As dietas de desintoxicação funcionam fornecendo ao seu corpo vários compostos naturais considerados necessários para a desintoxicação, como vitaminas, antioxidantes e outros nutrientes.

Depois de todos os excessos, é muito provável que seu corpo peça uma pausa: você se sente pesado, engordou alguns quilos, está cansado de comer sem parar… dieta consiste? É basicamente o plano que vai fazer você se sentir melhor e fazer com que todos os efeitos das férias desapareçam.

Os dias de diversão estão passando e nosso peso, inevitavelmente, vai aumentando pouco a pouco. Voltando de alguns dias de folga, é raro não se sentir inchado ou com uns quilinhos a mais. É por isso que a dieta desintoxicante ou purificadora tornou-se muito na moda como uma opção perfeita para compensar os excessos gastronômicos. Com este plano e essas dicas de alimentação para um peso saudável, você se sentirá novo novamente.

Certamente você já ouviu falar mais de uma vez sobre isso, mas você sabe em que consiste? A palavra “detox” vem de desintoxicação, ou seja, a ideia é facilitar, através da alimentação, que os órgãos do corpo que são responsáveis ​​por eliminar todas as toxinas, que são o fígado, rins e intestino, possam funcionar melhor. Com essa dieta, é possível descartar tudo o que o corpo não precisa e, como efeito colateral desejável, baixar a balança.

Mas cuidado, isso não precisa ser uma dieta radical. Existem algumas orientações para seguir esta dieta purificante ou desintoxicante de forma saudável e que vamos explicar a seguir, bem como dizer quais alimentos vão te ajudar nesse objetivo no início do ano para se sentir melhor do que nunca.

25 alimentos de desintoxicação que o ajudarão a se sentir bem

Antes de explicar como funciona uma dieta detox ou o que você deve fazer se quiser colocá-la em prática, vamos rever os alimentos perfeitos para uma dieta depurativa… Adicione-os à sua lista de compras! E continue lendo, abaixo vamos te contar qual a função que cada tipo de alimento tem no organismo.

Como funciona uma dieta detox o depurativa

Você está pensando em seguir uma dieta purificante para compensar os excessos cometidos durante as férias? É uma boa opção, especialmente porque você não precisa ser radical se seguir algumas dicas nutricionais.

Os nutricionistas recomendam aumentar os alimentos vegetais naturais para não passar fome, mas, ao mesmo tempo, fazer uma dieta purificante reduzida em gordura, proteína animal, conservantes, corantes e tudo que contenha produtos químicos. Ou seja, aqui os vegetais e as frutas serão seus grandes aliados para eliminar todas aquelas toxinas que seu corpo não precisa.

As dietas de desintoxicação funcionam fornecendo ao seu corpo vários compostos naturais considerados necessários para a desintoxicação, como vitaminas, antioxidantes e outros nutrientes. Alguns desses compostos naturais ajudam a eliminar toxinas aumentando a frequência com que você urina ou aumentando a fibra, o que nos faz ir mais ao banheiro.

Mas essas dietas de desintoxicação, em que sua dieta é praticamente baseada em frutas e vegetais, devem ter uma curta duração (não mais que uma semana). Também é muito importante comer entre 4 e 6 refeições por dia, respeitando ao máximo o café da manhã, que é o que nos permitirá começar o dia.

Benefícios da dieta detox: perca peso, desinfete o intestino e sinta-se melhor

Ao contrário do que você possa pensar, as dietas de limpeza não precisam ser restritivas. Além disso, você pode ingerir alimentos, como bananas, que não são permitidos em outras dietas.

Confira também: Morosil e seus benefícios.

A razão é que o teor de fibras e potássio de certos alimentos é mais importante do que seu valor calórico, pois são esses dois elementos que ajudam o fígado e o rim a fazer seu trabalho e eliminar o que sobra.

Quais são os benefícios da dieta detox? Os efeitos deste tipo de dieta purificante são muito visíveis em muito pouco tempo (lembre-se que a duração da dieta é muito curta), pois consegue eliminar a retenção de líquidos, inchaço do intestino, gases e outros sintomas irritantes que eles fazem parece que você tem mais peso do que realmente tem.

Os vegetais purificadores mais eficazes

Para começar, é importante saber quem são seus aliados. No que diz respeito aos vegetais, a alcachofra é um dos depurativos estrela: é diurética, regula o intestino e estimula a produção de bílis e o esvaziamento da vesícula biliar, tornando-se um excelente alimento para a eliminação de toxinas. Também tem pouquíssimas calorias!

Outros alimentos purificantes a ter em conta são o aipo, que tonifica o fígado; espargos, que é rico em potássio e favorece o trânsito intestinal; a cebola, com uma função diurética impecável; ou escarola, que além de tonificar o fígado, purifica mais do que outros vegetais e previne flatulência.

Esses alimentos purificantes podem ser consumidos crus, cozidos, em caldo, em infusão… Você tem muitas apresentações para não se cansar e varia seu cardápio todos os dias. Os vegetais, assim como as frutas, devem ser os principais protagonistas da sua alimentação nestes dias de dieta detox.

As frutas purificantes mais eficazes

Além de ter um potencial calórico muito baixo, as frutas são ricas em fibras, por isso se tornam uma excelente aliada para purificar o organismo. Entre eles resta o abacaxi, que é um alimento purificador perfeito. Destaca-se pelo seu teor de fibra e bromelina, que facilita a digestão. Além disso, é muito baixo em calorias: 85% dos abacaxis são água! Claro, é crucial tomá-lo natural em vez de em calda.

Outro alimento purificador e delicioso são os morangos, fonte antioxidante e também diurética, que facilita a eliminação do ácido úrico pela urina e purifica o fígado. A uva também é uma das nossas favoritas porque contém uma grande quantidade de potássio, que ajuda a eliminar o excesso de líquidos do corpo. Para purificar, o suco de uva em jejum é especialmente eficaz.

Para potencializar o efeito purificador, faça sucos naturais misturando várias frutas, como kiwi, laranja, abacaxi, maçã ou pêra. Sempre que puder, tome-os com polpa, com pele e, sobretudo, não adicione açúcar nem adoçantes.

Por fim, outra ótima ideia é fazer um suco de marmelo diurético. Isso ajuda a eliminar a retenção de líquidos, ajuda a controlar os níveis de ácido úrico e regula o trânsito intestinal. Além disso, o suco de marmelo pode ajudar a reduzir e regular a absorção de gordura no organismo, tornando-se uma ótima opção quando você volta de férias após alguns dias ou semanas de excessos.

Bebidas purificantes para eliminar toxinas do corpo naturalmente

Além de escolher certos alimentos, ao seguir uma dieta desse tipo, você deve escolher as melhores bebidas de limpeza. Adivinha o que é? A água é o líquido das estrelas. Ajuda-te a melhorar a digestão, satisfaz-te quando tens uma falsa sensação de fome e combate a retenção de líquidos.

Se tiver dificuldade em beber no mínimo o litro e meio recomendado, tome-o em infusões de cavalinha, alcaçuz ou erva-cidreira, dente-de-leão ou funcho. Eles são os mais recomendados quando falamos em purificar o corpo.

E também muito importante, enquanto você faz essa dieta purificadora, café, refrigerantes à base de cola e chá forte (não chá verde) são proibidos.

Menu tipo de una dieta detox o depurativa

Se você deseja criar um cardápio ideal para seguir sua dieta desintoxicante ou purificadora, tenha em mente estas dicas:

Sempre comece com uma salada.

Inclua brotos (soja, alfafa, trigo…) em seus pratos.

Tenha uma salada e apenas um prato principal.

Opte por vegetais (melhor folhas verdes e ligeiramente amargos, que são os mais purificantes), em vez de carne.

Cozinhe os alimentos com facilidade.

Escolha sempre pão, massa ou arroz nas suas variantes integrais, ricas em fibras, que o ajudarão a purificar o organismo, embora não devam predominar no seu menu.

Tome um iogurte com bifidus todos os dias.

Faça exercícios diários, mesmo que seja apenas caminhar. Se segue uma dieta detox mais radical (onde predominam os sumos). Evite esportes vigorosos, pois seu corpo se sentirá um pouco mais fraco do que o normal.

E depois da dieta, o quê?

É importante que, tanto antes de iniciar a dieta purificadora quanto depois de terminá-la, você não exagere nas hipercalóricas. Ou seja, você tem que preparar seu corpo tanto para receber esses alimentos mais leves e saudáveis ​​quanto para deixar de fazê-lo.

Uma vez que você se sinta melhor consigo mesmo, que não se sinta inchado e que recupere seu peso habitual após os excessos, reintroduza uma dieta variada gradualmente. Coma com a cabeça, compensando os excessos que você pode cometer em um jantar com seus amigos ou em uma farta refeição em família com um menu purificador no dia seguinte. Experimente também estes jantares leves para manter a forma, quando você pode até tentar fazer a dieta purificante um dia por semana ou a cada 15 dias, certamente ajudará você a se reconectar regularmente com seu corpo e manter a forma. É muito eficaz!

E, finalmente, não se esqueça da importância de praticar esportes. Se você comer de forma equilibrada e praticar esportes três dias por semana, você se sentirá bem por dentro e por fora. Se você ficar um pouco preguiçoso, aqui estão algumas músicas que irão motivá-lo ao máximo quando se trata de seguir em frente.

5 receitas de sopas para emagrecer

Sopas podem ser aliadas quando se trata de perder peso. De fato, há inúmeras receitas de sopas para emagrecer.

O consumo de sopa é frequentemente associado ao conceito de “emagrecimento”, algo que pode fazer sentido se algumas estratégias importantes em relação à composição das sopas forem seguidas.

Basicamente, a sopa consiste em legumes e vegetais cozidos em água. Você também pode adicionar gorduras, como azeite, no final do cozimento.

Outros ingredientes também podem ser adicionados aos vegetais, dependendo do sabor e do propósito de cada pessoa.

Além de todos os nutrientes que uma sopa lhe dá, se estiver bem equilibrada, também aumentará a quantidade de vitaminas e minerais em sua dieta, ajudará você a melhorar sua hidratação e, se consumida no início da refeição/jantar, pode aumentar a sensação de saciedade.

Em alguns casos, a sopa pode até substituir o prato principal.

Mas se você está preocupado com o seu peso e não quer ganhar peso, ou o que você realmente quer é perder peso, então a sopa é um prato interessante durante esse processo, e deve consistir apenas de vegetais, diminuindo assim a densidade calórica.

Vamos ver algumas dicas sobre os melhores ingredientes para adicionar em uma sopa, bem como 5 receitas de sopas para emagrecer.

Ingredientes a serem evitados em uma sopa quando o objetivo é perder peso

Quando carboidratos, como batatas, leguminosas ou até mesmo carne, são adicionados, o valor energético da sopa aumenta muito, e isso pode dificultar a perda de peso.

Então surge a pergunta: O que devo colocar na minha sopa quando meu objetivo é perder peso?

A sopa deve conter vegetais como:

  •          Abobrinha
  • ·         Abóbora
  • ·         Cebola
  • ·         Cenoura
  • ·         Repolho
  • ·         Alho-poró
  • ·         Alface
  • ·         entre outros

A quantidade de azeite deve ser controlada e adicionada quando a sopa já estiver cozida.

A carne não deve ser adicionada à preparação, pois aumentará a quantidade de gordura na sopa.

5 melhores receitas de sopas para emagrecer

Sopa de cebola

Ingredientes:

·         3 abobrinhas médias

·         3 cebolas médias

·         1 cenoura média

·         1 alho-poró médio

·         1 alho

·         1 colher de sopa de azeite

Preparação:

Corte a abobrinha, a cenoura e o alho-poró. Cozinhe-os em cerca de meio litro de água por 30-40 minutos.

Adicione o alho e misture bem.

Adicione a cebola e cozinhe até ficar translúcida.

Quando estiver cozido, adicione o azeite, desligue o fogo e sirva a sopa.

Sopa de espinafre

Ingredientes:

·         150g de abóbora

·         200g de espinafre

·         1 cebola

·         1 colher de sopa de azeite

Preparação:

Corte os legumes. Adicione meio litro de água e cozinhe por 30-40 minutos.

Misture e continue cozinhando por 2-3 minutos, adicione o azeite e sirva. Essa sopa de espinafre é uma das melhores sopas para emagrecer.

Sopa de cenoura

Ingredientes:

·         150g de abóbora

·         200g de cenoura

·         1 cebola

·         1 colher de sopa de azeite

Preparação:

Corte todos os vegetais. Adicione meio litro de água e cozinhe por cerca de 30-40 minutos.

Misture e cozinhe por mais 2-3 minutos, adicione o azeite e sirva.

Sopa de brócolis

Ingredientes:

·         150g de chuchu

·         100g de cenoura

·         1 cebola

·         150g de brócolis

·         1 colher de sopa de azeite

Preparação:

Corte o chuchu, a cenoura e a cebola. Adicione meio litro de água e cozinhe por 30-40 minutos.

Misture e cozinhe por mais 2-3 minutos.

Adicione o brócolis cortado em pedaços pequenos, adicione o azeite e sirva a sopa.

Sopa de gengibre e maçã

Ingredientes:

·         3 maçãs médias

·         100g de cenoura

·         100g de abóbora

·         1 cebola

·         Gengibre ralado

·         1 colher de sopa de azeite

Preparação:

Corte duas maçãs, as cenouras, a abóbora e a cebola. Adicione meio litro de água e cozinhe por 30-40 minutos.

Misture, adicione a terceira maçã em cubos e o gengibre ralado.

Adicione o azeite e sirva.

Conclusão

Há uma infinidade de receitas para deliciosas sopas, que você pode e deve adicionar à sua vida.

O consumo de sopa tem diferentes vantagens, tais como:

·         Melhora o trânsito intestinal, graças à presença de fibras em vegetais

·         A ingestão de líquidos aumenta, não apenas por causa da água usada para cozinhar vegetais, mas também por causa da presença de vitaminas e minerais neles.

·         Aumenta a sensação de saciedade

·         É um prato que é facilmente digerido.

·         É uma refeição barata e muito fácil de preparar.

Mas tenha cuidado! Você precisa de outros nutrientes, como proteínas e carboidratos, então você não deve se privar constantemente desses macronutrientes. Sopas para emagrecer precisam ser bem administradas junto com a dieta recomendada pela sua nutricionista.

O artigo de hoje foi feito em colaboração do site naoca.blog.br

Alimentos para emagrecer e diminuir o nível de açúcar

Uma saúde equilibrada é o sonho de todas as pessoas. Viver bem, de maneira saudável, é importante para o bem-estar e traz uma melhoria na qualidade de vida. Muitos fatores influenciam para se ter uma boa saúde!

Fazer atividades físicas regularmente contribui para uma vida mais saudável, reduzindo os níveis de estresse, melhorando as taxas do sangue e contribuindo para uma melhor saúde mental.

Além disso, praticar atividades físicas regulares com a ajuda de um profissional de saúde e de educação física pode ter bônus como melhoria na estética, não somente se restringindo aos benefícios internos da saúde.

Outros fatores que contribuem para se ter uma boa saúde é cuidar do sono. Dormir regularmente, geralmente oito horas por dia, como indicado, faz com que nosso corpo funcione melhor e nossa saúde seja beneficiada.

Por fim, se tratando do tema principal deste artigo, comer uma alimentação saudável influencia grandemente na nossa saúde para melhor. Além de fornecer os nutrientes necessários para o corpo, podemos eliminar taxas ruins com uma dieta equilibrada.

Ter o hábito de se alimentar seguindo uma dieta saudável e equilibrada ajuda no processo de emagrecimento, podendo também diminuir os índices de glicemia, colesterol e triglicerídeos no sangue. 

O emagrecimento e uma dieta saudável

Emagrecer é perder o excesso de gordura armazenada em nosso corpo. As gorduras são importantes reservas de energia para o nosso organismo, porém, abundantemente, tornam-se prejudiciais.

Quando estamos com excesso de gordura no nosso organismo, estas são armazenadas em partes específicas do corpo, fazendo com que o nosso peso aumente. Dai, surgem os problemas como viver acima do peso.

Para evitar que o nosso corpo tenha excesso de gordura, é importante se ter uma dieta saudável. Isso não significa se tornar radical na alimentação e cortar tudo, mas, consumir os alimentos de maneira adequada e somente o necessário.

Incluir no cardápio mais alimentos saudáveis, como frutas, legumes e verduras, pode trazer muitos benefícios para o corpo, inclusive ajudar no combate a doenças relacionadas aos maus hábitos alimentares.

Assim como também, evitar alimentos muito calóricos ajuda no emagrecimento. Quanto mais calorias consumidas, mais gorduras podem ser criadas no nosso corpo. É preciso ter cuidado com as chamadas “bombas calóricas”.

Além de ser um catalisador para a criação de gorduras no nosso corpo, esses alimentos muito calóricos podem contribuir para o aumento da glicemia, tornando nosso corpo propício a desenvolver diabetes. 

Saiba quais são os alimentos que ajudam a emagrecer e a diminuir as taxas de açúcar no sangue, também conhecidas como glicemia — ou índice glicêmico. 

E tem um artigo muito bom, que pode servir para você que são uma análise de umas panelas muito populares que ajudam na preparação de alimentos (panela red silver é confiável). Fica como recomendação.

Abacate

O abacate é uma fruta rica em gorduras boas, com múltiplos benefícios como ajudar a reduzir a pressão das artérias, diminuir o índice do colesterol, benéfico para a saúde do coração. 

Além disso, essa fruta ajuda a emagrecer e sua composição ajuda no combate a diabetes, diminuindo os índices de glicemia no sangue. Comer abacate é saudável, mas, em excesso, pode ser prejudicial para quem sofre de cálculos renais.

Brócolis 

Comer brócolis ajuda a diminuir as chances de desenvolver diabetes. Esse vegetal é rico em fibras, ajudando a diminuir as quantidades desse hormônio no sangue, diminuindo a glicemia e, consequentemente, as chances de ter diabetes.

Os brócolis também ajudam a emagrecer, pois, alimentos ricos em fibras aumentam a sensação de saciedade, fazendo com que a vontade de se alimentar diminua, evitando que exageros aconteçam

Espinafre

A verdura que conhecemos como espinafre é uma grande aliada no combate a pressão arterial. Além a de diminuir a pressão nas artérias, por ser rica em potássio, o espinafre contém minerais como o magnésio e o cálcio. 

Por conter cálcio, o espinafre ajuda a melhorar a saúde dos ossos. Mas, para quem quer emagrecer, a verdura contém agradáveis quantidades de fibras, que ajudam a diminuir os níveis de açúcar no sangue e aumentam a sensação de saciedade.

Aveia

Este cereal é um grande ajudante para quem quer perder peso e ver suas taxas de glicose no sangue controlado. A aveia é rica em fibras, especificamente a betaglucana, que aumenta a sensação de saciedade.

Isso faz com que o processamento da glicose no corpo seja desacelerado, não sobrecarregando o organismo, evitando que doenças como a diabetes seja desenvolvida.

Outros benefícios da aveia para a saúde são: diminuir os níveis de colesterol no sangue e os riscos de desenvolver infarto, acidente vascular cerebral e doenças no coração.

Chá-verde

O chá-verde auxilia diminuindo a vontade de comer doces. A efusão desta planta também ajuda na redução da absorção de açúcar pelo corpo, diminuindo a glicemia. Para emagrecer, a bebida contribui para a queima das calorias.

A perda de peso tomando o chá-verde também é resultado do seu poder de auxiliar na eliminação do excesso de líquidos no corpo. 

Chia

Os grãos de chia são ricos em fibras, ajudando na perda de peso por contribuir para o aumento da sensação de saciedade. Além disso, os níveis de absorção de açúcar pelo corpo são diminuídos com o consumo de chia.

O resultado de consumir chia é ter uma vida mais saudável, alinhada à perda de peso e ao controle das taxas de glicose no sangue.

Como fazer uma dieta saudável

Diante de tantas informações que são boas e animadoras sobre alimentos saudáveis que trazem tantos benefícios, somos tentados a passar a consumi-los em nosso cardápio e esperar os resultados.

Pois bem, antes de fazer qualquer dieta ou mudar radicalmente o cardápio, um nutricionista deve ser consultado. Esse profissional da saúde saberá indicar bem o que deve e o que não deve conter na alimentação de uma pessoa.

Além disso, é preciso estar ciente que muitas vezes, o resultado esperado pode ser tardio, principalmente quando estamos tratando de alimentação natural. Tudo deve ser feito e pensado respeitando o organismo.

Outra questão que deve ser considerada é que, não só por um alimento ser considerado saudável, que isso significa consumi-lo em excesso. Isso também é prejudicial à saúde. Aproveite com equilíbrio os alimentos aqui listados! 

Maneira de Emagrecer Rapidamente com Base na Ciência – Dicas

Para algumas pessoas o emagrecimento tende a ser algo difícil, tornando-se na cabeça de muita gente algo totalmente impossível. Hoje falaremos sobre algumas das maneira de emagrecer rapidamente com base na ciência.

Então se você cansou de fazer dietas que encontra na internet, fazer exercícios físicos puxados demais que nunca mudam nada no seu corpo ou até fazer jejum intermitente. Com este artigo saberá uma forma de emagrecer comprovada cientificamente.

 muita gente ainda pensa que emagrecer se trata apenas de passar fome durante o dia inteiro, comendo muito pouco ou adotando uma série de exercícios físicos cansativos demais para o cotidiano, mas na prática não é isto.

O emagrecimento é um processo que leva consigo uma série de fatores que irão determinar o resultado final do seu corpo, portanto, buscar por uma maneira de emagrecer rapidamente com base na ciência pode ser essencial.

Sendo assim, se você quer saber exatamente o que fazer para emagrecer de acordo com a ciência e tudo o que você precisa mudar na sua rotina para que tenha resultados, durante este artigo daremos algumas dicas, confira!

Antes de tudo:

Quando falamos sobre emagrecimento, é válido também mencionar que algumas dietas das que vemos na internet raramente podem funcionar, o que grande parte delas pode causar é a falta de nutrientes para o nosso corpo, gerando alguns problemas de saúde.

Se for o caso de fazer uma dieta, não hesite em procurar um nutricionista para que possa lhe auxiliar em tudo o que você precisará comer para atingir algum resultado com o seu emagrecimento, assim, fará de uma forma totalmente segura.

Quando falamos de uma maneira de emagrecer rapidamente com base na ciência, não estamos falando de dietas malucas e nem de mudanças radicais em seus hábitos. Estamos falando de algo tangível, algo que você possa realmente fazer.

De fato, fazer algum tipo de dieta pode ser interessante, mas é importante ter acompanhamento profissional antes de tudo.

Corte carboidratos:

De acordo com a ciência, uma ótima maneira de perder peso é cortando os carboidratos refinados e o açúcar. Diversas pesquisas sugerem que uma dieta low carb é capaz de reduzir o apetite, mas apenas quando trocamos os carboidratos refinados por integrais.

É importante ressaltar que cortar todos os carboidratos por inteiro pode causar diversos problemas de saúde, levando também ao efeito sanfona e aumentando a dificuldade em manter o peso.

Reduzindo o consumo dos carboidratos refinados como a farinha branca, pão, macarrão e entre outros, os níveis de fome podem ser reduzidos, o que faz com que você tenha que consumir menos calorias e queimar a gordura armazenada no lugar dos carboidratos que foram consumidos.

Alguns estudos realizados em 2019 relacionar os menores índices de massa corporal com os alimentos integrais. Logo esta é uma ótima maneira de emagrecer rapidamente com base na ciência.

Aposte nas proteínas:

Durante o processo de emagrecimento que, a proteína tem que ser uma das suas melhores amigas porque de acordo com alguns estudos, ela ajuda a manter a saúde dos músculos enquanto perdemos peso.

Já foi provado que o consumo de uma quantidade adequada de proteínas é capaz de melhorar fatores cardíacos de risco, melhorar o seu apetite e até mesmo atuar na redução de triglicerídeos, pressão arterial e até mesmo a circunferência da cintura.

Vamos prestar atenção em qual é a quantidade correta de proteínas para se ingerir. Segundo o Internacional Recommended Dietary Allowance, o consumo ideal, de modo geral é de 0,8g por quilo corporal.

No entanto, este é um número que pode variar de acordo com as necessidades de cada pessoa, por isso é importante a presença de um nutricionista em sua vida caso queira emagrecer de maneira saudável. Algumas fontes de proteína são:

  • Carnes como frango, bife e porco;
  • Peixes e frutos do mar tais como salmão e camarão;
  • Ovos;
  • Grãos como feijão e quinoa;
  • E até mesmo Tofu.

Comer legumes e vegetais:

Quem nunca ouviu de seus pais que comer legumes e vegetais faz bem?! Acredite, eles não estavam errados quando te disseram isto. Uma maneira de emagrecer rapidamente com base na ciência, é justamente o consumo destes alimentos.

Para isto você deve preferir vegetais com a folhagem mais escura, porque são importantes para o processo de perda de peso. Isto acontece porque eles são totalmente ricos em nutrientes e podemos consumir uma porção maior sem aumentar demais o número de carboidratos e calorias.

Você deve preferir vegetais como: Brócolis, couve-flor, espinafre, tomate e pepino.  vale a pena mencionar também e a gordura não é o grande inimigo do emagrecimento e da saúde.

Leia também: Panelas red silver.

Consumir gorduras boas:

Quando estamos buscando o emagrecimento, é importante que consumamos gorduras boas. Desta forma é possível que tenhamos uma alimentação balanceada, independente do nosso plano alimentar.

Devemos consumir alimentos como azeite de oliva e óleo de abacate, que são ótimas opções para inserir no nosso plano alimentar. Devemos usar com moderação gorduras como manteiga e óleo de coco, porque são gorduras saturadas e podem causar problemas cardiovasculares.

Fazer exercícios físicos:

Acredite se quiser, este não é um requisito para que o processo da perca de peso aconteça, no entanto pode ajudar a acelerar o mesmo, além de trazer diversos outros benefícios para a nossa saúde.

Uma maneira de emagrecer rapidamente com base na ciência é a prática de exercícios físicos. O levantamento de peso é um dos exercícios mais indicados porque com ele você consegue queimar calorias e manter o seu metabolismo acelerado.

Mas você não precisa ir para academia sempre, a recomendação é que você vá de 3 a 4 vezes na semana para pegar peso, mas antes disso não esqueça de consultar um profissional antes de tudo para ter um acompanhamento melhor.

Se você não pode ir até a academia, em casa você pode fazer exercícios de cardio e aeróbico que são ótimas opções para o emagrecimento. Nestas categorias se encaixa uma caminhada, andar de bicicleta e até mesmo a fazer polichinelos.

Então não existem desculpas para que você não pratique atividade física para emagrecer dentro da sua casa. Esta é uma das melhores maneira de emagrecer rapidamente com base na ciência.

Fazer uma dieta não é exatamente a coisa mais divertida do mundo. Principalmente quando estamos falando de uma situação que para a maioria das pessoas significa lutar contra uma vida de maus hábitos. Entretanto algumas dicas para ter sucesso em dietas costuma vir a calhar.

Sem dúvida nenhuma correr uma maratona não é fácil. Mas correr uma maratona descalço ou mesmo com uma pedra acorrentada a você é realmente pior.

Então, o melhor que podemos fazer neste caso é realmente nos livrar dos principais problemas que vamos encontrar, assim como conseguir ajuda em todas as fontes possíveis.

Só desse jeito você realmente terá capacidade para resolver a maioria dos problemas que encontramos no dia a dia. Inevitavelmente atrapalhando nossas condições de manter uma rotina.

Hoje separei não uma, nem duas, mas 3 dicas para ter sucesso em dietas. Deste modo acredito que você estará preparado para encarar situações realmente complicadas do dia a dia.

Vamos conferir?

3 dicas para ter sucesso em dietas!

Antes de mais nada é importante dizer que estas dicas são para te ajudar a ter sucesso em uma dieta já estabelecida. Aqui não é o local para você montar a sua dieta em si.

O ideal é ter o acompanhamento de um endocrinologista e ao menos um nutricionista. Quando é possível ter ambos, melhor ainda.Eles são as pessoas que irão conseguir te orientar perfeitamente sobre o que você deve ou não utilizar para ter sucesso em uma perda de peso ou mesmo reeducação alimentar.

Claro, se alguma coisa que for indicada aqui estiver de encontro a uma recomendação médica, é necessário abandonar imediatamente o que você está fazendo e seguir o que foi orientado.

Cursos online de introdução a conteúdos sobre dietas também podem auxiliar, mas em se tratando deste assunto é bom pesquisar bastante.

Nem todo mundo é igual, e assim é importante ter em mente que você pode ter uma limitação ou facilidade que outros não tem. Até mesmo é crucial que você entenda isto e avise seus orientadores para evitar problemas.

Dito isto, vamos lá!

1 – Prepare as refeições com antecedência

Um dos grandes desafios quando se faz dieta é realmente se conter por conta do trabalho envolvido na criação de uma dieta. Assim é importante que você observe leis bem estruturadas.

Como por exemplo a necessidade de se evitar contato com o preparo da comida enquanto se está com fome. Deixe-me explicar.

Quando você está com fome tudo parece mais apetitoso do que o normal. Assim como a fome costuma empurrar todo mundo a comer bem mais do que o necessário.

Então o que você deveria realmente fazer é deixar tudo pronto. Até porque comida saudável normalmente leva um tempo a ser feita.

Por isso, se seu trabalho for só esquentar você terá menos tentações de simplesmente pegar alguma coisa que faz mal à saúde, mas de rápido preparo.

Isto também permite medir as porções da maneira correta e mais fácil.

Comer devagar também é essencial para que você se sinta mais saciado e aproveite melhor os alimentos.

Quando se demora demais para fazer a refeição no horário isso pode acabar realmente 

2 – Durma de maneira adequada

Parece estranho este fato, já que normalmente o recomendado junto a dietas é fazer exercícios. Mas a verdade é que descansar é realmente um dos pontos mais importantes de todo o processo de adaptação a um estilo de vida saudável.

Entenda, é durante o sono que nós temos a capacidade de finalmente repor vários dos hormônios necessários do dia a dia. Assim como é a saída para quem realmente deseja melhorar o desempenho em seu metabolismo.

O sono é muito mais do que um descanso muscular, ele prepara seu corpo para aguentar um novo dia. Deste modo é parte crucial da saúde da pessoa nestas novas condições.

Entretanto é importante saber que não estou falando em dormir de qualquer jeito. Para se ter resultados de verdade é importante que você consiga dormir ao menos 8 horas por dia.

Importante: estas horas devem ser feitas de maneira contínua. Ou seja, não adianta simplesmente dormir 6 horas à noite e depois mais duas horas no meio do dia.

Isto irá impedir ciclos importantes de restauração do sono e realmente não irá te proporcionar o que você precisa.

Mas o que isto tem a ver com sucesso na dieta?

Bom, em partes irá te ajudar no controle emocional, o que é excelente para quem está tentando vencer maus hábitos antigos. Assim como ajuda você a perder peso mais rápido.

3 – Mantenha um controle moderado

O maior inimigo da dieta costuma ser a ansiedade. Muitas pessoas querem tanto ver resultados de maneira rápida que acabam simplesmente se pesando várias vezes ao dia. Isto é realmente um problema.

É importante que você entenda que existem vários valores que se alteram durante o dia no seu peso. A retenção de líquido e mesmo as refeições podem fazer variações realmente consideráveis.

Então simplesmente se nivelar com o avanço do dia é um pouco problemático.

Por isso procure se pesar na média uma vez por semana. Se possível use uma balança digital dentro da sua casa. Faça a medição também sem roupa.

Assim é mais certo de que você conseguirá realmente ter uma noção do que está acontecendo.

E lembre-se, nosso peso não é só constituído de gordura. Então se você está realmente preocupado em perder peso, mas faz exercícios resistivos, é normal que esteja com sua medição empacada.

Isso não significa que você está sem perder nenhum peso, significa na verdade que você simplesmente está ganhando músculos no lugar da gordura. O que é algo realmente excelente para a sua qualidade de vida.

Ganhar mais massa magra também irá permitir que você melhore seu metabolismo. Assim você acaba acelerando ainda mais o processo de emagrecimento.

Conclusão

O processo de perda de peso não ocorre do dia para a noite. Realmente existem alguns problemas que podem aparecer no caminho.

Mas o que realmente faz a diferença é ir adotando bons hábitos aos poucos. Assim como fazer o seu melhor para nunca desistir. Pesquisar, estudar e se aprimorar através de cursos online é recomendado também.

Não dá para se corrigir uma vida de problemas e excesso de maneira instantânea. Porém fazer uma dieta adequada é realmente recompensador.

No mais é isso, qualquer dúvida é só chamar!

Gostou dessa postagem do nosso blog? Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Gordura da barriga: mais do que superficialmente

Um fato sobre a gordura do estômago que você deve saber é o seguinte: não é apenas aquela camada macia logo abaixo da pele – o tipo que você pega para ver se consegue “beliscar um centímetro”.

Gordura visceral é o nome do tipo que se encontra no fundo do seu torso. Ele se acumula ao redor de seus intestinos, fígado e estômago. Ele também pode alinhar suas artérias.

E pode ser arriscado para sua saúde. Mas você não precisa de dietas ou exercícios especiais para perdê-lo – apenas hábitos saudáveis.

Quais são os riscos para a saúde?

Não se trata apenas do número na escala. Os pesquisadores acreditam que a quantidade de gordura profunda ao redor da cintura é uma medida melhor para saber se você está sob risco de ter sérios problemas de saúde do que seu peso ou IMC (índice de massa corporal).

Não só a gordura da barriga pode deixar seu jeans muito apertado, mas muito disso pode significar que você tem mais probabilidade de obter:

  • Diabetes
  • Doença hepática gordurosa
  • Doença cardíaca
  • Colesterol alto
  • Câncer de mama
  • Pancreatite

O que significam as medidas da cintura

Você não pode dizer quanta gordura visceral você tem apenas medindo sua cintura. Isso ocorre porque a gordura próxima à superfície da pele (chamada de gordura subcutânea) também faz parte da sua circunferência.

Mas sua fita métrica pode lhe dar uma dica se você pode acabar com problemas de saúde relacionados à gordura da barriga.

Para as mulheres, medidas de cintura acima de 35 polegadas podem levantar uma bandeira vermelha. Para os homens, é de 40 polegadas.

É a primeira gordura a ir

Aqui está um fato feliz: a gordura visceral é o primeiro tipo que você perde. E para fazer isso, você precisa se mover. Seu treino não precisa ser complicado.

Você pode caminhar rapidamente por uma hora por dia. Em uma esteira, você pode definir a inclinação mais alta para aumentar o metabolismo. Se você se sentar muito, encontre maneiras de se mover.

Defina um cronômetro no telefone para lembrá-lo de se levantar a cada meia hora ou mais. Ou experimente uma mesa em pé e agache-se enquanto trabalha.

Fidgeting Counts

Você fala com as mãos? Toque seus pés para melodias? As pessoas acham que você é um pouco hiperativo? Tudo bom.

Ficar inquieto pode não ser “exercício” e não vai construir músculos ou resistência. Mas conta como atividade e queima calorias. Então, da próxima vez que alguém disser que você se inquieta demais, você pode dizer que está queimando a gordura da barriga.

Vinagre de maçã não ajuda

O vinagre de maçã tem muitos usos inteligentes. Reduzir a gordura da barriga provavelmente não é uma delas, embora as dietas da moda possam dizer isso.

O líquido picante vem de maçãs que são esmagadas, destiladas e fermentadas. Algumas pessoas pensam que o ácido acético que contém pode melhorar a saúde de algumas maneiras.

Estudos em animais mostraram um vislumbre de esperança de que isso possa ajudar a queimar a gordura visceral. Mas não há evidência científica de que tenha o mesmo efeito nas pessoas.

Não culpe a cerveja

A cerveja geralmente leva a marca de uma barriga atarracada – daí o termo “barriga de cerveja”. Estudos sugerem que é um pouco mais complicado do que isso.

O material espumoso tem muitas calorias. Isso pode fazer você ganhar peso. Mas isso não faz necessariamente com que a gordura se acumule em sua cintura.

Um culpado mais provável? Refrigerantes e outras bebidas adoçadas. Algumas pesquisas sugerem que o açúcar pode aumentar a gordura da barriga.

Troque refrigerante por chá verde

Para reduzir a gordura da barriga, seja esperto quanto à sua dieta – coma porções razoáveis, muitos vegetais e pouca comida lixo. E em vez de refrigerante, considere o chá verde.

Alguns estudos sugeriram que as catequinas, antioxidantes encontrados no chá verde, podem ajudar (um pouco) a queimar a gordura visceral. Os resultados estão longe de serem certos.

Mas uma coisa é certa: substituir o chá por bebidas açucaradas economiza calorias. Só não carregue com mel ou açúcar.

Os fatos sobre o óleo de peixe

O óleo de peixe há muito é considerado um suplemento saudável para o coração.

O FDA aprovou recentemente um medicamento feito de óleo de peixe para ajudar a controlar os triglicerídeos, uma gordura encontrada no sangue.

Mas para estourar a gordura da barriga? Não muito. Um estudo com homens com sobrepeso que tomaram suplementos de óleo de peixe não encontrou nenhuma alteração na gordura do estômago.

Gordura da barriga e seus ossos

Por muito tempo, os médicos pensaram que o peso extra poderia ajudar a manter seus ossos fortes e protegê-lo de fraturas.

Mas pesquisas mostram que isso não é necessariamente verdade, pelo menos no que diz respeito à gordura visceral. Um estudo descobriu que homens com mais gordura da barriga tinham ossos mais fracos.

Outro estudo analisou mulheres que ainda não haviam passado pela menopausa. Ele descobriu que aqueles com mais gordura abdominal tinham densidade óssea mais baixa, um sinal de alerta de osteoporose.

Seguindo essas dicas pontuais, o restante de seus objetivos se tornam fáceis, como emagrecer rápido.

E então, ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje?

Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Revisão completa do suplemento para cabelo e unhas pill food. Veja como funciona, como usá-lo corretamente, a versão da turbina e onde comprar a fórmula original. Certifique-se de ver as histórias com os resultados no final do artigo.

O Pill Food é um suplemento utilizado para fortalecer as unhas e os cabelos.

Além de ter efeito semelhante na pele, atua como um hidratante e melhora a saúde da pele.

Existem dezenas de coisas que você precisa saber sobre a pílula alimentar. Neste artigo vamos entender tudo sobre este suplemento nutricional.

Se ele engordar, como funciona no corpo, como deve ser usado.

Se você estiver interessado em saber mais sobre a pílula alimentar, continue lendo.

Composição da Pill Food: 

Vitamina E, biotina, pantotenato de cálcio, hidrolisado de proteína, colágeno, metionina, cistina e cisteína.

O que é a Pill Food?

É, como já foi dito, um suplemento alimentar. Em sua composição estão vitaminas, aminoácidos e esta poderosa combinação tripla de compostos transforma esta pílula em algo altamente cobiçado, ajuda a diminuir a queda de cabelo e ainda pode revitalizar o couro cabeludo.

É válido dizer que a Pill Food também auxilia no crescimento de fios bonitos e sedosos.

Para que serve?

A biotina está presente em sua fórmula, responsável por promover o crescimento dos fios, assim como existe a riboflavina que dá força e vitalidade aos fios. O pantotenato de cálcio, que também está na fórmula, é considerado a “vitamina da beleza” e pode revitalizar unhas e cabelos. Também existe colágeno com vitamina E, que estimula a produção de queratina e inibe a formação de pontas duplas.

Como usar Pill Food

Para tomar este suplemento é bom consultar um médico. Se o tratamento for recomendado, tome dois comprimidos por dia. Um pela manhã e outro à noite.

É importante observar que se você deseja encerrar o tratamento, diminua gradativamente as doses.

Se você parar de tomar a pílula alimentar abruptamente, pode ocorrer um choque no corpo.
Quando há uma interrupção abrupta de um tratamento, podem ocorrer perda de cabelo e outros resultados inesperados.

Não se esqueça de fazer acompanhamento médico durante o tratamento, como dermatologistas e nutricionistas. Isso pode melhorar muito a duração do tratamento.

Duração do tratamento

O tempo limite de tratamento é de 3 meses, se for maior é possível que ocorram efeitos colaterais. Quando você parar de tomar o suplemento, certifique-se de ficar sem usá-lo por um tempo, isso mudará muito o ritmo do seu corpo e evitará problemas de saúde.

Ao consumir um suplemento é necessário consultar um médico antes.

Ele pode pedir para manipular o remédio em uma farmácia de manipulação, e para isso precisará de uma receita.

Não se esqueça que uma manipulação pode ser mais barata do que uma pílula alimentar vendida em outro lugar.

A Pill Food realmente funciona?

Sim, podemos dizer que este suplemento realmente funciona. Várias mulheres já afirmaram que seus cabelos ficaram mais resistentes com a pílula e também há casos de mulheres que sentiram a pele mais rejuvenescida por causa desse produto.

Pois bem, é uma garantia de que funciona. Além desses objetivos mais comuns, também acontece que as unhas tenham uma aparência melhor, as unhas aumentam seu crescimento e se tornam mais resistentes. Pessoas com unhas mais quebradiças já afirmaram que o pill food funciona.

A Pill Food então é funcional e eficaz, e apresenta resultados não apenas em uma área.

Contra indicações

Este é um composto suplementar com uma fórmula bastante comum em alimentos, por este motivo não existem contra-indicações ao uso deste produto.  

Quem deseja adquirir este produto pode iniciar o tratamento. Mulheres grávidas e lactantes podem tomar a pílula sem problemas. Por ter uma fórmula balanceada que remete à própria dieta alimentar, o suplemento não engorda quem o ingere, porém, como todo cuidado é pouco, se sentir alguma indigestão ou algum outro sintoma, é melhor reduzir a dosagem. Por esse motivo, também é importante ter um médico acompanhando você durante todo o tratamento.

Um ponto importante é lembrar que, quando ingerimos um suplemento, pode ocorrer hipervitaminose, isso nada mais é do que a saturação do corpo com alguma vitamina, a hipervitaminose tem seus sintomas e pode causar problemas de saúde, portanto, tome cuidado ao tomar um suplemento por mais de 3 meses.

Resultados

Uma das maiores questões quando se trata de pílula alimentar é: quanto tempo leva para os resultados aparecerem? Geralmente leva cerca de 3 meses para o cabelo atingir a resistência máxima com a pílula alimentar.

Portanto, é importante tomar o suplemento apenas durante esse período. Após três meses o resultado já terá ocorrido e é hora de finalizar o processo. Muitas mulheres recomendam fortemente o uso deste suplemento. Só que é importante ingerir com os cuidados necessários.

O que você precisa saber antes de consumir

Por ser um suplemento dietético, a Pill Food não contém bolhas medicinais. Portanto, é necessário pesquisar bastante o produto antes de consumi-lo. Em sua composição encontram-se aminoácidos, nutrientes e essências protéicas para a saúde dos cabelos, pele e unhas. Claro, também existem componentes que funcionam apenas para dar a liga em suas cápsulas.

É possível encontrar todos os nutrientes deste suplemento em uma dieta balanceada. Ele foi criado justamente para ajudar as pessoas que não conseguem manter uma alimentação regular e saudável.

Este suplemento passou por uma atualização, digamos assim, e agora tem mais potência e eficácia.

Em sua nova versão, dois outros nutrientes são adicionados, sendo eles: silício orgânico e enxofre orgânico.

Um tem a função de reposição capilar e o outro tem a função de fortalecer os fios, ortanto, quando for comprar o produto, consulte a versão do mesmo suplemento que deseja.

Se quiser com a nova fórmula ou com a antiga.

Preço e onde comprar o original

Para adquirir este produto deverá procurar em lojas especializadas. O produto com a nova fórmula é muito mais fácil de encontrar em locais especializados em saúde e beleza.

As lojas também podem ser encontradas na Internet, caso você queira fazer a compra online.

O preço desse produto varia de 50 reais até a versão da pílula alimentar turbinado com 60 cápsulas. A versão normal custa R$26,00 o frasco com 60 cápsulas.

Com este treinamento queimar mais calorias a cada vez que você trabalha seus músculos abdominais, ajudando a reduzir a gordura da barriga mais rapidamente.

Faça estes exercícios como rotina de exercícios aeróbicos, como complemento de um treinamento de força até 4 vezes consecutivas por semana, para obter resultados six-pack com suplementos emagrecedores a base de colágeno hidrolisado como colastrina e outros.

E, é claro, não se esqueça de acompanhar o treinamento de uma dieta saudável e equilibrada, para obter melhores resultados.

Exercício 1: homem-Aranha com salto

Ativa seus músculos abdominais e queima algumas calorias extra com este exercício de cardio que simula estar escalando”. Começa com os pés juntos e os braços estendidos acima da cabeça. Começa a fazer os movimentos sem se deslocar do site: separa bem os joelhos e, enquanto carrega para cima joelho direito, acompanhando do braço direito. Em seguida, repete-se o mesmo com as pontas esquerdas.

Alterne os lados o mais rápido possível em um máximo de 60 segundos. Se achar muito complicado, começa apenas com o movimento de pernas, já que os abdominais também têm que trabalhar duro para trazer os joelhos para os lados do tronco.

Exercício 2: Squads

Este exercício dinâmico centra-se na parede abdominal e os oblíquos, ao mesmo tempo em que mantém o ritmo cardíaco elevado. Começa com uma postura de ferro, com os pés juntos, os ombros, sobre as mãos, e contraindo o abdômen.

Realiza um salto mantendo os pés juntos, para o joelho direito, a cada vez que você gira os joelhos para o mesmo lado. Rapidamente, volta para a posição inicial com um salto (isso é uma repetição) e repita alternando de um lado e do outro, um total de 20 vezes.

Se estiver muito difícil, em vez de saltar com os pés juntos até onde está cada mão, pisa rápido primeiro com um pé, e depois com o outro, até que esteja preparado para fazê-lo completo.

Exercício 3: Kickboxing – mãos ao joelho

Este movimento inspirado no kickboxing ajuda a reduzir e fortalecer a linha da cintura, mantendo o ritmo cardíaco, na zona de queima de gordura. Fique de pé sobre a perna esquerda, com a perna direita estendida para o lado e faça um leve toque do pé direito contra o chão, cada vez que estende os braços por cima da cabeça.

Com o abdômen contraído, dobre o joelho direito e leve-a para o seu ombro esquerdo, uma vez que baixas os braços para depositar as mãos sobre a coxa direita. Rapidamente, volta para a posição inicial e repete o mais rápido possível, durante 30 segundos, e depois muda de lado, e repete-se por mais 30 segundos.

Você quer fazer isso mais difícil? Faça o mesmo, mas com um salto, de forma que até mesmo incrementas ainda mais o ritmo cardíaco para obter uma maior queima de gordura.

Exercício 4: Saltar em uma perna

Essa variação do exercício de sapo é um desafio cardiovascular adicional para os músculos abdominais, que só consiste em remover uma perna.

Começa com a posição de prensa e dobre o joelho direito, cerca de 90 graus, levantando para o telhado o pé direito. Flexiona a perna esquerda e salta com o pé esquerdo em direção ao centro, levando ambos os joelhos para o peito, mas mantendo o pé direito no ar. Com um salto, volte à posição inicial. Isso é uma repetição.

Faça 10 repetições o mais rápido possível e depois muda de pé e faça outras 10 repetições. Se estiver muito difícil, faça o sapo tradicional, com os dois pés juntos, até que você se senta com força suficiente para fazer esta variante.

Exercício 5: Combo boxer

A rotação do corpo a um ritmo acelerado, seguido de um movimento de agachamento, ou seja, no que consiste este exercício, é uma forma de esgotar abdominais enquanto aceleras o bombeamento de seu coração ao mesmo tempo.

Começa colocando os pés a uma distância ligeiramente mais larga do que os quadris, com o pé esquerdo frente e a direito para trás. Dobre as cotovelo, e com as mãos, com os punhos fechados e a altura do queixo, lança um golpe com o braço esquerdo à altura do ombro, girando a palma da mão para baixo (evite bloquear o cotovelo).

Depois, volte imediatamente o braço à posição inicial e faça o mesmo com o braço direito, mas desta vez, levanta um pouco o calcanhar direito no chão, como se pivotaras sobre ele, e ele acompanha o golpe com uma rotação de quadril.

Volte para a posição inicial, e rapidamente ponte de cócoras, mantendo os braços em guarda e com a coluna reta e os joelhos atrás dos dedos dos pés. Isso é uma repetição. Repita quantas vezes puder durante 30 segundos, e depois muda de lado e repete, desta vez com a rotação do quadril para o outro lado.

Exercício 6: Ferros com chute lateral

Constrói agilidade e coordenação com este exercício que combina cardio e força para seus abs. Ponha-se em posição de ferro, contraindo o abdômen. Mova o pé esquerdo para fora, de forma que a ponta do pé, olhe para a parede que fica à sua esquerda, e depositar o peso de seu corpo e gira sobre ele, uma vez que sua perna direita, passa por baixo e acabou dando um chute para a esquerda.

Para isso, você terá que levantar a mão esquerda do chão. Volte para a posição inicial, mantendo sempre os abdominais apertadas.

É um pouco complicado de entender, não? Por isso melhor, veja o vídeo. Apesar de que no filme, repita o exercício para o mesmo lado algumas vezes, nós iremos alternando de um lado e outro, até um total de 10 repetições para cada lado. Faça-as o mais rápido que puder.

Exercício 7: Jumping jack para cima e para baixo

Os famosos saltos, levados a outro nível, literalmente. Fique de pé com os pés juntos e os braços para os lados. Dobre os joelhos e coloque rapidamente em cócoras no chão, colocando as mãos na linha abaixo dos ombros e com um salto, ao mesmo tempo, solta as pernas para trás, em posição de prancha.

Mantenha os abdominais apertadas e, com um salto, sem abandonar a postura, abre e fecha as pernas 4 vezes. Em seguida, com outro salto, sobre os pés, as mãos.

Repete-se tantas vezes quanto você pode em um minuto.

Fonte para mais exercícios e saúde: https://www.canalminassaude.com.br/

Quase tudo o que você tem que fazer é esses 3 passos:

  1. Eliminar os alimentos ricos em hidratos de carbono.
  2. Comer proteínas, gorduras e vegetais.
  3. Exercício 3 a 4 vezes por semana (opcional, mas recomendado).

No entanto, há algumas outras dicas que podem ser úteis se você quiser acelerar as coisas ainda mais. Nenhum destes são contos de velhas; todos eles têm evidência científica que os apoia.

Dicas para ajudar

Beber água, café, chá: satisfazer sua sede com água. Se você é tomador de café, de chá, em seguida, pegue tudo o que quiser já que ambos podem aumentar ligeiramente o seu metabolismo.

Use pratos menores: Os estudos demonstram que a gente come menos automaticamente quando usados em pratos mais pequenos. É estranho, mas funciona.

Dormir como um bebê: A falta de sono está associada com o aumento de peso e a obesidade, cuidar do seu sono é importante.

Reduzir o stress: Estar estressado pode elevar a hormona do stress, o cortisol, o que pode causar o acúmulo de gordura na barriga.
Um bom sono e a redução dos níveis de estresse também podem ajudar a prevenir os desejos, o pior inimigo da dieta.

É muito importante seguir as três regras, mas há algumas outras coisas que você pode fazer para acelerar as coisas.

Você vai se tornar uma “Besta Queimadora de Gordura”. Você pode esperar para perder de 3 a 5 kg de peso (às vezes mais) na primeira semana, haverá, então, uma perda de peso constante após isso.

Se você é novo na dieta, então as coisas provavelmente vão acontecer rapidamente. Quanto mais peso você tem que perder, mais rápido, o perderá.

Durante os primeiros dias, você pode se sentir um pouco estranha. O seu corpo esteve queimando carboidratos durante todos estes anos, pode levar tempo para que se acostume a queima de gordura no seu lugar.

É a chamada “gripe baixa em hidratos de carbono”, e termina geralmente em poucos dias. Adicionar um pouco de sódio em sua dieta pode ajudar com isso, como dissolver um ulna de caldo de carne em uma xícara de água quente e beber.

Depois disso, a maioria das pessoas dizem que se sentem muito bem, positivos, e cheios de energia. Neste ponto, oficialmente, você deve ter se transformado em uma “besta queimadora de gordura.”

Apesar das décadas de histeria anti-gordura, a dieta baixa em carboidratos também melhora sua saúde de muitas outras formas:

  • – O açúcar no sangue tende a diminuir nas dietas baixas em hidratos de carbono.
  • – Os triglicérides tendem a baixar.
  • – LDL pequeno e denso (o mau colesterol), diminui.
  • – HDL (o colesterol bom) sobe.
  • – A pressão arterial, melhora significativamente

Poe se fosse pouco, as dietas baixas em hidratos de carbono parecem ser mais fáceis de seguir do que as dietas baixas em gordura. Você pode esperar perder muito peso, mas depende da pessoa que o rápido do que vai acontecer. As dietas baixas em hidratos de carbono também melhoram a saúde de muitas outras maneiras.

Não necessita morrer de fome para perder peso

Se você tem uma condição médica, consulte seu médico antes de fazer alterações, porque este plano pode reduzir a necessidade de medicação. Através da redução de hidratos de carbono e a redução dos níveis de insulina, mudar o ambiente hormonal faz com que o seu corpo e o cérebro “querem” perder peso.

Isto leva a uma redução drástica do apetite e a fome, eliminando a principal razão que a maioria das pessoas falha com os métodos convencionais para perder peso.

dieta para perder gordura

Quem quer perder peso e inicia uma dieta começa a olhar os alimentos com certa desconfiança, como se eles fossem culpados pela gordura extra. Isso não é bem verdade. Você sabia que há alimentos que ajudam a emagrecer? Eu não! Mas fiquei tão feliz com a notícia que fui pesquisar. E descobri que existem os alimentos para uma dieta saudável.

dieta para perder gordura

Essas comidas têm calorias, é claro. Mas geralmente são poucas. Além disso, os alimentos para uma dieta saudável tem outras funções, como ajudar no processo digestivo e aumentar a sensação saciedade. Consumindo esses alimentos você logo vai ver o ponteiro da balança mudar! Então, vamos conhecê-los?

Conheça os Alimentos para uma Dieta Saudável

  • Folhas: as folhas verdes, sejam elas claras ou escuras, ajudam a perder peso porque além de possuírem pouquíssimas calorias, saciam bem a fome. Por isso, comece sempre as refeições com uma boa salada de folhas. Quando chegar ao prato principal já não estará com tanta fome e comerá menos.
  • Alimentos frescos: Prefira sempre a versão fresca de um alimento e não a industrializada. Essa última, além de possuir muitos aditivos entre seus ingredientes, geralmente tem muita gordura e carboidratos que aumentam o número de calorias. E para piorar, os alimentos industrializados possuem muito sódio, o que pode causar retenção de líquidos e deixar você com uma aparência inchada.
  • Alimentos integrais: atualmente muitos alimentos como pães, massas, arroz, sucos possuem a versão integral que é muito mais saudável. Elas possuem fibras que trazem muitas vantagens para quem quer emagrecer. Elas aumentam a sensação de saciedade, o que nos faz comer menos. E as fibras, quando combinadas com a água, ajudam no trânsito intestinal o que seca o corpo.
  • Linhaça, chia e quinoa: ainda falando em fibras, esse trio é riquíssimo nelas e em nutrientes. Invista nele combinando com suas comidas preferidas (sucos, sopas, vitaminas, saladas, bolos, tortas). Elas não interferem no sabor final da comida. Já falamos dessas fibras em outros posts do blog! Para saber mais detalhes clique aqui para ler sobre chia e aqui para ler sobre quinoa)
  • Alimentos termogênicos: esse tipo de alimento aumenta a temperatura corporal e para o organismo se equilibrar novamente, acelera o metabolismo – o que é ótimo para quem quer emagrecer! Os melhores para investir são o chá verde, o gengibre, a água gelada e a pimenta e até mesmo suplementos de hibisco em pó.
  • Brócolis: Ele quase não tem calorias e mata completamente a fome. Além disso, possui antioxidantes que ajudam a combater as gorduras. Sempre que possível, inclua em suas refeições.
  • Aveia: além das fibras que a gente já sabe que ajudam muito no processo de emagrecimento, a aveia tem o poder de nos saciar imediatamente, tirando a vontade de comer. Coloque em tudo o que puder, como vitaminas e bolos.
  • Alimentos desnatados: aqui vale o mesmo conselho dos alimentos integrais: sempre que der, prefira os alimentos desnatados quando for consumir alimentos como leite, iogurtes e ou quando os usar em alguma receita. Eles possuem menos gordura e são menos calóricos.
  • Verduras escuras: assim como o brócolis, verduras como a rúcula e o espinafre são ricas em fibras e super poderosas na hora de matar a fome. E não são muito calóricos. Coloque em todas as refeições que puder.
  • Queijos magros: queijos como cottage e ricota são pouco calóricos e podem entrar no lugar das versões mais gordas, como os amarelos.
  • Água e sucos: Eles devem substituir bebidas alcoólicas ou com gases que são muito calóricas e incham o corpo.
  • Frutas: nutritivas e muitas vezes pouco calóricas, elas devem ser sua sobremesa sempre. Para ler um post completo sobre as 7 frutas ideais na dieta clique aqui).
  • Alimentos que Você Deve Evitar se Quiser uma Dieta Saudável
    Não adianta incluir os alimentos para uma dieta saudável no seu dia-a-dia e continuar a consumir os vilões – sim, eles existem e devemos tomar muito cuidado. Veja o que deve passar longe do seu prato (ou pelo menos não aparecer com tanta freqüência):
  • Massas e pão branco: eles possuem farinha refinada que fermentam no organismo, produzindo gases e provocando inchaços. E são calóricos. Diminua o consumo deles.
  • Açúcar: ele é extremamente calórico e depois de um tempo acaba viciando – e você vai querer usar cada vez mais.
  • Bebida alcoólica: também são super calóricas e nos enganam: temos sempre a sensação de que não ingerimos muito!
  • Refrigerante: fuja deles! Senão conseguir fique sempre com a versão light ou diet, mas lembre que essas possuem gases que incham o corpo.
  • Feijão: eles são metabolizados por bactérias que se encontram na parte baixa do nosso trato digestório, o que resulta em gases e flatulências. O resultado é um corpo inchado. Por isso, coma com moderação.
  • Repolho e Couve-Flor: Esses vegetais são de uma família das brássicas, por isso eles possuem compostos sulfurados que são responsáveis pelo aumento na produção de gases. O efeito é igual ao do feijão.
  • Produtos industrializados: estudos recentes mostram que esse tipo de alimento possui substâncias químicas que sobrecarregam a vesícula e o fígado. Com isso, aumentam as chances de aumentar a gordura principalmente no abdome.

Se mesmo assim voce tem duvidas sobre alimentação, veja esse curso: