

Dicas para escolher o melhor advogado criminal

A Experiência do Advogado

No Brasil, existem mais de 600.000 advogados, mas qual deles você deve escolher para defender seus interesses se eles são vendidos como os melhores do mundo?

É como se eles precisassem ser operados no quadril. Qual cirurgião você escolheria? A maioria procuraria aquele que realizou as operações de quadril mais bem-sucedidas e, para encontrar o melhor advogado penal a experiência é a melhor garantia de receber a melhor defesa.

Para os advogados, as “operações” são as sentenças, é fundamental que vejam as “histórias de sucesso” que o advogado que vai contratar teve à disposição do cliente.

Especialização no caso

Como na medicina existem especialidades, no Direito também existem jurisdições distintas: Cível, Criminal, Contencioso-Administrativo e Trabalhista, por isso é sempre imprescindível a solicitação dos serviços de um advogado especializado no assunto para evitar que um oftalmologista acabe operando. nosso quadril, uma vez que uma intervenção mal feita pode não ser corrigível.

Deve-se levar em conta que cada especialidade, por exemplo, criminal, também possui múltiplas subespecialidades (golpes, roubos, falsificações, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, etc.) por isso é fundamental que você contrate os serviços de um Advogado Criminal também domine a sub especialidade.

Muitos advogados que são hiperespecializados em um assunto (digamos: herança) em que são infalíveis, mas se se depararem com um caso de prisão ilegal não terão ideia de como resolvê-lo, o melhor advogado é aquele especializado no seu caso.

Veja também – 7 Habilidades e Competências Necessárias para ser um grande Advogado

Advogados criminosos no turno de trabalho

São justamente os defensores públicos os que têm mais experiência, graças aos guardas que lhes permitem lidar com casos constantes de todos os tipos.

Um Guarda é como uma UTI onde você pode entrar “em qualquer assunto” e, como os melhores médicos são formados no Pronto Socorro; os melhores advogados criminais devem passar pelos plantões de plantão para aproveitar as tabelas e adquirir uma experiência essencial para saber “diagnosticar” rapidamente o problema e “prescrever” a solução mais benéfica para resolvê-lo.

Não escolha um advogado ao acaso

Decidir qual advogado contratar não pode ser uma decisão aleatória, pois uma escolha ruim pode levar a problemas irreparáveis.

Os advogados lidam com assuntos que podem ter uma importância vital na vida das pessoas; Por isso, assim como quando você vai ao supermercado, não pegue o primeiro produto que encontrar na prateleira, mas leia atentamente o “rótulo” para ter certeza de que atende às suas necessidades.

E o fato é que o advogado que recomendou fulano pode ser muito bom no assunto que tratou de fulano de tal, mas não na sua bengala com ele no foro, mas se o assunto não for dominado, sua elegância e a simpatia será de pouca utilidade no julgamento.

É possível que você seja uma daquelas pessoas que folheia a seção internacional dos jornais porque pensa, certamente com bom senso, que algo que está acontecendo a milhares de quilômetros de sua casa não vai afetá-lo nem mesmo indiretamente.

No entanto, economicamente falando, isso não é totalmente verdade. O fato de haver algum evento nos países produtores de petróleo que modifique seus preços vai nos afetar muito diretamente , tanto a nós em particular como ao resto da economia como um todo.

Confira a seguir: saiba mais sobre a petrobras.

Ouro negro: por que o petróleo é tão importante para a sociedade?

O petróleo é chamado, e com razão, ouro negro. Ao contrário do ouro, não são as propriedades intrínsecas ou a cor brilhante desta mistura de hidrocarbonetos que o tornam tão precioso, mas atualmente é a principal fonte de energia do mundo .

Basta olhar para os enormes engarrafamentos que ocorrem nas grandes cidades nos horários de pico. Todos esses veículos precisam ser movidos de alguma forma e é justamente um derivado do petróleo, a gasolina, a fonte que os movimenta. Se pensarmos também que aviões, navios, trens e até mesmo muitos transportes públicos (embora cada vez menos) usam derivados do petróleo para abastecer seus motores, percebemos o quanto isso é essencial para a sociedade .

Mas não é importante apenas para o transporte. O óleo é usado para aquecer casas no inverno e como matéria-prima para muitos produtos, como detergentes sintéticos, náilon, dacron, adesivos, cachimbos e, claro, plástico. Isso sem listar os produtos secundários que são obtidos a partir do último mencionado. A lista de produtos seria tão longa que precisaríamos de todo o blog apenas para listá-los.

Por todas essas razões, o petróleo não é apenas importante, senão essencial para a sociedade, a menos que outras energias alternativas sejam descobertas. Especificamente, a Espanha tem uma grande dependência energética do petróleo do exterior, por isso tem que importar de outros países todas as suas necessidades diárias de petróleo, já que nosso país não possui reservas próprias. E é isso que o torna vulnerável aos eventos que ocorrem nesses países exportadores.

As causas do aumento dos preços do petróleo

Normalmente não há consenso entre os analistas econômicos sobre as causas do aumento do preço do petróleo. No entanto, na maioria dos casos, pode ser devido a vários fatores:

A maior demanda e menor oferta : o consumo de petróleo tem aumentado nos últimos anos para 15%. Esse fato, aliado ao fato de a produção ser cara, muitas vezes devido aos altos impostos incidentes sobre a extração, faz com que, pela lei da oferta e da demanda, o preço seja mais alto.

Em algumas ocasiões, oferta e demanda não são suficientes para explicar os altos aumentos que ocorrem no preço do barril. O petróleo é uma commodity e, como tal, é possível esperar uma alta de seu preço e especular como se fosse um produto financeiro, alterando assim seu preço.

A moeda usada para comprar petróleo é o dólar. Como essa moeda flutua livremente, as mudanças em sua taxa de câmbio alteram o preço do petróleo. A fraqueza dessa moeda se traduz na queda do poder de compra dos países produtores de petróleo para produtos que compram fora da zona do dólar, como a Europa.

A situação política nos países produtores. A instabilidade nesses países pode aumentar seus preços devido aos custos mais elevados exigidos para sua extração e à maior dificuldade em transportá-los para os países importadores. É o que havíamos dito no início da reportagem sobre as notícias que nos chegaram de países distantes.

Como ele nos afeta?

A primeira coisa que vem à mente quando o preço do petróleo sobe é que sobem os preços de tudo, e não só dos produtos que contêm algum derivado como matéria-prima. O fato de o preço do combustível aumentar faz com que o custo do transporte também aumente e, portanto, o preço dos produtos, além de outros serviços como passagens de avião ou trem.

Este aumento geral dos preços provoca o aumento da inflação, mas neste caso do lado dos custos de produção. Além disso, há um desequilíbrio negativo no balanço de pagamentos , ou seja, o custo das importações aumenta e o preço das exportações diminui devido ao aumento do preço que os vendedores devem arcar, principalmente naqueles produtos que utilizam o petróleo como matéria-prima. sua produção

Mas, assim como o preço pode subir, também pode descer tendo efeito contrário ao indicado, principalmente por baratear o custo das importações para o país, compensar outras importações e poder sair do balanço de pagamentos mesmo com um excedente.

Por todas essas razões, o chamado ouro negro é tão importante para todas as economias do mundo. Não é à toa que os jornais nos falam de eventos que acontecem a milhares de quilômetros de distância, pois alguns têm ainda mais impacto do que alguns eventos que acontecem no próprio país . E até que o petróleo continue a ser a energia por excelência, todas essas notícias continuarão a nos afetar.