Como ganhar dinheiro com mentoria?

Como ganhar dinheiro com mentoria

Se perguntássemos se você já pensou em se tornar um mentor, qual seria sua resposta? 

Sim: você sabe muito sobre algum campo de conhecimento e gostaria de ganhar dinheiro com isso, ensinando outras pessoas.

Não: você tem conhecimentos aprofundados, mas nunca pensou em transformar isso em um negócio. 

Mais ou menos: você ainda não sabe exatamente o que significa mentoria, mas tem curiosidade sobre o tema. 

Seja qual for a sua resposta, o conteúdo de hoje pode ajudar a melhorar sua vida, a conquistar sua independência financeira e se sentir mais realizado como ser humano e como profissional. 

Quer saber mais? Siga conosco e vamos contar tudo para você!

Mas, afinal de contas, o que é mentoria? 

Mentoria é o processo no qual uma pessoa mais experiente compartilha seu conhecimento com uma pessoa menos experiente. 

Neste processo, você, como um profissional com mais experiência, acompanha o desenvolvimento de seus mentorados, colaborando para que estes atinjam seus objetivos com mais facilidade. 

O mentor não diz o que alguém tem que fazer, ele transmite conhecimentos para que os mentorados possam decidir sozinhos e com confiança em si mesmos. 

É uma relação mais próxima, e até mesmo mais informal, na qual seus mentorados recebem conselhos, sob forma de conversas estratégicas, e você os ajuda a encontrar o caminho mais favorável.

Dá para ganhar dinheiro com as mentorias?

Como atividade remunerada, as mentorias têm aumentado no mercado brasileiro. 

Alguns números do setor mostram um crescimento médio anual de 19% e um aumento da demanda, principalmente em função da melhoria das taxas de retenção de colaboradores, percepção de melhoria nas carreiras e networking. 

Outro fator que tem causado um maior interesse do público e de empresas é a pandemia da Covid-19. 

A necessidade de adaptação à nova realidade é um atributo mais do que necessário para quem quer manter-se competitivo, seja na hora melhorar suas carreiras ou de garantir uma fatia do mercado. 

A busca por qualificação profissional cresceu, e não foi só para quem quer se manter na mesma carreira. Muitas pessoas perceberam que, em uma crise como essa, uma das saídas é apostar em si mesmos e abrir um negócio, já que a pandemia fez desaparecer nada menos do que 255 milhões de empregos.

Ou seja, há público interessado em aprender. E, se você tem algo a ensinar, a hora é essa! Mas, como fazer isso?

É sobre o que vamos falar na sequência.

#01 Pense sua mentoria como um negócio

Você pode até ter todos os conhecimentos necessários para organizar seu próprio programa de mentoria. Mas você já pensou nisso como um negócio de fato?

Um negócio exige planejamento, dedicação, horas de trabalho, compromisso, disciplina e processos relacionados, por exemplo, à captação de clientes e gestão dos recursos que você possui. 

Por exemplo, como anda o mercado de mentorias do qual você quer participar? Está muito saturado, há espaço e oportunidades? O que você pode fazer diferente para entregar valor ao seu público? Estas são perguntas que precisam ser respondidas antes de avançar.

Então, o primeiro passo é pensar nisso como um empreendimento, não como uma aventura que você pode fazer sem um roteiro pensado previamente. 

#02 Delimite sua abordagem à sua especialidade

Prometer mundos e fundos pode até soar mais bonito e atrativo para conquistar clientes, mas também supõe um risco à sua reputação como mentor. Neste sentido, só diga que vai fazer o que você efetivamente sabe fazer. 

Se a sua mentoria de negócios é mais indicada para quem está começando, para empresas com dificuldades, para profissionais que buscam melhorar suas posições, para o setor contábil ou para qualquer outro recorte, não vá além disso.

#03 Melhore seus conhecimentos de outras disciplinas

Na hora de estabelecer um vínculo mentor-mentorado, será preciso muito mais do que ser um profundo conhecedor de sua área. Você tem que aprender a se relacionar com as pessoas, a criar os espaços de interação nos quais transmitirá informações. 

Neste sentido, vale a pena investir tempo em conhecer técnicas de persuasão, formas de se comunicar e até mesmo saber mais de marketing (você vai precisar vender sua ideia). Um negócio, inclusive a mentoria, precisa captar clientes e mantê-los. 

Além disso, as mentorias na era da pandemia também precisam apoiar-se em ferramentas de comunicação virtual. Se você ainda não tem muita desenvoltura com as tecnologias de interação, vale a pena dedicar tempo a conhecer todos os recursos que serão usados na sua mentoria. 

#04 Para ser um mentor, antes, aprenda como funciona uma mentoria

Uma coisa é saber muito sobre um assunto. Você pode ser um profundo conhecedor de um campo de conhecimento e ver, de longe, problemas, necessidades e oportunidades. Outra coisa é transmitir sua experiência por meio de um processo e metodologias estruturadas de forma eficiente. 

Então, para transformar suas habilidades em receita, você primeiro precisa saber como criar uma mentoria. Em programas e cursos estruturados para tanto, você vai aprender a criar os materiais necessários, a entender as melhores formas de conduzir o relacionamento e criar as dinâmicas de um processo de mentoria.

#05 Experimente modalidades diferentes de mentoria 

Você, como novo mentor, ainda não sabe exatamente em que terreno se desenvolve melhor. 

Pode ser que sua mentoria seja mais eficiente quando trabalha com indivíduos. Outros mentores, por sua vez, podem ter mais facilidade com grupos e trabalhando em parceria com departamentos de recursos humanos.

Atualmente, também existem muitos tipos de mentorias: para negócios, para carreiras, organizacionais, estruturadas e livres, externa, reversa, entre outras. 

Independentemente da sua escolha, sempre mantenha o foco na missão de um mentor: ajudar pessoas e organizações a resolver seus problemas. 

Com tudo isso em mente, agora chegou a sua vez de passar por cada etapa e ir construindo o que será o seu futuro negócio. 

As mentorias são uma excelente forma de ganhar dinheiro e também vão apresentar novos mundos e realidades bem diferentes das suas. Isso sem falar no networking e na constante troca que existe entre você e seus mentorados.

Agora que você já sabe como ganhar dinheiro com mentoria e que este é um negócio que pode render bons frutos, que tal saber como tornar sua nova empresa mais sustentável?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *