PREVIDÊNCIA PRIVADA: EXISTE IDADE CERTA PARA CONTRATAR?

Enquanto jovens, as pessoas dificilmente planejam um futuro em relação à aposentadoria. Conforme a expectativa de vida do brasileiro tem aumentado e trazendo no decorrer do tempo, como consequência, mudanças no sistema previdenciário, é cada vez mais importante planejar o seu orçamento o quanto antes.

Por mais que nada impede que comecemos os investimentos na previdência privada com um pouco mais de idade, é importante ressaltar que, quanto mais novo você iniciar os investimentos, mais resultados você poderá colher na hora da sua aposentadoria.

Neste texto, você vai acompanhar tudo sobre a previdência privada e se existe uma idade ideal para começar e ter uma aposentadoria mais tranquila. Confira e boa leitura!

Como funciona a previdência privada?

Assim como a previdência social, a privada também precisa de um tempo mínimo de contribuição. Porém, a pessoa tem flexibilidade para determinar alguns fatores referente ao investimento, como:

●       Quando começar a investir;

●       O valor da contribuição (geralmente, planos partir de R$50,00);

●       Frequência de aporte (mensal ou anual);

●       Forma de saque, como um resgate único e renda vitalícia ou temporária (parcelas mensais);

●       E inclusive, poder resgatar o valor antes do prazo.

É possível ter as duas previdências: privada e social?

Além de ser possível, é muito importante ter as duas previdências. Sobretudo, a previdência privada vale mais a pena do que a social.

O motivo é simples, o INSS pode assegurar ao trabalhador contribuinte alguns benefícios como pensão por morte ou invalidez e seguro por afastamento, doença ou maternidade. Contudo, existem mais burocracias para conseguir sacar o dinheiro e são situações bastante específicas.

Já a previdência privada, por mais que não ofereça os mesmos benefícios da social, permite complementar a sua aposentadoria de forma mais significativa no futuro, sem anular o INSS. Por ela ser mais flexível, você pode prever quanto quer ou vai receber no futuro, para somar com a previdência oficial. Inclusive, ela oferece mais facilidade e agilidade na hora do resgate ou entrada em benefício (aposentadoria).

Tem limite de idade para contratar a previdência privada?

Não tem idade certa ou limite para contratar a previdência privada, mas a idade influencia na contribuição. Nesse sentido, o ideal é começar a previdência privada no início da carreira profissional, e atingir, pelo menos, 20 anos de contribuição.

Porém, caso a pessoa não tenha contratado antes, pode aderir ao plano com mais idade, mas para valer a pena, precisa contribuir por cerca de 8 a 10 anos. Veja a seguir os detalhes das vantagens e diferenças da contribuição de acordo com a idade.

Contratação com menos idade

Contratar uma previdência privada com idade menor tem mais vantagem, pois além do que citamos até aqui, referente a possibilidade de atingir um valor maior e planejar o futuro com antecedência, também tem a questão da alíquota do Imposto de Renda.

Se esse indivíduo investir a longo prazo, ele pode escolher a tabela regressiva. Afinal, a alíquota do IR é determinada de acordo com o tempo de contribuição.

Por exemplo, uma pessoa contribui por até 2 anos, a alíquota é de 35%, e diminui cinco pontos percentuais a cada dois anos. Mas quando atinge 10 anos ou mais, o IR diminui para 10% de tributação.

Contratação com mais idade

Já nas situações em que a pessoa quer se aposentar em um curto ou médio prazo, não é interessante contratar uma tabela regressiva. Por isso, tem a progressiva, ideal para reaver o investimento em menos tempo. Ela basicamente segue a mesma regra de cálculo das alíquotas do IR anual, com orientação no valor do saque mensal.

Gosta de viajar? Então descubra o que fazer em Recife!

Se a pessoa quer receber R$1.903,98 mensalmente, ela fica isenta da tributação. No entanto, o valor da alíquota muda de acordo com o salário de resgate e pode chegar até 27,5%.

Qual a diferença em contratar uma previdência privada com idade maior ou menor?

A contratação da previdência privada pode acontecer na idade em que a pessoa preferir e tiver condições. Apesar de já citarmos algumas vantagens relacionadas às alíquotas do IR conforme o tempo de contribuição, também tem outras diferenças para considerar. Veja a seguir.

Objetivos financeiros

Comumente, as pessoas associam a previdência privada com a aposentadoria, mas tem pessoas que usam a sua associação como prevenção. Ou seja, pelo fato de o investimento não ser destinado somente para usar na melhor idade, mas em outros momentos da vida que pedem uma reserva a longo prazo.

É o caso de crianças que já têm uma previdência, na qual os pais pagam visando os gastos com estudos, intercâmbio e outros. Sobretudo, um jovem com 20 anos também pode investir com outros planos antes de se aposentar. Além de uma pessoa de 50 anos, iniciar os aportes pensando em deixar uma herança para a família.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.