Principais motivos para remover uma tatuagem da pele

Principais motivos para remover uma tatuagem da pele

Fazer uma tatuagem, por muitos anos, foi considerado uma decisão que devia ser tomada com muita seriedade, por causa da impossibilidade de sua remoção. Mas com a evolução de tecnologias, hoje é possível remover uma tatuagem da pele.

Ao contrário do que muitos pensam, as pessoas podem decidir por remover uma tatuagem da pele por diversos motivos, e não apenas arrependimento.

Vejamos a seguir como funciona a remoção de tatuagem e quais são os principais motivos que levam uma pessoa a tomar essa decisão.

Como funciona a remoção de tatuagem?

Com o passar do tempo, diversas técnicas já foram e algumas ainda são utilizadas para remover uma tatuagem da pele. A utilização de dermoabrasão, raspagem de pele e cirurgia são exemplos de técnicas que já foram empregadas para a remoção.

Hoje, a tecnologia mais segura e difundida para remover uma tatuagem da pele é o laser. É um procedimento minimamente invasivo. O laser é aplicado diretamente no local da tatuagem.

A luz direcionada do laser para remoção de tatuagem faz com que as moléculas que compõem a tinta da tatuagem se quebrem, facilitando para que o corpo se livre as mesmas. A remoção de tatuagens a laser raramente deixa cicatrizes e a quantidade de sessões vai depender do tamanho e das características da tatuagem.

Motivos que levam alguém a remover uma tatuagem

As pessoas podem decidir remover uma tatuagem da pele por diversas razões. De fato, nenhuma pessoa é obrigada a manter em seu corpo um desenho que não o agrade mais.

Os principais motivos que levam alguém a remover uma tatuagem da pele são:

  • Arrependimento: às vezes, aquela tatuagem foi feita num momento de impulso, imaturidade ou sem sobriedade, e a pessoa se arrependeu de ter feito aquele desenho. Ou então pode ser que a pessoa gostava da tatuagem e ela não a agrada mais;
  • Por razões externas: tatuagens em partes muito visíveis do corpo podem gerar problemas em alguns trabalhos, como militares, por exemplo. Por isso, algumas pessoas decidem remover;
  • Desgaste e desbotamento: às vezes, com o tempo, a tatuagem pode se desgastar e desbotar. Em vez de refazer ou cobrir, algumas pessoas optam por simplesmente removê-la;
  • Frustração: quando o desenho não sai como esperado, ou aquela tatuagem com nome de alguém cujo relacionamento terminou ou simplesmente alguém a quem não há mais tanto apreço.

Cuidados ao remover uma tatuagem da pele

Ao se decidir por remover uma tatuagem da pele, seja por qualquer motivo, a pessoa precisa se atentar a seguir todas as recomendações para que a remoção seja feita de forma eficaz.

É possível que a pele se torne novamente saudável e livre de qualquer cicatriz ou marca da tatuagem antiga. Mas é preciso estar ciente que é um processo que demanda tempo.

Algumas cores, como amarelo, laranja e vermelho demandam mais sessões porque são mais difíceis de ser “atingidas” pelo laser. Tintas mais escuras tem mais facilidade de ser dissolvidas.

Às vezes, o tratamento pode ser doloroso. Não é nenhuma dor insuportável, mas é preciso estar ciente de que o laser pode causar esse desconforto momentâneo. Além disso, é preciso cuidas da pele a ser tratada, evitando quaisquer interações agressivas por um tempo a ser estipulado pelo profissional.

É possível se livrar daquele desenho indesejado. Atualmente, ninguém precisa acreditar que toda tatuagem é para sempre. Mais importante é cuidar do corpo e encontrar o bem-estar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.