Seu desempenho sexual piora quando você tem que usar preservativo? Você tem problemas com disfunção erétil? A culpa é sua e como você usa o preservativo!

Um estudo com 479 homens entre 18 e 24 anos descobriu que:

  • cerca de 38% deles nunca tiveram problemas semelhantes,
  • 14% admitem algum episódio esporádico de disfunção,
  • 16% queixaram-se de desconforto durante o desempenho sexual e perda de ereção,
  • 32% dos homens entrevistados confirmam que têm problemas mais importantes para a maioria das relações sexuais!

Os fatores podem ser muitos, certamente entre estes encontramos a ansiedade de desempenho , mas também o uso incorreto de preservativos , a forma como são usados ​​e o tipo escolhido afetam muito o desempenho debaixo das cobertas! Este é certamente um dos fatores que explicam o uso insuficiente do preservativo entre os jovens e justificaria também as frases clássicas como:“ não sinto nada”,“ me sinto forçado”,“ incomoda-me”, etc.

Problemas de ereção: Camisinha muito apertada

Você certamente não pode esperar escorregar um pé que caiba 40 em uma meia tamanho 35! Um pé que mede 40 precisa de uma meia de tamanho 40. E é por isso que inventaram o medidor de pênis e os preservativos feitos sob medida, agora no mercado existem diferentes tipos e marcas, todas de qualidade. Cada marca tem sua própria bitola, seus tamanhos e suas características. Mas se mesmo colocando o preservativo você ainda sentir que esta com baixo desempenho recomendamos a pica de anão 100% natural, podendo ser encontrado em produtos de sex shop online, acesse o site.

Problemas de ereção: preservativo sem látex

Outro motivo que não deve ser subestimado é a alergia ao látex que pode causar irritação, coceira ou queda na atividade sexual. Caros amigos de Comodo.it, existem hipoalergênicos!

É importante não confundir impotência com uma reação alérgica ao preservativo de látex, por isso é importante ter coragem e consultar o seu médico, principalmente para avaliar os diferentes contextos e se a perda de ereção ocorre mais frequentemente com ou sem preservativo. 

Problemas de ereção: fácil de colocar preservativos

Outro problema que ainda não conseguimos resolver é a forma como o preservativo é usado: para facilitar e incentivar o uso do preservativo, foi criado o MrComodo com aplicador, uma ajuda válida para evitar erros! 

Problemas de ereção: preservativo resistente para relações anais

Um último caso que pode comprometer o desempenho é o da ruptura do preservativo que ocorre durante a relação anal. Se você for fazer “pops” sob os lençóis, certifique-se de comprar preservativos duráveis. Claro, não será muito seguro fazer sexo anal com um preservativo ultrafino!

Os preservativos, além de protegerem contra todas as DSTs e gravidezes indesejadas, podem estimular a imaginação e dar-lhe sensações nunca antes experimentadas!

Optar por não usá-los ou preferir aborrecimentos e problemas não faz o menor sentido, basta procurar o preservativo certo com um pouco de paciência para tornar a experiência do sexo protegido única! Caso não queira de forma alguma fazer o uso do preservativo recomendamos que realize alguns exames médicos para não ter dúvidas de que não tenha nenhum adoeça sexualmente transmissível.

Outros métodos contraceptivos

É um anticoncepcional não hormonal para homens, desenvolvido com o objetivo de lançar soluções econômicas de outra forma negligenciadas pela indústria farmacêutica. Seu nome comercial é Valsalgel  e os estudos sobre sua eficácia ainda estão em andamento. Uma dose de gel é injetada no tubo por onde passa o espermatozoide, na extremidade que o conecta ao escroto.

O procedimento dura cerca de 15 minutos e, uma vez finalizada a injeção, o gel é fixado e funciona como um filtro permitindo a passagem do fluido seminal, mas não dos espermatozoides. Portanto, não impede a ejaculação ou o orgasmo.

As injeções anticoncepcionais têm eficácia comparável à da vasectomia; além disso, por ser um método não hormonal, o Vasalgel não apresenta efeitos colaterais ao contrário de outros tratamentos para mulheres, como dores de cabeça, oscilações de peso e diminuição da libido devido ao uso da pílula anticoncepcional.

Agora celebrando seu 20.º ano, a Expo Semestral de Fabricantes de Novidades Adultos tem como objetivo conectar varejistas com os mais recentes lubrificantes, vibradores, sex free camisinha e muito, muito mais.

Hoje, o evento com participação internacional apresenta uma lista alongada de expositores que representam o que há de mais recente em produtos eróticos e tecnologia de marcas antigas como LOVEHONEY e empresas inovadoras como a OhMiBod com foco feminino. E, de acordo com os fundadores do evento, a base de clientes e os resultados financeiros do setor estão se fortalecendo.

Em homenagem ao aniversário de platina do evento, o trio por trás da AMNE Founders, LLC concordou em divulgar apenas uma amostra (por e-mail) dos insights que eles ganharam ajudando a cumprir nossas fantasias por décadas e transformando o brinquedo sexual que já foi “nicho” mercado em uma indústria imparável de bilhões.

Como o negócio de novidades para adultos progrediu ao longo dos anos, e para onde você vê a direção do setor?

Chad Braverman, COO, Doc Johnson:

Quando começamos em 1976, éramos uma entre meia dúzia de empresas de produtos de prazer no mundo. Na verdade, não havia um mercado de distribuidora sex shop online  na América na época, pelo menos no sentido tradicional.

Os produtos eróticos estavam sendo agrupados com outros tipos de produtos inovadores, e eles não estavam sendo embalados ou marcados de nenhuma maneira real.  Os itens estavam sendo enfiados em sacos plásticos e vendidos como estão.

Doc Johnson foi a primeira empresa americana de produtos de prazer a colocar itens em uma concha e também foi uma das primeiras empresas de produtos de prazer do mundo a introduzir conceitos de marca como arte de embalagem, logotipos, nomes de produtos e uma voz de marca coesa em nossos negócios estratégicos.

A diferença entre a indústria de produtos de prazer quando iniciamos a Doc Johnson em 1976 e a indústria de produtos de prazer hoje é noite e dia. Hoje, os produtos eróticos representam uma indústria de US $15 bilhões.

Existem centenas de fabricantes e distribuidores e milhares de varejistas em todo o mundo.  Com base no que vimos, não podemos esperar nada menos do que rápido e contínuo sucesso e crescimento mainstream para a indústria de produtos de prazer nos anos e décadas que virão.

Susan Colvin, fundadora e CEO da CalExotics:

Experimentamos alguns pontos de inflexão ao longo dos anos; alguns podem não ser tão óbvios. Após a era Reagan, principalmente sob Bill Clinton, começamos a ver algumas mudanças de atitudes sociais em relação ao sexo. 

No entanto, em 1998, o Alabama começou a criminalizar a venda de produtos eróticos e vivenciamos um ambiente regulatório desafiador no Texas até 2008. Mas as mudanças nas normas culturais no final da década de 1990, caracterizadas por programas como Sex In the City  foram em sua maioria positivas para a indústria.

As mulheres emergiram como autossuficientes e no controle de suas vidas, até o quarto. O empoderamento sexual das mulheres tornou-se tão difundido que até experimentamos um abraço da mídia mais convencional.

Mais recentemente, 50 Shades of Grey  criou outra onda de crescimento para a indústria. Não nos lembramos de alguma vez ter vendido bolas de Kegel antes do lançamento deste livro, mas aconteceu.

A introdução do filme trouxe, ainda mais, o foco para a indústria, com a expansão do interesse do varejo convencional. Olhando para o futuro, esperamos que as conversas sobre saúde e bem-estar sexual continuem a se expandir ainda mais para os canais convencionais, conforme as pessoas percebem haver muitos benefícios em manter a atividade sexual regular.

Quais têm sido suas prioridades em termos de crescimento e direcionamento do seu negócio?

Colvin:

Estamos empenhados em construir produtos íntimos de alta qualidade, seguros, que ajudem as pessoas a reacender o romance em suas vidas. Essa visão é uma prioridade em todos os aspectos do negócio. No que diz respeito à fabricação, minha empresa garante que fornecemos produtos da mais alta qualidade que excedam as expectativas.

No que diz respeito ao desenvolvimento de produtos, fazemos questão de ouvir os nossos clientes. Levamos suas necessidades, desejos e sugestões em consideração ao desenvolver novos produtos.

Funcionários e causas de caridade são cruciais para a CalExotics. Os direitos dos desfavorecidos permaneceram uma prioridade por mais de 22 anos; CalExotics doou mais de $1,5 milhão para organizações de caridade durante esse tempo. 

Além disso, a CalExotics mantém um compromisso substancial com os funcionários que construíram a empresa, oferecendo um plano substancial de participação nos lucros que pode chegar a 20% do salário base de um funcionário. Acreditamos que uma comunidade saudável é a chave para um negócio saudável.

Braverman:

Manter a maior parte de nossa produção na América e manter os americanos empregados é uma das nossas principais prioridades desde o primeiro dia.

Embora seja às vezes um desafio manter a maior parte de nossa fabricação perto de casa, todos nós da Doc Johnson temos muito orgulho de nosso legado e de garantir seu sucesso futuro. O legado da Doc Johnson é a lealdade e o reconhecimento do nome que construímos ao longo de quarenta anos de fabricação americana.

Ao mesmo tempo, o que mudou para nós é a dificuldade de manter um negócio como o nosso nos EUA, onde fica cada dia mais difícil fazer crescer um negócio de manufatura. Sempre trabalhamos duro para manter a manufatura e os empregos na América, mas definitivamente se tornou um desafio maior.

Outra prioridade para nós, como verdadeiros fabricantes de mercadorias, tem sido tentar aprimorar nossos processos com melhores métodos de fabricação. Investimos uma parte significativa do tempo estudando os processos de fabricação de outras indústrias, como aviação e automotiva, e incorporando alguns desses avanços em nossos próprios processos.

Quais avanços tecnológicos foram fundamentais para o sucesso do setor?

Nick Orlandino, presidente e CEO, Pipedream Products:

Do ponto de vista da manufatura, a tecnologia tornou nossas instalações mais eficientes, facilitando criar nossas peças grandes e realistas. Agora somos capazes de produzir 10 mil produtos de borracha por dia com nossas instalações de última geração, inauguradas em 2014.

Quando se trata de marketing, aproveitamos a internet para fornecer ferramentas de vendas, vídeos, material promocional, The Planogrammer (nosso software de merchandising exclusivo) e um site de B2B robusto que serve como nosso hub online para todas as coisas do Pipedream.

Braverman:

Sem nem mesmo ter que pensar nisso, posso dizer com segurança que o desenvolvimento mais importante para a indústria de produtos de prazer foi a expansão do uso da Internet. Você pode navegar por milhares de produtos eróticos sem sair de casa e ter a certeza de que sua vida sexual permanecerá tão privada quanto você deseja.

Os avanços também nos permitiram melhorar a qualidade dos produtos de prazer de várias maneiras. Por exemplo, a tecnologia tornou as baterias de íon mais acessíveis, o que, por sua vez, tornou os produtos eróticos recarregáveis ​​por USB mais acessíveis para as massas.

A tecnologia também nos trouxe melhores motores, com mais opções e funções múltiplas – você tem mais controle sobre a velocidade e o tipo de vibração, pode alternar entre pulsação, batida, rotação e assim por diante, em vez de apenas ter uma ou duas velocidades contínuas vibração.

3 maneiras de destacar sua clínica de estética e aumentar o lucro

Cada vez mais se fala em estética e as buscas por clínicas de estética têm aumentado de forma considerável. Isso é ótimo, pois com mais interesse, mais clientes. A questão é que, com mais interesse, também há mais concorrência.

Por isso, é importante é pensar em maneiras de destacar sua clínica de estética para atrair mais clientes e aumentar o lucro. Aqui, destacaremos três maneiras que podem ajudar nesse caminho de sucesso.

1. Invista em tecnologias, agilidade e novidades

No meio de tantas opções, potenciais clientes podem ser atraídos pelo diferencial que sua clínica de estética pode oferecer. Estudar e investir em novidades, tecnologias diferentes, mantendo-se sempre atual dentro do segmento, oferecendo primeiro e de forma primorosa os serviços.

Investir em tecnologias e ferramentas de trabalho que otimizem o atendimento pode liberar maior espaço de agenda, o que possibilita a captação de mais clientes, e aumentar a satisfação delas, que muitas vezes buscam por essa agilidade.

Por isso, para aumentar o lucro é importante estar atento às novidades da área e às tendências, procurando sempre entender o que tem maior demanda e as melhores formas de oferecer como diferencial em relação à concorrência.

2. Otimize o trabalho

Adquirir tecnologias e possibilidades para otimizar o trabalho na clínica de estética não adianta se o trabalho realmente não for preparado para isso. Ou seja, invista em preparação de pessoal. Agilidade, serviços bem prestados com qualidade garantem satisfação da clientela.

Isso porque o marketing indireto é uma das ferramentas que podem ser úteis para aumentar o lucro de sua clínica de estética. Isso é obtido através da satisfação de clientes que, após o tratamento, não hesitam em recomendar o estabelecimento a outras potenciais clientes.

Por isso, é importante aliar um bom atendimento, otimizado, ágil e atualizado a um procedimento bem-feito e com resultados que deixam a cliente suficientemente satisfeita a ponto de divulgar sua clínica de estética adiante.

3. Invista em marketing

Um passo importante para conseguir aumentar a cartela de clientes e consequentemente aumentar o lucro é entender que sua clínica de estética é sua marca.

Ela precisa ser valorizada para que a potencial clientela entenda que preço é diferente de valor e se disponha a investir na associação custo-benefício que a clínica oferece.

Por isso, é importante investir em marketing. A divulgação deve ser alinhada de modo a fazer com que as pessoas conheçam sua clínica, o valor de sua marca a partir dos diferenciais que ela oferece em relação à outras clínicas de estética.

Alguns passos a se seguir na divulgação de sua marca:

  • Crie um website com informações sobre a clínica e caminho para contato;
  • Defina seu público-alvo: quem são os potenciais clientes;
  • Use e abuse das redes sociais: aproxime-se de público através de posts informativos, dicas e outras novidades;
  • Explore conteúdos informativos sobre o que a clínica oferece, como “o que é o coolsculpting?”;
  • Crie novidades, descontos, pacotes, programas de fidelidade e outros chamarizes para captar clientes;
  • Faça parcerias com influenciadores que podem impulsionar a divulgação de sua marca;
  • Crie uma rede de contatos.

Não espere. Aja!

Uma das principais lições dos negócios é que não se deve esperar por um milagre. É preciso o quanto antes colocar em prática as estratégias para atrair mais clientes e aumentar o lucro. A concorrência é cada vez mais ativa e criativa, por isso, se destacar é obrigatório para quem quer conquistar o sucesso.

O Bradesco é um dos bancos mais requisitados quando pensamos nos números de contas abertas. O banco tradicional, no entanto, acaba passando por dúvidas quando se trata da chegada do cartão à residência do solicitante. 

Como saber se meu cartão está na agência é uma pergunta recorrente e nós iremos te explicar tudo sobre o assunto! 

Como saber onde meu cartão está? 

Ao abrir uma conta e receber aprovação dessa abertura, o próximo passo é aguardar a chegada do cartão em sua residência ou local de destino cadastrado no banco. 

Entretanto, a maior dúvida está no prazo de demora para chegada e como localizar a etapa que esse cartão está antes de chegar no destino final. Por isso, é importante entender algumas coisas. 

Prazo de envio

Após a aprovação da conta, o prazo que o Bradesco informa ao solicitante é de 20 dias úteis. Vale lembrar que a contagem só começa na aprovação do cartão! 

Os 20 dias são passados para todos que abrem conta, mas esse prazo pode ser diminuído caso haja rapidez na emissão ou sua localização esteja mais próxima dos centros. 

Como saber se meu Cartão Bradesco está na Agência

Depois do envio, como sei a localização do cartão? 

Há algumas formas para isso para saber a localização do seu cartão e a data prevista de chegada dele no endereço cadastrado. Assim, é importante ficar atento!

Correios 

Se seu cartão foi emitido e enviado pelos Correios, saber a localização dele é simples. Você só precisa estar com seu CPF em mãos e ir na aba de rastreio dos Correios.

Caso não ache nada, solicite o código para o Banco Bradesco e coloque na aba de rastreio no site. Assim, você conseguirá saber o local e estimativa de tempo de chegada do cartão. 

Caso não tenha sido enviado pelos Correios, você pode seguir as outras orientações.   

Indo à agência 

Ir a sua agência é uma forma muito boa de entender se seu cartão foi emitido, o prazo ou estimativa para chegada e se houve algum problema no processo. 

Então, procure sua agência e entenda com seu gerente todo esse percurso. É muito importante saber disso para entender se vale a pena pedir um novo cartão ou de fato esperar. 

Atenção: você pode solicitar que seu cartão seja entregue na própria agência para buscar lá mesmo. Essa opção é ideal para pessoas que solicitaram cartões de crédito, pois isso acaba gerando mais segurança. 

É uma boa opção também para pessoas com residência fixa em áreas que os Correios não chegam. 

Para solicitar esse modelo de entrega, consulte seu banco e os prazos gerados. 

SMS 

Uma forma disponibilizada pelo Bradesco é o SMS com avisos do rastreio do seu cartão. Eles indicam qual etapa de entrega está, qual o prazo e dicas para quando o cartão estiver com você. 

Caso você não receba SMS, procure sua agência para saber se o telefone cadastrado está correto. No entanto, caso não esteja, você pode trocar no próprio aplicativo na parte de “meus dados”. 

Meu cartão chegou, e agora? 

Agora você precisa desbloquear o cartão, para isso você precisa: 

1- Instalar o app do Bradesco no seu celular; 

2- Ir na sessão de desbloqueio de cartão; 

3- Com essa numeração que irá aparecer, você deve ir em um Caixa do Bradesco ou em uma agência (não precisa ser a sua); 

4- Seguir o passo a passo de desbloqueio indicado pelo aplicativo do banco e pronto! 

Depois de desbloquear, seu cartão está pronto para uso. Entretanto, vale lembrar que se for cartão na modalidade crédito, esse processo pode ser mais demorado. 

É importante procurar uma agência do Bradesco para se informar antes de tomar qualquer decisão que possa retardar esse processo. 

Como entrar em contato com o Bradesco

Caso ocorra algum problema nesse processo ou em qualquer outro que esteja tentando fazer, o Bradesco disponibiliza os seguintes canais de atendimento: 

Alô Bradesco

Para tirar dúvidas, enviar reclamações ou fazer cancelamentos: 0800 704 8383

Fale Conosco Ouvidoria 

A Ouvidoria atende das 9h às 18h, de segunda a sexta-feira, exceto feriados: 0800 727 9933

Capitais e regiões metropolitanas: 4004 4436

Outras regiões: 0800 722 4436

Gostou dessas dicas sobre o cartão do Bradesco? Para mais como essas e outras diversas do mundo financeiro, acompanhe o nosso site! 

Embora a situação de cada empresa seja particular, existem cinco tipos de impostos obrigatórios para qualquer empresa: Imposto sobre Atividades Econômicas (IAE), Imposto sobre Sociedades (IS), Imposto sobre Valor Agregado (IVA), Contribuições para a Previdência Social e impostos regionais e locais.

De acordo com a Lei Tributária Espanhola, as empresas são obrigadas a pagar uma série de impostos, uma vez que, caso não o façam, enfrentarão duras penalidades da Agência Tributária. É importante que todas as empresas planejem suas contas para o pagamento desses impostos, o que é muito mais fácil com a utilização de softwares de gestão empresarial adequados . Existem diferentes tipos de impostos para as empresas em Espanha , que variam em função de fatores como o tipo de negócio, a sua dimensão ou o seu rendimento.

Veja também – Isenção de imposto de renda por doença grave – Tudo que você precisa Saber

Impostos que uma empresa deve pagar na Espanha

1. Imposto sobre Atividades Econômicas (IAE)

O Estado partilha com as administrações municipais a gestão deste imposto, abrangendo o seu âmbito todos aqueles que exerçam uma atividade económica, artística ou profissional . Este imposto é pago anualmente, estando isentas as pessoas físicas ou jurídicas com faturamento anual não superior a um milhão de euros. Existem quatro tipos diferentes de declarações em relação a esta homenagem:

  1. Declaração de quitação – Deve ser feito no início de uma atividade profissional.
  2. Declaração de variação -Tem que ser feito quando houver mudança na atividade profissional exercida.
  3. Comunicação de declaração – É usado para relatar o relatório líquido do volume de negócios.
  4. Declaração de retirada – É exercido quando cessa a atividade profissional do contribuinte.

2. Imposto Corporativo (IS)

Esse imposto incide sobre o lucro das empresas em nosso país e deve ser declarado mesmo que a entidade não tenha obtido qualquer receita sujeita a esse imposto ou não tenha desenvolvido atividade econômica durante o período fiscal. Este imposto deve ser pago por todas as empresas, sejam elas limitadas, civis, anônimas ou cooperativas. O contribuinte é qualquer empresa com sede ou sede social na Espanha, ou que tenha sido constituída ao abrigo do direito espanhol .

O pagamento do IS é parcelado, em três prazos do período de tributação, que é de no máximo 12 meses. Este imposto é acumulado no último dia deste período, devendo todas as empresas obrigadas a recolhê-lo declará-lo anualmente. Atualmente a alíquota geral é de 25%, mas pode ser reduzida dependendo do tipo de empresa.

3. Imposto sobre Valor Agregado (IVA)

Este imposto incide sobre o consumo de bens e serviços por parte das empresas e dos próprios cidadãos. O seu âmbito de aplicação abrange todo o território da Península Ibérica e das Ilhas Baleares, sendo pago o Imposto Indirecto Geral das Canárias (IGIC), que poderíamos considerar seu equivalente (mas com percentagens diferentes).

Atualmente, existem três tipos de IVA, dependendo do tipo de produto ou serviço consumido:

  1. Super reduzido (4%) – Aplica-se a medicamentos, livros e necessidades básicas.
  2. Reduzido (10%) – Aplica-se a produtos para uso pecuário, florestal ou agrícola, alimentação, transporte, medicamentos para animais, água ou venda de casas.
  3. Geral (21%) – Aplica-se a todos os produtos e serviços que não se enquadram nas duas categorias anteriores.

4. Impostos especiais e ambientais

São cobrados impostos especiais sobre a importação, fabricação e / ou introdução em território espanhol de determinadas atividades (álcool e bebidas alcoólicas e hidrocarbonetos), bem como sobre o registro de certos postos de transporte, o fornecimento de energia elétrica e a utilização de carvão. Por outro lado, na Espanha também existem impostos ambientais:

  1. Imposto sobre a produção e armazenamento de combustível nuclear e resíduos radioativos.
  2. Imposto sobre o valor da extração de gás, óleo e condensado.
  3. Imposto sobre o valor da produção de eletricidade.
  4. Imposto sobre gases fluorados com efeito de estufa.

5. Impostos regionais e locais

Em nosso país, os impostos regionais e locais são variados e diversos dependendo de onde estamos e da situação particular das empresas e da comunidade autônoma, por isso é conveniente conhecê-los e conhecer as peculiaridades de cada comunidade, província ou região. 

Para ver um exemplo claro disso, as empresas de Navarra e do País Basco pagam impostos em regime especial, sendo obrigadas a destinar ao pagamento de impostos uma grande parte da sua margem bruta de rendimento (as grandes empresas pagam 63%).

Confira mais conteúdos em nosso site. Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Alguma sugestão no que podemos melhorar? Deixe nos comentários.

A Carteira de Trabalho Digital finalmente foi oficializada e pode facilitar a vida de milhares de brasileiros a partir de agora. Ela já tinha a sua existência (ainda que pouco conhecida), desde o ano de 2017, porém apenas agora em 2020 é que entrou como substituta e então Carteira de Trabalho digital.

Qualquer pessoa com o seu CPF pode ter acesso a esse documento, acessando a Carteira Digital através do seu Smartphone. Mas de nenhuma maneira você deve jogar fora a sua Carteira de Trabalho digital, afinal a mesma pode ser bem útil.

Agora o empregador utiliza o e-social ( que é o sistema virtual dos dados do trabalhador) e faz o cadastro do mesmo em sua empresa, tudo online, rápido e prático. Além disso, todos os contratos de trabalho agora podem ser acessados pelo Smartphone. Confira mais abaixo do que mudará de aqui para frente.

Como é feito o acesso?

Antes de acessar os seus dados da Carteira digital, é preciso ter um cadastro no sistema: acesso.gov.br. É bem simples e prático de se fazer:

  • Informe os seus dados pessoais, como o seu CPF, nome completo, data de nascimento, local de nascimento e também o nome da mãe;
  • Você então será redirecionado para um questionário ou formulário, como preferir;
  • Após completar de preencher todos os dados, você recebe uma senha temporária que precisa ser trocado no primeiro acesso;

Pode parecer até um pouco difícil antes do primeiro acesso, porém te confirmamos que é tudo bem prático e seguro;

Ainda não tenho Carteira de Trabalho – Como farei a Solicitação?

Segundo a Secretaria de Previdência Social e do Trabalho, todo trabalhador poderá registrar a sua carteira digital, mesmo que ainda não tivesse tido a antiga ou nenhuma experiência de trabalho.

Cadastro em Bancos

A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil tratam de fazer o cadastro online para as pessoas que não estão conseguindo acessar o site, problemas para entender ou formulário ou algo do tipo.

O Atendimento é prático, bastando com que você se dirija a uma agência mais próxima e peça a emissão do documento digital.

O número da Carteira de Trabalho Digital irá aparecer?

O número chave da versão digital é o seu CPF. Quanto as empresas que aderiram ao e-social, o número de CPF também será o suficiente na hora da contratação.

Como o empregador irá assinar o contrato através do e-social?

Quando for feita a contratação de um novo funcionário, o empregador irá lançar os dados do novo colaborado no e-social. Antes mesmo de o trabalhador começar no emprego, a empresa deverá enviar todos os dados pelo evento S-2200.

Segundo as informações do Governo Federal, as informações do e-social terão o valor da assinatura da carteira, como ocorria na tradicional Carteira de Trabalho Manual.

Dados divergentes na minha Carteira de Trabalho digital – Entenda como resolver

A Secretaria Oficial do Governo se manifestou sobre e disse que isso pode acontecer nos contratos de trabalho que são antigos, devido a possíveis divergências na leitura e entendimento do papel, tendo em mente os recursos escassos de tecnologia que tínhamos em tempos atrás.

Se algum erro for identificado no seu cadastro, não será necessário comparecer a uma unidade de atendimento. Através dos sistemas que geram os dados da Carteira de Trabalho Digital, constantes atualizações são feitas a fim de corrigir possíveis erros no cadastro. Em erros que aconteceram antes do ano de 2020, você deverá comunicar ao seu empregador.

Deixe o seu comentário ou sugestão para a gente de como está sendo o novo formato da Carteira de Trabalho, seja você um colaborador ou contratante da empresa.

Você conhece os principais Direitos do Consumidor garantidos pelo Código de Defesa do Consumidor (Lei número 8.078)?

Se você ainda não sabe tudo sobre o tema, é hora de mudar isso! Nesse sentido, hoje o nosso site vai te mostrar quais são esses direitos principais e como você pode fazer valer isso!

Está interessado(a)? Acompanhe a matéria e tenha uma excelente leitura!

Afinal, quais os principais Direitos do Consumidor

Primeiramente, saiba que existem, na verdade, diversos principais Direitos do Consumidor. Isso ocorre pois a lei entende que o consumidor está em uma condição desigual em relação às grandes empresas e marcas.

Basicamente, essa situação é conhecida como a hipossuficiência do consumidor. Ou seja, ele possui menos acessos a recursos jurídicos, de informações e até de lutar pelos seus direitos.

Nesse sentido, veja abaixo mais sobre os 5 principais Direitos do Consumidor agora:

  1. Básico: vida e da saúde

Antes de mais nada, o consumidor tem direito a usar um produto e/ou serviço e manter a sua vida e saúde.

Em resumo, a integridade do indivíduo sempre deve ser preservada e mantida em primeiro lugar. Assim, se determinado item oferece riscos à saúde ou à vida do comprador, isso precisa ficar claro na embalagem e na venda em si.

  1. Educar o cliente

Além disso, é fundamental educar o cliente sobre o que ele está adquirindo. Desse modo, o consumidor deve receber todas as instruções corretas para usar um serviço ou produto.

As mensagens devem estar em letra legível e com um vocabulário acessível a todas as pessoas. Bem como, em caso de dúvidas, você precisa ter acesso ao número do SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) e a outros meios de contato com a empresa.

  1. Publicidade enganosa: isso é proibido

Sob o mesmo ponto de vista, segundo o artigo 67 do Código de Defesa do Consumidor, qualquer tipo de publicidade enganosa é crime.

Ademais, cláusulas abusivas, vendas casadas e publicidades coercitivas são totalmente proibidas.

Portanto, se você se deparar com esse tipo de informação, deve entrar em contato com órgãos de defesa do consumidor imediatamente.

  1. É importante fornecer informações corretas

Além disso, o consumidor tem o direito de obter informações corretas sobre o que está comprando e/ou consumindo.

Desse modo, é importante inserir todos os dados do item na embalagem, como: ingredientes, composição, prazos de validade, dentre outras informações pertinentes.

De maneira clara e direta, o consumidor precisa saber ao certo tudo o que está comprando. Bem como, precisa ter acesso a essas informações com facilidade.

  1. Filas de banco: precisam ter limite de tempo!

Atualmente, muitos municípios e estados possuem legislação sobre as filas de bancos. Dessa forma, pesquise e saiba quanto tempo uma fila pode durar no máximo aí na região onde você mora!

Como posso fazer valer os meus direitos?

Por fim, saiba que você pode fazer os seus direitos em órgãos de defesa do consumidor, tais como: Reclame Aqui e Procon.

Agora você já sabe quais são os principais Direitos do Consumidor. O que você achou do nosso post, já sabia desses direitos? Deixe o seu comentário no final da página e continue acompanhando o nosso portal!

Você sabe do que se trata Responsabilidade Civil? Então, antes de falar sobre o seguro, vamos começar explicando esse termo.

Responsabilidade Civil trata da obrigação em reparar danos que podemos ter causado a terceiros. Ela busca descobrir até que ponto uma pessoa pode ser considerada culpada pelo problema causado ao outro e qual a melhor forma de resolver isso. Normalmente essa situação se finaliza de forma monetária. 

Todas as nossas atividades podem, de alguma forma, causar prejuízos aos outros e, justamente por isso, o Seguro de Responsabilidade Civil define que quando isso ocorre de forma involuntária (podendo ter causado problemas corporais, de honra ou materiais a alguém) pode ser solicitado um reembolso.

Existem alguns seguros que já possuem essa cobertura em seu plano, mas saiba que ele também pode ser contratado sozinho, sem a necessidade de fazer parte de um outro pacote.

Vamos dar alguns exemplos.

Responsabilidade Civil dentro de outros seguros

Você já se envolveu em um acidente de automóvel? A indenização que pagamos para cobrir os danos causados a terceiros coberta pelo seguro de automóveis é uma das formas em que você encontra a Responsabilidade Civil.

E não é só nesse!

O seu seguro de casa também pode incluir essa cobertura, vinda na forma de Responsabilidade Civil Familiar. Pode parecer exagero, mas experimenta passar por uma situação onde seu cachorro morde um dos seus vizinhos ou do seu filho quebrar algo em uma visita ao shopping que logo você vai entender a importância de tê-lo a seu favor.

Há também, dentro do seguro patrimonial de empresas, a possibilidade de incluir a cobertura de Responsabilidade Civil do Empregador. E porque ela é importante? Bom, mesmo tendo recebido a indenização por invalidez do seguro de vida, nada impede que o funcionário processe a empresa em seguida. Com essa cobertura o patrimônio do empregador fica protegido, já que dispõe de ressarcimento, além de incluir gastos com advogados. Se a sua empresa é do tipo com riscos de acidentes, pode ser uma boa ideia colocá-la entre as disponíveis no seu plano de seguro.

Seguros de Responsabilidade Civil

Existem alguns tipos de seguros dentro desse tema e que são isolados.Vamos citar para seu conhecimento, caso tenha interesse em contratá-los.

Seguro de Responsabilidade Civil dos Diretores e Administradores: protege o patrimônio pessoal dos administradores e dos diretores. Como esses cargos demandam tomadas de decisão, eles ficam subordinados às leis brasileiras podendo ser responsabilizados de forma pessoal. Por isso é bom sempre ter um apoio em momentos delicados. E esse é um seguro que pode ser utilizado de forma retroativa, ou seja, cobrir casos anteriores à contratação desde que o processo ainda não esteja em andamento.

Responsabilidade Civil Profissional: caso um profissional cometa um erro que gere prejuízos, poderá acionar esse seguro para resolver a situação que vai desde uma tentativa de acordo. É claro que tentamos nos manter o mais longe possível de falhas, mas somos seres humanos e essas são coisas que podem acontecer.

Responsabilidade Civil do Produto: aqui vamos colocar para você uma situação hipotética para explicar a importância deste seguro. Digamos que sua empresa produz roupas e, de repente, um consumidor chega com a informação de que as peças que comprou desenvolveram nele uma alergia muito forte e pretende processar o seu negócio. Você pode pedir o reembolso dos valores devidos para a sua empresa.

Existem vários seguros específicos e ainda outros que também incluem a Responsabilidade Civil. 

É importante se lembrar de que as pessoas estão cada vez mais antenadas a seus direitos e buscam conquistá-las mesmo que precisem ir à justiça para isso, portanto, a Responsabilidade Civil se tornou um seguro de importância extrema para as empresas e uma forma muito boa de se evitar dores de cabeça.

Que tal já se organizar para contratar o seu seguro?

Fico em dúvida com as possibilidades existentes, não têm certeza se contrata dentro de um pacote ou ele de forma individual?

A Genova possui uma equipe preparada para te ajudar nesse processo de escolha e te indicar o melhor caminho para manter seu negócio protegido de todas as formas e pronto para enfrentar qualquer desafio. 

agencia-marketing-digital

Seu guia para o sucesso da agência

Então, você decidiu mergulhar no mundo da vida de agência digital – parabéns!

Como você certamente já sabe, iniciar (e crescer) uma agência de marketing pode ser um processo longo, doloroso, exaustivo – embora gratificante.

É por isso que elaboramos este guia definitivo para ajudar! ?

Abaixo, você encontrará dicas úteis, conselhos e recursos sobre como iniciar e expandir sua agência de marketing com sucesso. E se você é alguém que “esteve lá”, deixe-nos saber nos comentários se você tem alguma outra sabedoria para compartilhar.

Parte 1: primeiros passos e promoção

O básico

A sua agência deve ser ampla ou de nicho?

Uma das primeiras coisas que você deve considerar ao iniciar sua própria agência de marketing é o que exatamente você deseja oferecer aos seus clientes. ?

Muito parecido com quando as empresas de produtos estão tentando encontrar um mercado adequado para seus produtos, você precisa encontrar o mercado adequado para seus serviços.

E embora existam muitas agências de serviço completo por aí que criam um ótimo trabalho em uma variedade de disciplinas, é importante considerar a opção de ser um pouco mais específico ao começar.

Por quê? Porque se você puder mostrar aos clientes que pode fazer algumas coisas muito bem, em vez de tudo apenas com a metade da capacidade, você será um ativo muito mais valioso para eles. E sejamos honestos: se for apenas você ou uma pequena equipe trabalhando para sua agência, a última coisa que você vai querer é se esticar muito desde o início. ?

Você é ótimo em SEO? Designer de Web? Em gestão de mídia social? É melhor sentar e listar os serviços que você gostaria de oferecer, então realmente pense se esses serviços são ou não seus melhores ativos.

Saber sua experiência desde o início pode realmente ajudar no longo prazo. ?

As empresas às vezes podem se preocupar em ser muito nicho e perder clientes, mas pense nisso desta forma: se você oferecer alguns serviços realmente excelentes, terá clientes que precisam desses serviços e, por sua vez, você será fazendo o trabalho que você realmente deseja fazer (além disso, é um trabalho no qual você é ótimo).

“Topo da cadeia alimentar” ou subcontratado

Outra coisa a considerar no início é a quem você gostaria de oferecer seus serviços e como.

Tem interesse em trabalhar diretamente com o cliente final ou quer contratar os seus serviços para outras empresas que pretendam realizar projetos específicos? ?‍

Decidir isso logo no início ajudará a reduzir a confusão sobre a posição de sua agência na “cadeia alimentar”, por assim dizer, das empresas com as quais você trabalha. Além disso, ajuda você a se preparar melhor para os tipos de clientes que deseja procurar ao fazer prospecção.

Por exemplo, se você não vai trabalhar com clientes finais diretamente, é melhor fazer prospecção com grandes agências que não têm seu conhecimento específico interno.

Branding e identidade

Como um profissional de marketing, isso provavelmente é óbvio: você precisa de uma marca! ?

Mas para ser justo, às vezes pode ser mais fácil falar do que fazer. Especialmente no início, quando você tem um milhão de outras coisas com que se preocupar com seu negócio, sua marca às vezes pode cair no esquecimento.

Pode ser tentador se concentrar mais na marca de seus clientes do que na sua, mas tente evitar isso. ?‍

Você nunca iria a um cabeleireiro com o cabelo ruim ou a um dentista com os dentes ruins – então, por que alguém contrataria sua agência de marketing se você não se anuncia bem?

É importante fazer um nome para si mesmo em seu respectivo campo e ter uma marca que seja facilmente identificável e conte a história que você deseja contar. ?

A coluna cinco tem um ótimo guia passo a passo sobre a identidade da marca para lidar com isso de frente.

Presença no site e nas redes sociais

Provavelmente outro básico, mas igualmente importante, é sua presença online. Depois de ter uma identidade de marca, é hora de exibi-la! ✨

Se você não está necessariamente pronto para investir em um desenvolvedor da Web para construir seu site, existem algumas opções de autopublicação de baixo custo, como o Squarespace.

Para mídia social, certifique-se de proteger seus nomes de usuário e, se possível, torná-los consistentes em todos os canais. Não faz sentido ter sua conta no Twitter como @Marketing_Agency_Example se seu Instagram for @ example.marketingagency – você entendeu. ?

Além disso, esta é uma grande oportunidade para já começar a construir uma sequência. Depois de determinar os canais certos para você e sua agência, comece a interagir com outras contas!

Siga líderes de pensamento relevantes em sua indústria no Twitter, junte-se a grupos no Facebook com pessoas que pensam como você, faça tudo o que puder para participar da conversa.

Mostre seu portfólio

Seu trabalho anterior pode ajudar a demonstrar aos clientes em potencial que você é capaz de criar grandes coisas.

Certifique-se de destacar seu melhor trabalho de seu portfólio em seu site e canais de mídia social – embora, não torne seus canais de mídia social completamente autopromocionais. As conversas não são unilaterais, e isso também vale para as redes sociais. ?

O que funciona ainda melhor hoje em dia para as agências é fazer um blog sobre sua expertise e dar conselhos e opiniões sobre as coisas. Também é percebido como menos promocional – mais sobre isso em um momento.

coworking ribeirão preto

Nos últimos anos, o espaço de trabalho de escritório tradicional como o conhecemos começou a sofrer inúmeras mudanças e os escritórios de coworking surgiram como vanguarda para locais alternativos para passar o dia de trabalho. Com um número cada vez maior de pessoas optando por trabalhar fora do escritório, observamos o que torna um bom escritório de coworking e os benefícios que ele pode ter em nossa vida profissional.

Por que os escritórios de coworking funcionam?

Passar a semana toda sentado na mesma mesa em um escritório não é para todos – e, na verdade, muitas pessoas preferem a liberdade e a flexibilidade que as opções alternativas oferecem. No entanto, trabalhar em casa ou em espaços comuns como cafeterias tem suas desvantagens, pois os dois ambientes podem ser barulhentos, apertados e cheios de distrações. É aqui que entra o escritório de coworking; oferecendo aos trabalhadores uma pausa do cenário repetitivo do escritório, bem como a paz e a tranquilidade para fazer o trabalho sem distrações.

Os escritórios de coworking também aumentam a motivação, a produtividade e ajudam a criar um sentido de comunidade e pertença. Eles têm se mostrado ótimos lugares para fazer contatos e encontrar pessoas que pensam como você, com as quais você não teria a oportunidade de se conectar de outra forma. Além disso, para quem gosta de variedade, em vez de sentar na mesma mesa todos os dias, a capacidade de escolher entre trabalhar em um espaço de trabalho de plano aberto ou ficar em uma cabine privada durante o dia pode ser revigorante.

Por que os escritórios de coworking falham

Ocasionalmente, os escritórios de coworking falham – e isso pode acontecer por alguns motivos diferentes. Para começar, construir um escritório de coworking em um local onde não haja demanda suficiente para um pode ser uma mudança arriscada. Em cidades agitadas e agitadas, cheias de jovens profissionais, o escritório de coworking prospera, mas áreas escassamente povoadas têm menos probabilidade de atrair passos regulares.

Em seguida, o design do espaço em si pode fazer com que um escritório de coworking falhe – espaços mal projetados com mesas insuficientes, falta de espaço ou iluminação natural reduzida provavelmente não convencerão os visitantes a voltar uma segunda vez.

Finalmente, as amenidades e instalações são extremamente importantes para o sucesso de um escritório de coworking. Você nem sempre precisa oferecer futebol de mesa, aulas de ioga ou cerveja na torneira – mas as regalias e benefícios geralmente ajudam muito na criação e manutenção de uma clientela leal.

O que torna um bom escritório de coworking

Se você está pensando em experimentar um escritório de coworking, há vários fatores que você deve levar em consideração. Em primeiro lugar, a localização será a chave – escolha um espaço de trabalho que esteja convenientemente localizado e não demore muito para ir e voltar. Em seguida, observe as instalações – há uma boa conexão WiFi? Você precisará de equipamentos específicos ou salas de reunião durante o dia? Existem cadeiras e mesas adequadas para trabalhar? Finalmente, considere o que você acha atraente em um local de trabalho. Muitos escritórios de coworking oferecem vantagens como bebidas e lanches gratuitos e instalações de ginástica como incentivos extras.

No final das contas, suas próprias preferências e requisitos pessoais irão ditar quais escritórios de coworking são mais adequados para você – mas esperamos que este artigo tenha lhe dado uma ideia dos ingredientes necessários para fazer um bom. Mais em: Coworking Ribeirão Preto