A importância das fibras e alimentos que são ricos delas

A importância das fibras e alimentos que são ricos delas

Nossa alimentação pode ser composta de vários alimentos, que podem variar do consumo de comidas naturais a industrializadas, determinando se a nossa alimentação é saudável ou não.

Dependendo do nosso tipo de dieta, estaremos ingerindo substâncias que podem beneficiar o nosso organismo, como vitaminas, proteínas e as fibras, ou prejudicá-lo, se comermos alimentos altamente calóricos e industrializados. 

Uma alimentação saudável resulta numa saúde mais forte e em um corpo que tem suas funções bem regularizadas. E uma das coisas que não pode faltar em nossa dieta, são as fibras.

As fibras são substâncias encontradas principalmente nas plantas, portanto, são de origem vegetal, que quando são consumidas por seres humanas, não conseguem ser digeridas pelo intestino. 

Por esta razão, as fibras podem permanecer mais tempo que outras substâncias no intestino, aumentando a sensação de saciedade e trazendo outros benefícios para o organismo.

Benefícios das fibras para o corpo

Também pertencente ao grupo dos carboidratos, as fibras apresentam vários benefícios para o organismo humano, impactando positivamente a saúde para quem as inclui em sua dieta. 

Por permanecerem muito tempo no intestino sem ser digerida, pois, os seres humanos não produzem as enzimas necessárias para que este processo ocorra, as fibras ajudam no emagrecimento, pois, aumentam a sensação de saciedade.

Pessoas em um processo de perda de peso podem optar por comer alimentos menos calóricos e mais ricos em fibras, pois, além de diminuir a sensação de fome, as fibras diminuem a absorção de gordura no corpo.

Por diminuir a absorção de gordura no corpo humano, as fibras também são úteis para ajudar a combater o colesterol. Outro benefício que esses carboidratos de origem vegetal nos trazem é o bom funcionamento do trânsito intestinal.

Por isso, o consumo de aveia e sua farinha, leguminosas como o feijão e as ervilhas, dentre outros alimentos ricos em fibra, é indicado para pessoas que têm o intestino mais solto e apresentam casos de diarreia frequentes.

Em relação à taxa de glicose no sangue, as fibras também ajudam a diminuir a glicemia. Por passarem mais tempo no intestino sem serem digeridas, as fibras diminuem a absorção dos demais carboidratos que seriam convertidos em glicose.

Para obter melhor os resultados do consumo das fibras, é importante beber água, para que o líquido ajude as fibras no seu trabalho no organismo. Além disso, a quantidade diária de seu consumo não deve ser exagerada. 

Os tipos de fibras

As fibras são divididas em dois tipos: as fibras solúveis em água, que como o próprio nome diz, elas são dissolvidas em água e as não solúveis, que não são dissolvidas pelo líquido.

Enquanto as fibras solúveis em contato com a água são dissolvidas e se transformam em um gel, que passa mais tempo no intestino, aumentando a saciedade, as fibras não solúveis aceleram o trânsito intestino por não serem dissolvidas. 

As fibras solúveis ajudam a diminuir a absorção de outros carboidratos, consequentemente, diminuindo o nível de glicemia, enquanto as não solúveis podem ajudar pessoas com dificuldade para excretar suas fezes.

Isto ocorre porque as fibras não solúveis aumentam a velocidade do trânsito intestinal, pois, não são dissolvidas por água. Esse fator aumenta a quantidade de fezes, o que pode ser bom, para quem quer um laxante natural. 

Diante disso, saiba quais são os alimentos mais ricos em fibras, para acrescentá-los na dieta e ter a qualidade da saúde melhorada. 

Alimentos com grandes concentrações de fibras

As fibras são de origem vegetal, por isso, é natural imaginar que as frutas e as verduras são os alimentos mais ricos destes carboidratos. Abaixo, alguns dos alimentos mais ricos em fibras.

Frutas

Dentre as frutas que se destacam pela quantidade de fibras em sua composição, está a goiaba vermelha. A fruta é rica em pectina, uma fibra que se dissolve em água e ajuda a diminuir o nível de açúcar no sangue.

Os resultados são ainda melhores se a fruta for consumida in-natura, com a casca. A goiaba possui, cerca de, 6,2g de fibras a cada 100g. Outra fruta que também é conhecida por sua alta composição de fibras, é o querido abacate.

O abacate é uma fruta rica em fibras solúveis, que podem ajudar na melhoria do funcionamento do intestino. Esta fruta possui 7g de fibras a cada porção de 100g de consumo. 

Também pode ser citado o pequi, altamente rico em fibras, ajudando no processo de perda de peso por aumentar a sensação de saciedade e controlando as taxas de glicemia. A fruta possui cerca de 19g de fibras a cada porção de 100g.

Cereais

Os cereais são ótimas fontes de fibras para o corpo humano. Eles podem ser classificados como integrais ou refinados, o que são mais industrializados. Os cereais integrais são ainda mais ricos em nutrientes.

Dentre eles, podemos citar o arroz. O arroz é um dos cereais mais consumidos no mundo, fazendo parte de diversas culinárias ao redor do mundo, inclusive na culinária brasileira.

Este cereal é rico em carboidratos, em especial, as fibras alimentares, podendo ajudar no controle do fluxo intestinal e na saúde do coração. 

O trigo é outro exemplo de cereal bastante rico em fibras. Este cereal é o mais consumido no mundo, principalmente na forma de pães, bolos, tortas e massas em geral.

As fibras presentes no trigo podem ajudar a prevenir a diabete, ajudando a diminuir a quantidade glicose no sangue, além de também diminuir o nível de colesterol alto na corrente sanguínea. 

Não podemos deixar de citar a aveia, outro cereal bastante favorecido pela presença das fibras. A aveia, presente em pratos para lanches e cafés da manhã, possui fibras que aumentam a saciedade, diminui o colesterol e previnem a prisão de ventre. 

Outro cereal bastante rico em fibras, é o milho. As fibras contidas no milho também ajudam a melhorar o fluxo do trânsito no intestino, aumentando o bolor fecal e ajudam a manter a saúde da microflora intestinal. 

Consumo de fibras no dia-a-dia

Por mais que seja recomendável e bastante saudável o consumo de fibras, sempre deve procurar um nutricionista, pois, este profissional saberá quais são as quantidades de porções adequadas para consumo por cada pessoa.

Exagero no consumo de fibras pode ser prejudicial à saúde tão quanto a sua falta no corpo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.