Um dos maiores prazeres das pessoas é viajar. Não importa o motivo ou o lugar, o ato de conhecer lugares novos, novas culturas e ainda conseguir relaxas tornam as viagens uma das atividades mais prazerosas para a maioria das pessoas. Porém, não basta apenas pensar na diversão, existem muitas preocupações que precisam ser tomadas para que você não corra o risco de ter a sua tão desejada viagem arruinada. Uma delas é a contratação de um seguro viagem.

Como o próprio nome diz, o seguro viagem é algo que te dará cobertura caso aconteça algum imprevisto na sua viagem. Para entrar na maioria dos países é exigido que esse seguro seja contratado.

Veja quais lugares o seguro viagem é obrigatório

Existem muitas leis que definem onde o seguro viagem é obrigatório para entrar em algum país, a principal delas é o Tratado de Schegen, que explicamos o que é a seguir.

O que é o tratado de Schegen?

O tratado de Shegen é um acordo para livre circulação entre os países que fazem parte do mesmo.

Quais países fazem parte do tratado de Schegen?

O tratado de Schegen abrange praticamente todos os países do continente europeu. Se você for viajar para algum dos países que fazem parte do tratado, a contratação do seguro viagem Europa é obrigatória e caso você não contrate, terá seu visto negado. Confira a lista abaixo dos países:

  • Alemanha
  • Áustria
  • Bélgica
  • Dinamarca
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Holanda
  • Hungria
  • Islândia
  • Itália
  • Letônia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • República Tcheca
  • Suécia
  • Suíça
  • Mônaco, San Marino e Vaticano


Quais outros documentos são necessários para entrar nesses países?

Além do Seguro viagem, esses países exigem outros documentos para entrada, veja quais são abaixo:

  • Passagem de volta;
  • Passaporte;
  • Comprovante de hospedagem;
  • Comprovante financeiro que garante sua estadia no país.

A França é um país belíssimo e cheio de atrações para quem vai fazer turismo. Destino escolhido também por muitos estudantes, o país também é um ótimo lugar para se viver entre os países europeus.

A França é um país para todos os tipos de turistas, desde aqueles mais aventureiros, até aqueles que preferem um estilo de viagem mais tranquilo, com opções gastronômicas e históricas.

Entre as cidades mais visitadas, Paris é sem dúvidas a preferida entre os viajantes. A cidade é realmente incrível e destino ideal para casais apaixonados.

Se você está sonhando em visitar a França, vamos explicar mais sobre o seguro viagem França e o porque é um item obrigatório para nós brasileiros. Veja?

Seguro viagem França é obrigatório?

O seguro viagem França é sim obrigatório para nós brasileiros. A França é um dos países assinantes do tratado de Schengen, um acordo feito entre 26 países da Europa, que tem como uma de suas regras que o viajante comprove a contratação de um seguro viagem França para garantir que o mesmo possa arcar com despesas médicas de possíveis imprevistos que podem ocorrer durante a estadia na Europa. Sendo assim, se vai para França ou para outros países europeus, não deixe de contratar o seu seguro viagem França antes do embarque para não ter problemas.

Com um seguro viagem França, o seguro pode circular livremente entre a maioria dos países europeus e ainda tem garantido cobertura para atendimento médico emergencial, atendimento odontológico, repatriação sanitária, translado hospitalar e etc. O seu seguro França deve possuir uma cobertura de trinta mil euros no mínimo. Esta também é uma das regras para que seu seguro viagem tenha validade na Europa.

O seguro viagem é o meio mais eficaz de se proteger contra imprevistos durante uma viagem, seja qual for o destino, não viagem sem um.

Viajar é sempre uma experiência incrível. Afinal, sempre voltamos diferentes de uma viagem e com a mente mais aberta ao conhecer outras culturas. Ao planejar as férias, principalmente para viagens internacionais, o viajante precisa tomar alguns cuidados que são cada vez mais necessários, como por exemplo, a contratação de um seguro viagem Espanha.

A Espanha além de ser um dos destinos mais visitados do mundo, é também um dos mais apaixonantes. O país possui muitas belezas naturais, cidades históricas, praias paradisíacas e muita cultura.

Mas, para visitar o país, o seguro viagem Espanha precisa ser inclusa nas documentações necessárias. Isso porque a Espanha exige que o viajante estrangeiro comprove a contratação desse serviço antes de ingressar no país. Saiba tudo sobre seguro viagem Espanha no post a seguir:

Seguro viagem Espanha, é necessário contratar esse serviço?

Antes de viajar para a Espanha, o seguro viagem Espanha precisa ser contratada. O serviço é obrigatório no país devido a Espanha ser signatária do tratado de Schengen. O tratado prevê essa regra para que os turistas estrangeiros possam arcar com despesas em casos de acidentes ou enfermidades ocorridas durante o período de viagem na Espanha.

O seguro viagem Espanha além de ser uma obrigatoriedade, protege o turista contra acidentes e doenças que podem acontecer durante qualquer viagem. As coberturas mais comuns são: cobertura para atendimento médico, odontológico, internações, repatriação sanitária, seguro acidentes, seguro extravio de bagagem, auxílio funerário, auxílio farmacêutico e translado hospitalar.

O seguro viagem Espanha tem um custo médio de vinte reais por dia para o viajante e custa bem menos que arriscar não o ter em uma viagem. Portanto, se está de viagem marcada para Espanha ou países Europeus, não abra mão de contratar o seu seguro viagem Espanha e fazer uma viagem com mais segurança para você e sua família.

Para quem está de viagem marcada ao exterior, precisa entender a importância de contratar um plano de Seguro Viagem, que garantirá que imprevistos que possam ocorrer durante sua viagem tenha assistência financeira com a cobertura oferecida por uma seguradora.

Assim, para você que está em busca desse tipo de serviço, o site Multi Seguro Viagem, pode te ajudar a escolher o melhor plano de seguro viagem de acordo com o seu perfil e tipo de viagem.

Tudo isso, ainda, com um preço mais acessível quando comparado ao mercado, já que conta com cupom multi seguro viagem, oferecendo desconto significativos.

Por isso, se você deseja saber como funciona o cupom multi seguro viagem, e como isto pode te ajudar na contratação do seu seguro viagem, basta conferir abaixo.

O cupom multi seguro viagem ajuda você a economizar

Como o site Multi Seguro Viagem possui um relacionamento e um grande volume de negócios realizado com as principais seguradoras do mercado, a plataforma consegue além de disponibilizar um serviço prático, também preços mais acessíveis.

Isso porque, o cupom multi seguro viagem oferece condições e preços especiais na contratação de seguros viagem nas seguradoras parceira do site.

No site, a maioria dos planos já estão com descontos inclusos, mas além disso, você também sempre pode utilizar no final da compra o cupom multi seguro viagem.

O cupom, é uma forma de você economizar ainda mais na contratação deste tipo de serviço, e você pode economizar mais 5% em sua compra, caso escolha pagar via boleto bancário.

Vantagem do cupom multi seguro viagem

A principal vantagem do cupom multi seguro viagem é que ele é somatório, ou seja, ele é sempre somado ao desconto já oferecido no site.

Com isso, você irá economizar um valor ainda maior utilizando este cupom, assim, nunca deixe de usar o cupom multi seguro viagem.

Como conseguir cupom multi seguro viagem

Para conseguir o desconto, basta fazer uma cotação de seguro viagem no site, preenchendo seus dados pessoais e e-mail para assim, acompanhar as promoções e receber newsletters do site.

Pronto, feito isso você agora passará a receber em seu e-mail todas as campanhas promocionais do site, que incluem descontos tão vantajosos, que em alguns casos  podem chegar até 25% de desconto.

Também, outra forma de ficar mais fácil receber cupom multi seguro viagem, é sempre você realizar a compra de seu seguro viagem através do site, já que, clientes fiéis possuem prioridade no recebimento de cupons e descontos exclusivos.

Por isso, da próxima vez que precisa comprar um seguro viagem, não deixe de usar o cupom multi seguro viagem para garantir ainda mais desconto na sua compra.

O Canadá é um país que está entre os melhores do mundo para se viver. O país é multicultural, tem diversos atrativos turísticos e é uma ótima opção para quem deseja viajar para um país bem desenvolvido. Mas, se você pensa em conhecer o Canadá, não pode deixar de contratar um seguro viagem Canadá e fazer uma viagem com a tranquilidade que só esse serviço proporciona.

Veja as informações do post abaixo e saiba tudo sobre o seguro viagem Canadá. Confira!

Seguro viagem Canadá

O seguro viagem não é obrigatório no Canadá, já que o país não faz parte do tratado de Schengen, que tem como exigência a contratação do seguro viagem, entretanto, a contratação do seguro viagem Canadá não se deve apenas a uma legalidade ou exigência de determinados países, pois é um serviço aconselhável seja qual for o país de destino, seja obrigatório ou não.

O seguro viagem Canadá garante a cobertura ou indenizações de despesas médicas, internações, atendimento odontológico, seguro para extravio de bagagem, seguro para invalidez por acidente, auxílio farmácia, auxílio funerário e repatriação sanitária.

Durante uma viagem internacional, nenhum viajante espera sofrer um acidente, quebrar um pé ou ficar doente, porém, nenhum ser humano está isento de imprevistos, e a contratação de um seguro viagem é a maneira mais fácil e mais econômica de se ter segurança e estar segurado em alguma eventualidade. Para se ter uma ideia geral, uma consulta médica para quem não tem plano de saúde no Canadá pode custar mais de 200 dólares, isso excluindo valores com exames, internações e etc.

Ao longo deste post podemos perceber que o seguro viagem Canadá é necessário mesmo não sendo obrigatório, pois evita custos extras não planejados que podem ser bastante elevados. Além disso, contratar um seguro viagem pode custar pouco, não deixe de pesquisar em sites e comparadores de planos e preços, assim você obterá as melhores ofertas.

Antes de viajar para Europa, há muitas informações úteis que você precisar saber. Quem viaja para o velho continente deve ficar atento as regras para cruzar as fronteiras e evitar problemas.

Uma dessas regras é a aquisição do seguro viagem Europa, mas, você sabe o que é e qual a sua utilidade? Se a resposta for não, ou se você ainda tem algumas dúvidas, continue lendo esse post e saiba tudo sobre seguro viagem Europa!

Seguro viagem Europa, qual a sua utilidade?

O Seguro viagem Europa é essencial para quem planeja viajar pela Europa, pois a grande maioria dos países europeus seguem o tratado de Schengen, que é um acordo feito entre 26 países, onde o estrangeiro tem que ter um seguro viagem para que possa circular livremente pelas fronteiras europeias. Com o seguro viagem Europa, o viajante tem o direito a reembolso de despesas em casos de acidentes ou doenças possíveis durante a viagem. O seguro viagem Europa inclui as coberturas: assistência médica e hospitalar, assistência odontológica, auxílio farmacêutico, translado para pacientes, translado de corpo (se houver óbito), seguro para cancelamento de voos e outras coberturas que também podem ser adicionadas de acordo com a vontade do viajante.

Um seguro viagem Europa tem custo médio entre R$15,00 a R$20,00 a diária, com cobertura necessária e de acordo com as exigências do tratado de Schengen. E levando-se em consideração os benefícios e segurança que o seguro viagem dispõe, é um investimento muito baixo.

Também é importante se atentar as regras do país de destino do viajante, se faz parte do tratado de Schengen e se faz outras exigências ou não. Uma coisa é certa, não importar para que país da Europa você vai viajar, o seguro viagem precisa ser incluído no seu planejamento, só assim é possível viajar com segurança e livre de desconfortos.

seguro-saúde-viagem

Serviço

Seguro de viagem ou assistência ao viajante, o que é melhor?

Metade dos argentinos que deixam o país de avião omite contratar algum tipo de cobertura. Vantagens e desvantagens do seguro, para se livrar de uma grande dor de cabeça … e bolso.

seguro-saúde-viagem

Primeiro, um fato marcante (se não preocupante): de acordo com dados do Cartão Assist, metade dos argentinos que deixam o país por via aérea o fazem sem qualquer tipo de cobertura. E o segundo: a fração de viajantes que escolhem se proteger de eventualidades durante a viagem geralmente confundem assistência de  viagem com seguro saúde viagem , dois formatos de cobertura que, quase, não se parecem em nada.

Para aqueles que contratam sem saber o que, aqui estão algumas informações úteis. A diferença entre um tipo de proteção e outro cobre não apenas o aspecto elementar de se o que é protegido são as pessoas ou os objetos (ou ambos!), Mas também uma questão básica relacionada aos momentos em que a cobertura será colocada em prática. março

 

Olha também

 

Clarisa Luhning é a diretora comercial, uma plataforma online de venda de seguros que, através da web, permite citar, comparar e contratar a política desejada.

Como ele explica, “não é o mesmo um conjunto de serviços gerenciados por uma equipe de profissionais (com um telefone disponível do exterior) 24 horas, que um certo valor segurado para pagar em caso de imprevistos“.

Uma questão de tempos

É elementar, mas nem sempre é levado em conta: antes de um imprevisto durante a viagem, a assistência ao viajante age no momento em que o evento ocorre. O seguro de viagem, por outro lado, tem uma eficácia subsequente.

Como Luhning salienta, “a principal diferença entre os dois tipos de cobertura é que, enquanto a assistência ao viajante oferece um serviço direto e aconselhamento no momento em que a pessoa precisa, seja qual for a hora e local, o seguro de viagem consiste em em reembolsar o dinheiro gasto pelo segurado após o evento que ele teve que pagar, algo que também implica que é o mesmo viajante que deve procurar, por exemplo, o profissional médico que precisa “.

 

Mas de modo algum o seguro de viagem é considerado um serviço deficiente, mas seus objetivos são totalmente diferentes: seu objetivo é proteger ou garantir, do ponto de vista econômico, os pertences dos turistas.

Olha também

 Viaje mais barato, uma questão de cintura

É assim que as seguradoras de viagens não precisam de uma rede de provedores que atuem em tempo real. Sua mecânica de trabalho consiste em receber e ressarcir os gastos gerados em face de um inconveniente.

Todos os itens

De acordo com o plano contratado os programas de assistência de viagens podem oferecer muito mais do que as soluções de saúde, e neste momento a política pode mesmo terminar itens básicos, incluindo seguro de viagem.

Olha também

 Um novo código QR para agências de viagens

Por exemplo, você pode obter o seguro de roubo ou perda de bagagem e cancelamento (para recuperar o investimento se a viagem não é concreto), responsabilidade (protege contra imprevistos, como danos a terceiros), transferência de fundos em caso de emergência, assistência telefone e overbooking, se o excesso de reservas de alguma forma complicar a viagem.

A vantagem do planejamento

A cobertura a escolher durante uma viagem dependerá do bolso do passageiro. Mas vale a pena pensar com muito cuidado antes de saltar sem absolutamente nada. Uma informação é suficiente: uma imagem de apendicite pode custar cerca de 50.000 dólares fora do país. O corpo não avisa.

Olha também

 O desafio de viajar com bebês e crianças pequenas

Federico Tarling, diretor de operações da Assist Card, explicou a Todoviajes que 85% dos atendimentos realizados pela empresa estão relacionados a problemas de saúde; 8 por cento são consultas para bagagem perdida; e 2%, problemas com vôos.

 

É interessante que enquanto metade dos passageiros argentinos que partem de avião não têm cobertura, os números diminuem quando se trata de rotas terrestres e fluviais. Apenas 3 a 4 pessoas confiam e saem sem contratar nenhum serviço. Ou seja, eles estão “à deriva”.

 

Vai viajar para Porto de Galinhas?

Você sabe O que tem para fazer em Porto de Galinhas?

Se não, veja no artigo de hoje do nosso site belezapura e entenda como vale apena conhecer esse paraíso.

Porto de Galinhas é um dos destinos preferidos dos brasileiros, afinal em média mais de 500 mil pessoas visitam esse destino para conhecer as mais belas piscinas naturais e cristalinas.

 

O que tem para fazer em Porto de Galinhas

 

Já que Porto de Galinhas é tão sensacional assim, coisas para se fazer é o que não faltam por lá certo?

Sim, isso mesmo, nesse artigo vamos mostrar algumas coisas de O que tem para fazer em Porto de Galinhas para você curtir muito sua viagem.

 

Galés Porto de Galinhas

De uma coisas sabemos, se você pretende viajar para Porto de Galinhas você deve com certeza conhecer as piscinas naturais.

Se puder, escolha o período de maré baixa para viajar a Porto de Galinhas para que você possa apreciar os lindos corais nas piscinas naturais desse magnífico destino.

Para fazer esse passeio é necessário contratar um jangadeiro, essas jangadas saem da praia que fica logo em frente a praça das piscinas.

 

Praia dos Carneiros

Uma praia que você deve conhecer é a Praia dos Carneiros, ela é considerada por muitas pessoas como o paraíso do litoral de Pernambuco.

A praia tem sido escolhida para casais em lua de mel ou para aqueles que pretendem se casar.

O lugar parece ser desenhado de tão lindo, a paisagem realmente é de tirar o fôlego.

Veja também esse outro artigo sobre Porto de Galinhas praia e conheça mais sobre esse destino.

 

Passeio de buggy em Porto de Galinhas

Quando a pergunta é O que tem para fazer em Porto de Galinhas, as respostas são muitas pois opções são o que não faltam.

Andar de buggy é um dos passeios que os turistas mais gostam, pois ele permite que você conheça o local de ponta a ponta.

Imagine só que delícia, andar de buggy e ainda poder conhecer vários lugares que esse destino tem a nos proporcionar, é fantástico e vale apena a visita.

 

Mergulho Porto de Galinhas

Para os aventureiros, fazer o mergulho nas piscinas naturais é ideal.

Para quem nunca mergulhou, lá tem o mergulho de batismo, ele é feito nas piscinas naturais onde é possível avistar os lindos peixinhos e barcos naufragados.

 

Praia do Cupe

Está afim de relaxar, descansar e aproveitar uma praia com toda tranquilidade e sossego, essa é a praia.

É uma praia com ondas muito fortes e que poucos turistas a visitam, porém em alguns pontos é possível encontrar mar calmo com piscinas naturais, lugar perfeito para relaxar.

 

Restaurante Beijupirá

Para fechar nosso artigo de hoje sobre O que tem para fazer em Porto de Galinhas, não deixe de apreciar a maravilhosa comida do restaurante Beijupirá.

Inaugurado em 1991, o restaurante é muito bonito com comidas deliciosas e com ambiente extremamente confortável.

Uma observação é que, não é tão barato para apreciar os saborosos pratos do restaurante.

Se você vai viajar para Porto de Galinhas, acesse o Booking e veja as melhores ofertas de hospedagem.

 

Esse foi nosso artigo sobre O que tem para fazer em Porto de Galinhas.

 

O QUE VER NO BRASIL?

Há inúmeros lugares atraentes para visitar no Brasil , atividades intermináveis ​​e paisagens maravilhosas. Aqui deixamos uma lista dos lugares mais recomendados.

O-que-ver-no-Brasil

Rio de Janeiro

Coroado por Cristo Redentor

 

É quase obrigado a visitar uma das mais belas cidades no mundo. Destacam a arquitetura, a paisagem, a natureza e o sabor dessa cidade cultural e mágica, onde as ruas e praias permanecem cheias de samba e alegria.

São paulo

É a cidade mais desenvolvida do país, já que aqui é o centro econômico do Brasil. É uma cidade interessante por seu urbanismo, cultura, arquitetura, comércio e a vida de suas ruas. Não perca o Museu de Arte de São Paulo , entre os mais importantes de toda a América Latina.

Florianópolis

Esta cidade localizada na região sul do país destaca-se pela sua natureza e suas praias. Destaca-se pelo turismo costeiro e atividades esportivas como surf ou caiaque. Lembre-se de que você pode adicionar essa cobertura para esportes de aventura em seu seguro de viagem temporário Mondo.Não é necessário visitar também as aldeias de pescadores da região.

Brasília

A capital do país foi reconhecida pela Unesco como referência em cultura . Realce sua bela catedral, o Lago Paranoá, a ponte Kubitschek, e alguns ambientes naturais próximas, como cachoeiras Itiquira, Caldas Novas, um lugar bonito ou o Parque dos Veadeiros, localizado na Chapada.

Cataratas do Iguaçu

 

Um dos principais destinos turísticos do mundo e um dos espetáculos de natureza mais impressionantes do mundo , você não pode perder. Além disso, apesar de estar no meio da natureza, é um local perfeitamente adequado para todos os tipos de turistas.

 

QUAIS SÃO AS MELHORES PRAIAS DO BRASIL?

O Brasil, tendo uma costa tão extensa, tem muitas praias que valem a pena visitar.  Para você começar a colocar, deixamos um mapa do Brasil com todos os lugares mais essenciais. Aqui você tem algumas das  melhores praias para visitar no Brasil.

 

1. Baia dos Porcos, Fernando de Noronha, Pernambuco

Localizado em um arquipélago chamado Fernando de Noronha, possui inúmeras baías, enseadas e praias paradisíacas , areias brancas e águas cristalinas.

2. Florianópolis, Floripa

Eles enfatizam suas belas praias selvagens, as cidades costeiras, a vida noturna e as atividades aquáticas. É imperativo que você não vá surfar, ou pelo menos tente.

3. Lopes Mendes, Rio de Janeiro

Para ir do Rio a Lopes Mendes você tem que chegar a Angra dos Reis e pegar a balsa para a Ilha Grande ou alugar um veículo. No entanto, é uma experiência e a praia é muito menos saturada doque no Rio.

4. Galês, Maragogi, Alagoas

Praia exótica e algo perdido, onde a natureza, suas águas cristalinas e recifes de coral cheios de vida valem a pena.

5. Praia de Jericoacoara, Jijoca de Jericoacoara, Ceará

É uma praia localizada na vila de pescadores de Jericoacoara, outro lugar para visitar no Brasil,pacífico e simples, ainda não tão conhecido quanto muitos outros destinos litorâneos do país. No entanto, é um dos lugares mais incríveis para praticar kitesurf.

6. Praia do Forno, Rio de Janeiro

Para ir depois de ter visitado o Rio de Janeiro, a fim de se perder na natureza das praias de excepcional beleza. Esta bela praia de encosta arborizada está localizada em Arraial do Cabo. Suas águas transparentes e as praias de areia branca se destacam . Um lugar de beleza indescritível.

7. Itacaré, Bahia

Uma das melhores praias do Brasil está localizada na Bahia. É um lugar que se distingue precisamente pelas suas extensas praias e beleza incomparável. Uma sucessão de praias, caminhos e palmeiras , que derivam de um extenso paraíso de mangues.
As fotografias são incríveis, quilômetros e quilômetros de praias cercadas por densa selva, areias brancas, águas cristalinas e pequenas casas coloridas.

COMO VIAJAR COM SEGURANÇA?

O melhor para viajar com segurança e que nenhum inconveniente arruinar uma experiência que deve ser inesquecível, é fazer um seguro de viagem para viajar ao Brasil. Fazer isso significa esquecer completamente possíveis complicações inesperadas na viagem e simplesmente desfrutar do país sem medo.
Quanto aos melhores momentos do ano para visitar o país, recomenda-se viajar no final ou início do ano, especialmente em dezembro. Assim, você não terá que sofrer as chuvas intensas, que começam, aproximadamente, durante a Semana Santa. É por isso que é um dos melhores lugares para viajar em dezembro ,  uma data ideal para visitar o país aproveitando o bom tempo.

Fazer uma viagem internacional é incrível, porém viajar para a Europa será certamente uma das melhores viagens de sua vida. O velho continente é início de cultura, arte e história do planeta e visitar trará com você mais conhecimento e novas aventuras.

Se você está planejando uma viagem para a Europa, confira essas dicas de como organizar sua viagem e não esqueça do seu seguro saude para viagem.

seguro-viagem-saude

Organizar uma viagem para Europa

O primeiro passo para fazer uma viagem para Europa é ter seu passaporte ( no prazo de validade). Para o Espaço Schengen não é necessário visto para quem viaja a turismo, podendo ficar na Europa por até 90 dias.

Países para visitar na Europa

O segundo passo é instaurar quando dias você vai ficar na Europa e escolher quais países irá visitar. Você deve adquirir a passagem de ida por um país e a de volta para outro, irá decidir como irá se locomover dentro da Europa, seja de: trem, carro ou avião ( há companhias low cost que tornam as passagens muito mais baratas).

Ao todo são 50 países no continente e precisa descobrir o que visitar. A sua primeira viagem pela Europa deve ser para os países mais tradicionais (como França, Itália e Alemanha, por exemplo ), já na sua segunda viagem deve fazer Inglaterra, Irlanda, Escócia e desta forma por diante.

Optar o roteiro

O roteiro depende da quantidade de folga que você terá e quanto dinheiro terá para investir, sim, investir, porque ter uma experiência educacional como essa é um investimento que você faz para a vida.

Outras opções de roteiros pela Europa é estrear pelos países do sul do continente como Portugal, Espanha, Itália e Grécia. Em qualquer país você encontrará varias atrações, gastronomia diversificada, monumentos e muita história.

Tempo de preparação

Para preparar uma viagem para Europa, o ideal é planejar com um ano ou alguns meses de antecedência. Dessa maneira você consegue passagens mais baratas, consegue selecionar com calma os hotéis (hostels ou apartamentos do Airbnb) e ainda optar a melhor era do ano para viajar.

Ao fazer uma viagem para Europa, você precisará adquirir euros. Para isso o ideal é escoltar as cotações diárias e descobrir o melhor momento para adquirir a moeda. Vale lembrar que nem todos e cada um dos países da Europa utilizam o euro como moeda oficial.

Unicamente 19 países dos 28 pertencentes a UE adotaram o euro como moeda. Entretanto, se você for viajar para qualquer país que não pertence a zona do euro, vai ficar mais simples fazer a conversão de euro para a moeda local do que com o real.

Visa Travel Money

Além de levar dinheiro para a Europa, você pode obtar em fazer sua viagem para Europa com cartões como o Visa Travel Money, onde carrega o cartão com os valores que desejar e deve utilizar como débito na Europa, ou logo, fazer saques.

Acompanhe a cotação da moeda

Outra indicação é seguir as notícias políticas e mundiais e examinar quando a moeda está em baixa e fazer a conversão de real para euro.

Além do dinheiro é essencial que você tenha um cartão de crédito externo (já autorizado pelo banco) caso precise de mais dinheiro para uma urgência.

Reservar estalagem

Com as passagens compradas, é hora de reversar a sua hospedagem, que é a segunda coisa mais importante de qualquer viagem.

Seguro de viagem e Saúde

Outra questão fundamental é viajar com um seguro de viagem saúde. Isso é obrigatório e o protegido deve ocultar ao menos € 30 mil euros de despesas médicas. Você pode optar em contratar o serviço antes de embarcar para a Europa, ou assim que descer do avião ir em uma seguradora mais próxima e contratar o serviço.