Dor de garganta? Melhore mais rápido com essas dicas

Dor de garganta? Melhore mais rápido com essas dicas

Dores de garganta podem ser causadas por uma infecção bacteriana mais grave, como faringite estreptocócica, que pode exigir antibióticos; portanto, você deve sempre consultar seu médico se a dor for intensa ou durar mais do que alguns dias.

Não importa o motivo, se você estiver em uma missão para aliviar a dor de garganta e voltar a reparar, experimente estes remédios e dicas naturais:

Aproveite os grandes poderes do mel

O mel é uma dor de garganta que tem um motivo. A coisa doce sente (e tem um gosto) ótimo na garganta e tem um grande poder anti-inflamatório. O mel é usado há séculos na medicina tradicional para curar feridas, curar energia e combater resfriados.

Suas propriedades antimicrobianas, antivirais e antioxidantes o tornam uma cura perfeita. Aqui está um resumo de por que você deve enxaguar o mel em torradas, chá ou comer uma grande colher de dor de garganta ao primeiro sinal.

Quer sua dor de garganta seja devido a uma infecção bacteriana ou a um vírus, o mel o ajudará a curar. As propriedades antimicrobianas do mel podem ajudar a combater infecções virais e impedir a propagação da doença, enquanto acredita-se que o baixo teor de água e o pH do mel inibem o crescimento bacteriano.

Além disso, descobriu-se que o composto do mel, glicose oxidase, produz peróxido de hidrogênio, um forte agente antibacteriano. Você receberá uma dose extra de remédio para experimentar o mel Manuka. Estudos mostraram que este tipo de mel tem uma capacidade antibacteriana mais forte do que outras abelhas comercialmente disponíveis.

A dor sentida quando você tem dor de garganta é devido a uma resposta inflamatória a alérgenos, substâncias bacterianas ou virais ou irritantes ambientais. 

Quando o corpo detecta essas substâncias estranhas, ele pula para uma ação que produz anticorpos nos gânglios linfáticos e os envia para o local infectado, fazendo com que o tecido da garganta e as glândulas circundantes inchem. As propriedades anti-inflamatórias do mel podem ajudar a reduzir esse inchaço e aliviar a dor.

Se a dor de garganta estiver associada à tosse, experimente um pouco de mel antes de ir para a cama.

Um estudo descobriu que o mel era tão eficaz quanto um supressor de tosse com excesso de peso no alívio da tosse noturna e dos sintomas do resfriado. Benefício adicional: os participantes relataram melhor qualidade do sono, o que pode melhorar o sistema imunológico e acelerar o tempo de recuperação: ganha-ganha!

Óleos essenciais também trazem benefícios

Muitos óleos essenciais têm propriedades curativas, sendo muito procurados para fins medicinais como uma alternativa natural aos remédios convencionais.

Óleos essenciais como o de bergamota e camomila tendem a aliviar a dor e infecções de garganta por possuírem uma composição que ajuda o sistema imunológico a se fortalecer, acelerando o processo curativo.

Outra alternativa é o óleo de hortelã-pimenta que tem propriedades semelhantes às de bergamota, porém com um leve toque de refrescância para aliviar sua dor de garganta enquanto te deixa com um hálito agradável!

Além disso, opte por usar os óleos em um difusor de aromas para melhorar a saúde como um todo.

Produtos de âmbar ajudam a prevenir

Os produtos de âmbar estão cada vez mais sendo procurados, pois ajudam a prevenir doenças inflamatórias.

Devido a suas propriedades já apontadas pela medicina holística, acessórios como o colar âmbar ou pulseira de âmbar (que podem ser usado até por crianças e bebês) fortalecem o sistema imunológico, que previne doenças inflamatórias e aceleram os efeitos curativos de forma totalmente natural.

Se usado em conjunto com os óleos essenciais, são uma ótima combinação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.